- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Poka-Yoke: O que é, Características, Funções Básicas, Exemplos

O desperdício de recursos e a baixa qualidade dos produtos ou serviços são problemas que podem afetar a imagem e a rentabilidade de uma empresa. É nesse contexto que o Poka-Yoke se destaca como uma técnica eficaz para prevenir erros e defeitos em um processo.

Se você deseja melhorar a qualidade de seus produtos ou serviços, o Poka-Yoke pode ser a solução ideal. Com ele, é possível reduzir a incidência de erros, melhorar a produtividade e, consequentemente, aumentar a rentabilidade do negócio. E o melhor: a aplicação do Poka-Yoke pode ser feita em qualquer setor ou processo, desde a indústria até os serviços.

Neste artigo, vou abordar tudo o que você precisa saber sobre o Poka-Yoke e como aplicá-lo em sua empresa. Vamos abordar os principais conceitos, as funções básicas e os dispositivos utilizados, além de exemplos práticos de sua aplicação. Aprenda como evitar erros e defeitos em seus processos e torne sua empresa mais competitiva.

Por José Sergio Marcondes – Postado 29/03/2022 – Atualizado 27/03/2023

O que é Poka-Yoke?

Poka-yoke é uma técnica japonesa de prevenção de erros que visa evitar falhas humanas durante a realização de um processo organizacional, a fim de melhorar a qualidade e eficiência do produto ou serviço entregue. É uma expressão japonesa que significa “à prova de erros” ou “prevenir erros”.

O termo Poka-Yoke refere-se ao uso de mecanismos e/ou procedimentos simples e práticos para prevenção das causas especiais que resultam em defeitos e falhas, ou para inspecionar cada item que é produzido para determinar se é aceitável ou defeituoso.

Poka-Yoke surgiu no contexto da filosofia ZQC (Zero Quality Control, que poderia ser traduzido como Controle de Qualidade Nulo), tendo sido desenvolvido e implementado por Shingo, em 1961, na Toyota Motor Corporation.

Poka Yoke é definido como uma ferramenta de prevenção de erros representada por simples dispositivos e/ou procedimentos que possuem como função inicial prevenir e impedir o surgimento de erros em um processo produtivo através da eliminação de suas causas geradoras.

O Poka-Yoke constitui uma ferramenta de melhoria de processos de produção baseado na detecção de erros. Inicialmente, foi considerado um dispositivo físico utilizado para impedir que os erros pudessem ocorrer. Hoje em dia, assume um significado muito mais abrangente, podendo ser definido como uma ferramenta anti-erro, uma técnica de controle da qualidade ou uma filosofia da qualidade. O princípio básico comum a estas vertentes é a prevenção de erros.

A palavra Poka-Yoke também pode ser traduzido como “mecanismo à prova de falhas”, constituindo um recurso que indica ao operador o modo adequado para realizar uma determinada operação, ou seja, um mecanismo de detecção de erros que, integrado numa determinada operação de produção, impede a execução errada dessa operação, bloqueando as principais interferências (normalmente decorrentes de erros humanos) na execução da operação.

Para que serve Poka-Yoke?

A técnica de Poka-yoke serve para evitar erros ou defeitos em um processo, garantindo a qualidade do produto ou serviço entregue. Ela é usada para reduzir a incidência de erros humanos durante a realização de um processo, seja na linha de produção, em serviços ou em outras áreas.

Ao aplicar a técnica de Poka-yoke, é possível identificar as causas raiz dos erros e corrigi-las, garantindo que o mesmo erro não ocorra novamente. Isso pode levar a uma melhoria significativa na qualidade do produto ou serviço, bem como a uma redução nos custos associados a erros, como retrabalho ou devoluções.

A utilização de dispositivos de Poka-yoke também pode ajudar a garantir a saúde e segurança ocupacional dos trabalhadores, evitando acidentes ou lesões que possam ocorrer como resultado de erros ou falhas no processo.

Os sistemas Poka-Yoke podem também apenas sinalizar, através de apitos, buzinas e sinais luminosos, a ocorrência de erros, sem parar a linha de produção mas indicando a necessidade de correção imediata . Em resumo, é uma ferramenta valiosa para melhorar a qualidade e eficiência do processo, reduzindo os erros e aumentando a satisfação do cliente.

Quais sãos os objetivos do Poka-Yoke?

Os principais objetivos do Poka-Yoke são:

  1. Prevenção de erros: O objetivo principal do Poka-Yoke é evitar erros ou defeitos em um processo, garantindo a qualidade do produto ou serviço entregue. Isso é alcançado por meio da identificação e eliminação das causas dos erros.
  2. Melhoria contínua: Ao implementar técnicas de Poka-Yoke, as empresas podem melhorar continuamente seus processos, tornando-os mais eficientes, confiáveis e seguros.
  3. Redução de custos: A prevenção de erros pode levar a uma redução nos custos associados a retrabalho, devoluções, inspeção de qualidade e outras atividades relacionadas à correção de erros.
  4. Aumento da satisfação do cliente: O uso de Poka-Yoke pode aumentar a satisfação do cliente, reduzindo o número de erros ou defeitos em produtos ou serviços entregues, aumentando a confiança do cliente na empresa.
  5. Promoção de uma cultura de qualidade: Ao implementar o Poka-Yoke, as empresas podem promover uma cultura de qualidade e segurança no local de trabalho, incentivando os funcionários a se concentrarem na prevenção de erros em vez de na correção deles.
  6. Segurança do trabalhador: A utilização de dispositivos de Poka-Yoke também pode ajudar a garantir a segurança do trabalhado, evitando acidentes ou lesões que possam ocorrer como resultado de erros ou falhas no processo.

O que são Dispositivos Poka-Yoke?

Shingo (1996), define poka-yoke como dispositivos que objetivam o aumento da eficiência da produção pela eliminação contínua de desperdícios. Possibilitam travar defeitos por meio da inspeção de todas as peças, de forma a permitir que essa informação ative a parada ou seleção da peça com desvio de qualidade sem depender da intervenção humana.

Segundo Calarge e Davanso (2003), na manufatura os poka-yoke auxiliam na prevenção de defeitos em um sistema produtivo, tendo como objetivo evitar, prevenir, impedir ou detectar os defeitos do produto.

Poka-Yoke: O que é, Características

O que faz o Poka-Yoke?

Um sistema Poka-Yoke evita que um erro seja cometido, ou faz com que um erro seja facilmente identificado. A possibilidade de detectar erros através de uma inspeção rápida é essencial, já que, segundo Shingo, a maioria dos defeitos são causados por erros inadvertidos. Portanto, os erros não se tornarão defeitos (desvios à especificação do produto que podem conduzir ao descontentamento do cliente) se forem identificados e eliminados com antecedência.

Shingo, salienta que os erros são inevitáveis porque os operadores são humanos e naturalmente erram (por falta de concentração, compreensão das instruções, …). Pelo contrário os defeitos resultam de se permitir que um erro altere o produto, sendo assim inteiramente evitáveis.

O sistema Poka Yoke atua de forma que os erros sejam facilmente identificados, de maneira que sejam rapidamente eliminados e não se transformem em defeitos, contribuindo assim para a melhoria do processo e diminuição das perdas.

Exemplos Dispositivos Poka-Yoke

Um exemplo prático do uso dos princípios Poka-Yoke pode ser observado quando vamos conectar cabos RCA na TV. As cores dos fios (vermelho, amarelo e branco) são as mesmas cores das entradas de áudio e vídeo, desta forma se evita que a gente se confunda na hora de realizar essa tarefa.

Um outro exemplo interessante são eletrodomésticos que não funcionam com a porta aberta. Quando você abre a porta da geladeira, micro-ondas ou máquina de lavar, eles param de funcionar imediatamente, trata-se de uma medida de segurança visando evitar acidentes.

Fundamentos do Poka-Yoke

Os fundamentos do Poka-Yoke estão ligados a Qualidade Zero Defeitos. De acordo com Shingo (1986) apud Ghinato (1996), o Controle da Qualidade Zero Defeito (CQZD) é considerado uma metodologia para identificar e tratar de forma eficaz os problemas detectados, eliminando a sua reincidência, com quatro pontos de sustentação:

  1. Inspeção na fonte: método preventivo capaz de eliminar completamente a ocorrência, pois a função controle é aplicada na origem ao invés do resultado;
  2. Inspeção 100%: são inspecionados 100% dos produtos ao invés de inspeção amostral;
  3. Reduzir tempo de reação: diminuição do tempo entre a descoberta e a aplicação de ações para sanar a anomalia;
  4. Reconhecimento das fraquezas: que as pessoas não são infalíveis, aplicando ferramentas de controle junto com o “poka-yoke”.

Origem Poka-yoke

No Japão do inicio do século XX, Sakichi Toyoda inventou o que pode ser considerado o primeiro dispositivo poka-yoke: um mecanismo que, acoplado ao tear, era capaz de identificar o rompimento de um fio ou o atingimento da quantidade de tecido a ser produzida, paralisando a operação imediatamente. Esta singela invenção possibilitou que vários teares fossem operados por um único trabalhador, o que representou uma grande vantagem competitiva há época.

O conceito de dispositivos capazes de “detectar uma anormalidade no processamento” foi mais tarde, aplicado e difundido na Toyota Motor Company por Taiichi Ohno. Shigeo Shingo, consultor da Toyota durante muitos anos, encarregou-se de aprimorar este conceito e disseminá-lo em indústrias do mundo inteiro.

O termo poka-yoke como conhecemos hoje tem sua origem nas experiências da Toyota Motors Company, que visavam obter zero defeitos na produção e eliminar as inspeções de qualidade.

Os métodos para atingir tal objetivo foram inicialmente chamados de “à prova de bobos (bakayokes)”, sendo que posteriormente reconheceu-se que isso era ofensivo aos trabalhadores e a denominação mudou para “à prova de erros” ou “livres de falhas” (poka-yoke). Inicialmente o objetivo era prevenir o erro humano no trabalho, visto como a principal causa dos defeitos (SHIMBUN, 1988).

Quais as Principais Características do Poka Yoke?

As principais características do poka-yoke são:

  • Serem utilizados num regime de inspeção a 100%;
  • Dispensarem a atenção permanente do operador relativamente ao produto que está a sendo processado;
  • Reduzirem ou eliminarem defeitos através das ações corretivas imediatas;
  • Serem simples e de baixo investimento;

As 3 funções Básicas do Sistema Poka-Yoke

Os sistemas Poka-Yoke podem executar três funções básicas na prevenção de defeitos:

  1. Aviso: Este método determina se cada produto pode ou não ser aceitado ou rejeitado, informando desvios através da utilização de sons, lâmpadas ou outros sinais de aviso.
  2. Controle: através de inspeções no produto busca detectar os problemas e paralisar o processo para que correções possam ser realizadas imediatamente, evitando uma série de defeitos;
  3. Paralização: ao detectar um erro ou falha paralisa a linha de produção ou processo imediatamente, muito usado para evitar acidentes com os trabalhadores em atividades ou área de risco alto de acidentes.

A função de aviso é uma função menos poderosa comparativamente com as outras funções, exigindo atenção do operador. Os mecanismos típicos de aviso, luzes e sons, são aplicados em situações em que o impacto das anomalias é ligeiro ou os fatores técnico-económicos tornam a aplicação de métodos de controlo muito difícil.

As funções de controle e paralisação são as mais eficazes para impedir erros e consequentemente defeitos. Quando um erro é detectado, a operação é interrompida, impedindo que os defeitos ocorram; esta é a metodologia típica da fabricação japonesa que determina aos operadores a parar imediatamente a linha quando os erros são detectados para serem corrigidos o mais rápido possível.

Classificação Poka-Yoke

Segundo Shingo (1996), os dispositivos poka-yoke de acordo com suas características de funcionalidade pode ser classificado em:

  • Método do Controle: Para a linha ou a máquina de forma que a ação corretiva seja imediatamente implementada;
  • Método da Advertência: Detecta a anormalidade e sinaliza a ocorrência através de sinais sonoros e/ou luminosos para atrair a atenção dos responsáveis;
  • Método do Contato: Detecta a anormalidade na forma ou dimensão através de dispositivos que se mantêm em contato com o produto;
  • Método do Conjunto: Utilizado em operações executadas numa sequência de movimentos ou passos pré-estabelecidos, garantindo que nenhum dos passos seja negligenciado;
  • Método das Etapas: Evita que o operador realize, por engano, uma etapa que não faz parte da operação, executada através de movimentos padronizados.

Quais são os tipos de Poka Yoke?

Existem 4 modalidades do método Poka Yoke que são amplamente utilizados em processos de produção para evitar erros, sendo elas:

  • Prevenção – Seu objetivo é eliminar de vez a causa geradora do erro, que pode estar ligada a inúmeras possibilidades;
  • Detecção – tem como finalidade interromper o processo perante a ocorrência de um erro operacional, obrigando sua resolução imediata por meio do combate a sua causa raiz;
  • Valor fixo – serve para assegurar que um número específico de movimentos tenha sido feito durante o processo.
  • Etapas – evita falhas na ordem de execução. Ele determina se todos os passos de uma operação estão sendo seguidos na ordem correta. Se não for feito nas etapas certas, não será possível realizar a operação desejada.

Benefícios do Poka Yoke

  • Detecção de erros e falhas na fases inicias do processo, evitando perdas maiores;
  • Possibilita controle de qualidade e conformidade dos processos;
  • Redução de riscos, custos, desperdícios e retrabalhos;
  • Otimização do tempo, recursos e produtividade;
  • Possibilita cumprimento de prazos e melhora da qualidade final;
  • Gera processos mais eficientes;
  • Melhora o controle sobre a produção;
  • Aumento da satisfação dos clientes;
  • Gera maior lucratividade para empresa.

Regras Básicas para Implantação do Poka-Yoke

De acordo com Shingo, a implementação dos sistemas Poka-Yoke é facilitada quando algumas regras básicas e simples são consideradas:

  • Escolher um processo piloto e fazer uma lista dos erros mais comuns dos operadores;
  • Priorizar os erros por ordem de frequência;
  • Priorizar os erros por ordem de importância;
  • Projetar sistemas Poka-Yoke para impedir os principais erros das duas listas;
  • Utilizar Poka-Yoke de controlo quando é impossível corrigir o defeito;
  • Fazer uma análise de custo-benefício antes de implementar o sistema Poka-Yoke.

Implementação de Sistema Poka-Yoke

A implementação de sistemas Poka-Yoke pode estar associada a outras ferramentas da qualidade. As empresas têm ao seu dispor várias ferramentas que podem ser aplicadas na melhoria contínua dos seus processos de fabrico, dentre as quais podemos destacar a Análise Modal de Falhas e Efeitos (FMEA), que tem como objetivo evitar, através da identificação de potenciais falhas e implementação de ações de controlo e de melhoria, a ocorrência de não-conformidades nos produtos e/ou nos processos. Para eliminar as falhas, podem ser aplicados sistemas Poka-Yoke, funcionando como um complemento da FMEA.

Passo-a-passo para Implantação Sistema Poka-Yoke

A Implementação de Sistemas Poka-Yoke pode realizar-se passo-a-passo de acordo as seguintes etapas:

  • Primeira Etapa: consiste em identificar o problema com base, por exemplo, em dados da não-qualidade;
  • Segunda Etapa: analisa-se a urgência e identificam-se as causas do problema;
  • Terceira Etapa: concentra-se na seleção do melhor sistema à prova de erro;
  • Quarta Etapa: implementação do sistema à prova de erro e validação de acordo com os resultados obtidos;
  • Quinta Etapa: verifica-se se o problema foi resolvido e identificam-se outras ações a tomar caso seja necessário.

Exemplos de Sistemas Poka Yoke

  • Sensores de abertura: interrompem o funcionamento do sistema quando um dispositivo é aberto. Exemplos: parada do micro-ondas quando sua porta é aberta; acender das luzes internas da geladeira quando sua porta é aberta e para de uma máquina quando um dispositivo é aberto;
  • Sensores de presença: para de funcionamento de um robô quando um pessoa entra numa área de riscos de acidente; para processo de produção quando são identificada ausência de peças;
  • Sensores de nível – emissão de alerta visual ou sonoro quando detectado níveis de líquido abaixo ou acima do desejado;
  • Sensores de temperatura: disparo de alerta visual ou sonoro quando uma máquina atinge um nível de temperatura considerado de risco de acidentes.

Conclusão

O Poka-Yoke é uma técnica poderosa para prevenir erros e defeitos em um processo, melhorando a qualidade, a eficiência e a segurança de um produto ou serviço. Com sua implementação, é possível reduzir custos e desperdícios, aumentar a produtividade e a satisfação do cliente, tornando a empresa mais competitiva no mercado.

Por isso, é essencial que as empresas invistam na aplicação do Poka-Yoke em seus processos, independentemente do setor em que atuem. Com a adoção dessa técnica, é possível garantir a qualidade de seus produtos e serviços, aumentando a confiabilidade e a fidelidade dos clientes.

Se você ficou interessado em conhecer outras técnicas relacionadas à melhoria de processos, não deixe de conferir nosso artigo sobre Kanban. Essa técnica japonesa é essencial para aumentar a eficiência e a produtividade de uma empresa, melhorando a gestão do fluxo de trabalho. Acesse agora mesmo e descubra como aplicar o Kanban em sua empresa!

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Kaizen: O que é, Filosofia, Objetivos, Princípios, Ferramentas

Gestão à Vista: O que é, Para que serve, Como Funciona

Kanban: O que é? Objetivos? Componentes, Princípios, Características

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (29 de março de 2022). Poka-Yoke: O que é, Características, Funções Básicas, Exemplos. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/poka-yoke-o-que-e-caracteristicas-3-funcoes-basicas-exemplos/– Acessado em (inserir data do acesso).

Referencias Bibliográficas

SHINGO, Shingeo. O Sistema Toyota de produção do ponto de vista da Engenharia de Produção. 2ª Ed. Porto Alegre: Bookman, 1996

Shimbun, Nikkan Kogyo. 1988. Poka-yoke: improving product quality by preventing defects. Massachusetts: Productivity Press.
GHINATO, P. O Sistema Toyota de Produção: mais do que simplesmente o just-in-time. Caxias do Sul, Editora da UCS, 1996

CALARGE, F .A., DAVANSO, J. C. Conceito de dispositivos à prova de erros utilizados na meta do zero defeito em processos de manufatura. Revista de Ciência & Tecnologia, vol. 11, nº 21 – pp. 7-18 – UNIMEP. Piracicaba, 2003.

Artigo sobre Dispositivos Poka-Yoke: Conceitos, definições, tipos. Principais Características, 3 funções Básicas Benefícios Implantação do Poka-Yoke

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Lucimar Nascimento!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  2. Boa noite Marcondes, artigo muito bom ,gostei muito achei super importante, parabéns.

  3. Olá Cristiano Reis!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  4. Parabéns senhor Marcondes, seus artigos são muito interessantes e ajudam a ampliar o conhecimento de todos nós leitores. Siga firme guerreiro ??

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.