- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Política de Segurança: Descubra o que é e Por que é Crucial para Segurança da sua Empresa

Saiba por que a política de segurança é crucial para a segurança corporativa. Conheça os objetivos, a importância e dicas de como criar uma Política eficaz.

A Política de Segurança é um documento formal de uma organização que estabelece diretrizes, princípios e procedimentos a serem adotados na empresa em relação à segurança. Seu objetivo é proteger pessoas, processos, informações, instalações, equipamentos e outros ativos contra ameaças internas e externas.

Atualmente, a segurança é uma preocupação fundamental para todas as organizações empresariais, independentemente do tamanho ou setor. A implementação de uma política de segurança robusta não apenas protege os ativos vitais da organização, mas também estabelece uma base sólida para o crescimento e a continuidade dos negócios.

Uma organização que tem suas políticas de segurança bem definidas e documentadas tem mais facilidade para elaborar seus programas de gestão e segurança. O desenvolvimento das políticas é o primeiro e principal passo da estratégia de segurança das organizações.

Neste artigo, exploraremos os principais conceitos das políticas de segurança, com foco especial em sua importância e benefícios. Abordaremos a definição, objetivos, principais tipos, estrutura básica e elementos essenciais para criar uma Política de Segurança eficaz. Descobriremos como uma política de segurança bem elaborada pode ser o pilar fundamental para o crescimento e a resiliência de sua empresa.

Por José Sergio Marcondes – Postado 24/03/2022 atualizado 12/02/2024

O que são Políticas Organizacionais?

A administração de uma organização e a gestão de seus departamentos são amplamente baseadas em políticas organizacionais. Estas são documentos formais que estabelecem diretrizes, regras e princípios que orientam o comportamento, as decisões e as práticas operacionais dentro da empresa. Elas desempenham um papel fundamental na governança corporativa e na definição da cultura organizacional.

O principal objetivo das políticas organizacionais é fornecer um conjunto de diretrizes, regras e princípios que orientem o comportamento, as decisões e as práticas operacionais dentro de uma organização. A seguir alguns exemplos de tipos de políticas organizacionais?

  1. Políticas de Qualidade.
  2. Políticas de Recursos Humanos.
  3. Políticas de Ética e Conduta.
  4. Políticas de Sustentabilidade e Responsabilidade Social.
  5. Políticas de Segurança.

Esses são apenas alguns exemplos dos principais tipos de políticas organizacionais. Cada empresa pode ter suas próprias políticas específicas, adaptadas às suas necessidades e valores organizacionais.

O que é Política de Segurança?

A Política de Segurança é um documento formal que estabelece as diretrizes, os princípios e os procedimentos a serem adotados na organização no que refere à segurança, visando a proteção das pessoas, processos, informações, instalações, equipamentos e outros ativos de uma empresa contra ameaças internas e externas. Essa política define o compromisso da organização com a segurança e estabelece as responsabilidades dos funcionários em relação à proteção dos ativos da organização.

As Políticas de Segurança são um conjunto de princípios, diretrizes e objetivos que condicionarão a estratégia de segurança da organização, visando à preservação da incolumidade das pessoas, a proteção do patrimônio e da missão da organização. É o documento formal da empresa que registra os princípios e as diretrizes de segurança adotados pela organização, os quais devem ser observados por todos os seus colaboradores e parceiros, e aplicados a todos os sistemas de segurança da organização.

As políticas de segurança são guias orientadoras que balizam as ações de segurança na organização. São orientações formais que facilitam e servem de base para o processo decisório em qualquer nível dentro da organização. São a base para todas as questões relacionadas à segurança na organização.

Uma boa política de segurança deve estar diretamente ligada à cultura organizacional da empresa e deve ser coerente e alinhada com a sua missão, visão e valores e seu planejamento estratégico, provendo uma estrutura para se estabelecerem os objetivos de segurança da organização.

Qual o Principal Objetivo da Política de Segurança?

O principal objetivo da política de segurança é estabelecer um padrão de comportamento que sirva como base para as decisões da alta administração em assuntos relacionados à segurança. Ela é composta por um conjunto de regras e padrões que visam principalmente assegurar que os ativos críticos da organização recebam proteção. A seguir, outros objetivos fundamentais da política de segurança são:

  1. Formalizar e explicitar a visão e o comprometimento da alta direção da organização nas questões relacionadas à segurança na organização;
  2. Definir os escopos dos diversos segmentos da segurança na organização;
  3. Possibilitar a adoção de medidas de segurança compartilhadas e integradas, de maneira a formar as bases fundamentais para a gestão da segurança;
  4. Estabelecer princípios e diretrizes, delegar atribuições e responsabilidades;
  5. Servir de referência para planejamento, normatizações, investimentos, auditorias, apurações e avaliações de responsabilidades.

Qual a Importância da Política de Segurança?

A importância da política de segurança está relacionada ao propósito de fornecer orientação e apoio às ações de gestão de segurança. A política tem um papel fundamental e, guardadas as devidas proporções, tem importância similar à constituição federal para um país. Nesse contexto, a política de segurança assume uma grande abrangência na organização. Ela estabelece direção, padrões, responsabilidades e critérios em assuntos referentes à segurança.

As políticas de segurança, por si só, têm um papel estratégico. Nesse sentido, precisam expressar a importância que a empresa dá para a segurança, além de comunicar aos funcionários seus valores e seu comprometimento em incrementar a segurança em sua cultura organizacional.

O desenvolvimento da política de segurança é o primeiro e principal passo da estratégia de segurança das organizações. É por meio dessa política que todos os aspectos envolvidos na proteção dos recursos existentes são definidos. É com base na política de segurança que os programas de segurança são estabelecidos.

A gestão de segurança é a arte de criar e administrar a política, normas e procedimentos de segurança, pois não é possível gerenciar o que não pode ser definido. Uma organização que tem suas políticas de segurança bem definidas e documentadas tem mais facilidade para elaborar suas normas e procedimentos de segurança com mais eficiência.

Benefícios da Política de Segurança

  1. Formalização e documentação do pensamento e intensão da organização no que se refere a segurança;
  2. Consolidação de uma cultura de segurança;
  3. Padronização dos princípios, diretriz e procedimentos de segurança incorporados na rotina da organização;
  4. Delegação de autoridade e responsabilidades sobre segurança na empresa;
  5. Favorece a descentralização de poder e de decisão;
  6. Melhora na segurança dos processos organizações;
  7. Estabelece conformidade com os padrões e boas práticas de segurança;
  8. Melhora no retorno sobre o investimento realizado por meio da redução da incidência de problemas relacionados à segurança;

Estrutura Básica e Elementos de uma Política de Segurança

A estrutura básica de uma Política de Segurança pode variar de acordo com as necessidades e especificidades de cada organização, mas geralmente inclui os seguintes elementos principais:

  1. Introdução e Objetivos: Esta seção fornece uma visão geral da política de segurança, explicando sua importância, os objetivos que ela visa alcançar e a abrangência da sua aplicação na organização.
  2. Escopo: Define o alcance da política de segurança, especificando quais sistemas e recursos estão abrangidos por ela.
  3. Responsabilidades: Esta seção estabelece as responsabilidades dos funcionários, gerentes e outras partes interessadas em relação à segurança dos ativos da organização, incluindo a designação de responsáveis pela implementação, monitoramento e cumprimento da política.
  4. Estratégias de Segurança Específicas: Define estratégias para a proteção dos ativos abordados pela política, delineando medidas específicas a serem adotadas para garantir sua segurança.
  5. Gestão de Incidentes de Segurança: Define os procedimentos para detecção, resposta, investigação e notificação de incidentes de segurança.
  6. Revisão e Atualização: Estabelece os procedimentos para revisar e atualizar a política de segurança regularmente, garantindo que ela permaneça relevante e eficaz em um ambiente em constante mudança, conforme novas ameaças e desafios surgem.

Quais são os Tipos de Políticas de Segurança?

Existem vários tipos de políticas de segurança que uma organização pode implementar para proteger seus ativos, recursos e informações contra ameaças internas e externas. A seguir alguns dos principais tipos de políticas de segurança:

  1. Política de Segurança Corporativa: a política de segurança corporativa abrange uma ampla gama de áreas de segurança dentro da organização, incluindo segurança da informação, segurança física, segurança do trabalho, segurança patrimonial e outras. Ela estabelece uma abordagem integrada e coordenada para proteger os ativos, recursos e informações da corporação contra ameaças internas e externas, garantindo a segurança global da empresa.
  2. Política de Segurança Empresarial: a política de segurança empresarial estabelece diretrizes para proteger as pessoas, patrimônio e negócio da empresa contra ameaças como roubo, assalto, espionagem, sabotagem, vandalismo e outras ameaças.
  3. Política de Segurança do Trabalho: a política de segurança do trabalho estabelece diretrizes e procedimentos para garantir um ambiente de trabalho seguro e saudável para os funcionários da organização. Ela aborda questões como prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.
  4. Política de Segurança da Informação (PSI): a política de segurança informação estabelece diretrizes para proteger as informações da organização, incluindo políticas de classificação de informações, controle de acesso, criptografia, gestão de senhas e compartilhamento seguro de dados.
  5. Política de Segurança de Tecnologia da Informação (TI): a política de segurança de TI foca em proteger os sistemas de TI da organização contra ameaças cibernéticas, incluindo políticas de segurança de rede, gestão de vulnerabilidades, controle de dispositivos e monitoramento de atividades de Tecnologia da Informação.

Cada uma dessas políticas desempenha um papel importante na proteção dos interesses da organização e na promoção de um ambiente seguro e protegido para os funcionários, clientes, parceiros e outros envolvidos com a empresa. Elas são essenciais para garantir a conformidade com regulamentos, a prevenção de perdas e a continuidade empresarial.

Política de Segurança

Como criar uma Política de Segurança?

A elaboração de políticas de segurança é um processo que geralmente segue uma série de etapas para garantir que as políticas sejam eficazes e abordem adequadamente as necessidades de segurança da organização. A seguir uma visão geral do processo típico de elaboração de políticas de segurança:

  1. Identificação das Necessidades de Segurança: O processo começa com uma avaliação das necessidades de segurança da organização, identificando os ativos críticos, as ameaças potenciais e as vulnerabilidades existentes.
  2. Definição de Objetivos: Com base na análise das necessidades de segurança, são estabelecidos objetivos claros para as políticas de segurança, delineando o que se espera alcançar com essas políticas.
  3. Seleção de Stakeholders: São identificadas as partes interessadas relevantes que serão envolvidas no processo de elaboração das políticas de segurança, incluindo representantes de diferentes departamentos e níveis hierárquicos da organização.
  4. Desenvolvimento de Rascunhos Iniciais: Com base nos objetivos estabelecidos e nas contribuições das partes interessadas, são desenvolvidos rascunhos iniciais das políticas de segurança. Esses rascunhos podem ser criados por uma equipe dedicada de segurança, consultores externos ou por um comitê designado para esse fim.
  5. Revisão e Feedback: Os rascunhos iniciais das políticas de segurança são revisados pelas partes interessadas relevantes, incluindo especialistas em segurança, líderes de departamento e funcionários afetados pelas políticas. O feedback é coletado e incorporado aos rascunhos conforme necessário.
  6. Aprovação e Endosso: Uma vez revisados e refinados, os rascunhos das políticas de segurança são submetidos à aprovação da alta administração ou de um comitê designado para políticas. O endosso da liderança é crucial para garantir a autoridade e a implementação eficaz das políticas.
  7. Comunicação e Treinamento: Após a aprovação, as políticas de segurança são comunicadas a todos os funcionários por meio de canais apropriados, como intranet, e-mails, reuniões ou treinamentos. É essencial garantir que todos os funcionários entendam as políticas e suas implicações para o seu trabalho.
  8. Implementação e Monitoramento: As políticas de segurança são implementadas na organização e seu cumprimento é monitorado ao longo do tempo. O que pode envolver a designação de responsáveis pela implementação, a realização de auditorias periódicas e a revisão contínua das políticas para garantir sua relevância e eficácia.
  9. Revisão e Atualização: As políticas de segurança devem ser revisadas periodicamente para garantir que permaneçam atualizadas e alinhadas com as necessidades e objetivos da organização. Isso pode ser desencadeado por mudanças na legislação, práticas da indústria, feedback dos funcionários ou experiências operacionais.

Características de uma Boa Política de Segurança

  1. Ser apropriada ao propósito e ao contexto estratégico da organização;
  2. Estar alinhada ao planejamento estratégico da empresa;
  3. Devem ser aprovadas e patrocinadas pela Alta Gestão;
  4. Propiciar uma estrutura adequada para o estabelecimento dos objetivos da segurança;
  5. Incluir comprometimento em satisfazer requisitos aplicáveis a segurança da organização;
  6. Comprometimento com a melhoria contínua do sistema de gestão da segurança;
  7. Deve estar disponível e ser mantida como informação documentada;
  8.  Deve ser comunicada, entendida e aplicada na organização;
  9. Deve estar disponível para partes interessadas pertinentes, como apropriado;
  10. Ser atualizada com necessário.

Conclusão

Neste artigo, exploramos a importância crítica das políticas de segurança e seu papel fundamental na proteção de ativos e na promoção de uma cultura de segurança. Desde a definição dos objetivos até a implementação prática, destacamos a necessidade de uma abordagem estratégica e integrada para garantir a eficácia dessas políticas.

Ao compreender os benefícios de uma política de segurança bem elaborada, as organizações podem fortalecer sua postura de segurança, reduzir riscos e garantir a continuidade dos negócios em um ambiente cada vez mais desafiador.

Para continuar sua jornada de conhecimento sobre segurança empresarial, recomendamos a leitura do nosso próximo artigo: “O que é Gestão de Segurança? Quais suas Funções e Processos“. Explore mais a fundo os conceitos e práticas relacionadas à gestão de segurança e descubra como ela pode ser uma aliada poderosa na proteção e no fortalecimento de sua organização.

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Especialista em segurança com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissional.

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

O que é Gestão de Segurança? Quais suas Funções e Processos

Planejamento de Segurança: O que é, Elementos, Como fazer

Programa de Segurança: Explore os objetivos, benefícios e tipos de programas de segurança

Sistema de Segurança e seus Múltiplos Contextos. Desvende os Conceitos e tipos!

Procedimento de Segurança: O que é, Para que Serve, Conteúdo

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sergio (24 de março de 2022). Política de Segurança: O que é, objetivos, importância, como criar. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/politica-de-seguranca-o-que-e-qual-sua-importancia-como-criar// – Acessado em (inserir data do acesso)

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.