- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Conceitos sobre Organização, Tipos de Organizações, Exemplos

As organizações são uma parte fundamental da sociedade e desempenham um papel vital de grande importância na vida de muitas pessoas. Elas são responsáveis por fornecer empregos, produtos e serviços, e contribuir para o desenvolvimento econômico e social do país.

Além disso, as organizações também são responsáveis por criar e manter culturas e valores, além de influenciar a forma como as pessoas vivem e trabalham. Nesse sentido, é importante compreender como as organizações funcionam, como elas evoluem e quais são os desafios enfrentados por elas, o que permite compreender como elas desempenham seu papel crucial na sociedade, influenciando a economia, a política e as relações sociais.

Além disso, o conhecimento do funcionamento das organizações pode ajudar a identificar oportunidades de melhoria, a desenvolver estratégias eficazes e a tomar decisões informadas no ambiente de trabalho. Além disso, é uma habilidade valiosa para aqueles que buscam carreiras em gestão. Este artigo irá fornecer uma visão geral das organizações e de seu papel na sociedade. Leia até o fim e se informe.

Por José Sérgio Marcondes.
Postado 25/04/2019 e atualizado 04/02/2023

Resumo conteúdo do Artigo

Significados palavra organização
Para que servem as organizações?
Objetivos das organizações
Características das organizações
Importância das organizações
Cultura Organizacional
Classificação das Organizações
Exemplo de Organizações
Gestão Organizacional
Planejamento Organizacional
Estratégia Organizacional
Perguntas Frequentes

A palavra organização e seus significados

A palavra organização pode ter significados diferentes de acordo com contexto em que é colocado, conforme descrito abaixo:

  • Ato ou efeito de organizar: Modo de estruturar e dividir o trabalho ou atividades a serem executadas. Tem como elementos básicos a ordenação e integração de meios e distribuição de responsabilidades. Exemplo: organização do funcionamento de um departamento empresarial.

Essa definição está mais voltada para administração e você pode saber mais acessando o artigo Organização Como Função Administrativa: Conceitos e Definições.

  • Organização como associação ou agrupamento de pessoas e meios– é uma associação ou agrupamento de pessoas, recursos materiais e financeiros, que combinam esforços individuais e em equipe com a finalidade de realizar propósitos coletivos. Exemplos: empresas, associações, órgãos do governo, entidades públicas e privadas, etc. Neste contexto, organização é a forma como se dispõe um sistema para atingir os resultados pretendidos. Normalmente é formado por uma, duas ou mais pessoas que executam funções de modo controlado e coordenado com a missão de atingir um objetivo em comum com eficácia.

Esse artigo será focado na organização como associação ou agrupamento de pessoas e meios com a finalidade de realizar propósitos coletivos, onde o termo organização poderá ser substituído por organizações e vice-versa.

O que é organização?

Organização é uma combinação de esforços individuais, somados a recursos materiais, tecnológicos, administrativos e financeiros, com a finalidade de realizar propósitos coletivos. Elas se caracterizam pela existência da divisão social do trabalho, do planejamento, dos objetivos que justificam a própria finalidade de sua existência, além de uma estrutura de poder hierarquizada e racionalizada.

O significado de organização de acordo com o dicionário: substantivo feminino; Ação ou efeito de organizar; ato ou resultado de se organizar. Formação estrutural daquilo que compõe um ser vivo ou do que constitui um sistema; Conjunto de pessoas que possuem os mesmos interesses; associação. Instituição que se destina à realização de atos no âmbito político, social, econômico.

Qual o conceito de organização?

O conceito de organização refere-se a uma estrutura social criada para atingir objetivos específicos através da divisão do trabalho, da especialização das tarefas e da coordenação de esforços. As organizações podem ser de diversos tipos, incluindo empresas comerciais, organizações sem fins lucrativos, governos, instituições educacionais, etc.

As organizações são planejadas de forma deliberada para realizar um determinado objetivo e formam unidades sociais portadoras de necessidades e interesses próprios.

Uma organização é caracterizada por uma estrutura formal, que inclui regras, políticas e procedimentos, além de sistemas de gestão, cultura, valores e recursos, que influenciam a forma como a organização atinge seus objetivos. O conceito de organização é amplo e inclui tanto aspectos formais quanto informais da dinâmica social das organizações.

O que são organizações?

Organizações são entidades formais ou informais compostas por pessoas que trabalham juntas com um objetivo comum. Elas podem ser de diferentes tipos e tamanhos, incluindo empresas, governos, instituições sem fins lucrativos, grupos comunitários, associações, entre outros.

A função principal de uma organização é a coordenação eficiente de recursos para atingir seus objetivos. Elas são criadas para realizar tarefas específicas de forma mais eficiente do que se cada indivíduo trabalhasse por conta própria.

Organizações envolve uma combinação de esforços individuais, somados a recursos materiais, tecnológicos, administrativos e financeiros, com a finalidade de realizar propósitos coletivos. Se caracterizam pela existência de objetivos, planejamento, divisão do trabalho e estrutura hierarquizada. São projetadas como sistemas de atividades e autoridade, deliberadamente estruturados e coordenados, atuam de maneira interativa com o meio ambiente que as cerca.

A palavra organizações se refere às entidades criadas por indivíduos que compartilham os mesmos interesses e valores e que buscam alcançar certos objetivos comuns. São planejadas de forma deliberada para realizar um determinado objetivo e formam unidades sociais portadoras de necessidades e interesses próprios.

Qual é a base da organização?

Para o autor, Etzioni (1989), a base da organização é ser uma unidade social, onde os objetivos organizacionais têm várias funções, dentre elas:

  • Ser a fonte de legitimidade que justifica suas atividades;
  • Estabelecer padrões para avaliar sua eficiência e rendimento; e
  • Criar unidade de medida, para verificar sua produtividade.

A razão de ser então da organização é servir a esses objetivos.

O autor destaca que existem muitas organizações que, simultaneamente e legitimamente, têm dois ou mais objetivos, isto é, possuem finalidades múltiplas; deixando claro que a organização deve ser vista como uma unidade social que procura atingir objetivos específicos, sendo estruturada para tal.

Definição de organizações
Organizações se refere às entidades criadas por indivíduos que compartilham os mesmos interesses.

Para que servem as organizações?

As organizações servem para atingir objetivos e metas específicos, alcançados através da divisão do trabalho, da especialização das tarefas e da coordenação de esforços. Elas podem ser usadas para alcançar objetivos comerciais, sociais, políticos, culturais, educacionais, entre outros.

Além disso, as organizações desempenham um papel importante na sociedade, fornecendo empregos, produtos e serviços, bem como contribuindo para o desenvolvimento econômico, social e cultural. A eficácia da organização depende de sua capacidade de atingir seus objetivos e adaptar-se às mudanças do ambiente externo.


Quais são objetivo das organizações?

Segundo Chiavenato, objetivos organizacionais são o fim desejado que a organização pretende atingir e que orientam o seu comportamento em relação ao futuro e ao ambiente interno e externo. Neste sentido os objetivos organizacionais são a razão de ser das organizações, e varam de acordo com a finalidade de cada organização.

Amabile e Kramer defendem que organizações com objetivos bem definidos, com recursos suficientes para alcançar esses objetivos e com pessoal unido no esforço para alcance dos mesmos, são também organizações com colaboradores que demonstram melhores sentimentos relativamente ao trabalho e à motivação, e uma melhor percepção da organização e sua importância.

Resumo dos principais objetivos das organizações

Os objetivos das organizações variam de acordo com seu tipo, estrutura e cultura, e dentre eles estão:

  • Lucro: muitas empresas comerciais têm como objetivo principal a maximização de lucros para seus acionistas ou proprietários.
  • Satisfação do cliente: as organizações também podem ter como objetivo fornecer produtos e serviços de alta qualidade para atender às necessidades e expectativas dos clientes.
  • Crescimento e desenvolvimento: outro objetivo comum das organizações é expandir sua base de clientes e ampliar sua participação no mercado.
  • Responsabilidade social: algumas organizações têm como objetivo contribuir para a sociedade e para o bem-estar dos seus funcionários, clientes e comunidade em geral.
  • Assistência social: garantir a proteção social aos cidadãos, ou seja, apoio a indivíduos, famílias e à comunidade no enfrentamento de suas dificuldades, por meio de serviços, benefícios, programas e projetos.
  • Inovação: outras organizações buscam inovar em sua área de atuação, seja por meio de novos produtos, processos ou tecnologias.

Quais são as características das organizações?

Para Maximiano (1995), organização compreende “uma combinação de esforços individuais que tem por finalidade realizar propósitos coletivos. Além de pessoas, as organizações utilizam outros recursos, como máquinas e equipamentos, dinheiro, tempo, espaço e conhecimentos.

As organizações se caracterizam pela existência da divisão social do trabalho, do planejamento, dos objetivos que justificam a própria finalidade de sua existência, além de uma estrutura de poder hierarquizada e racionalizada. Possuem algumas características que são básicas e comuns a quase todas as existentes.

De acordo com os seus objetivos, as organizações são criadas para obtenção de produtos e/ou serviços, com a finalidade de lucro ou não. As organizações possuem objetivos desde seu início, pois foram criadas para atender a necessidades específicas, (MAXIMIANO).

De acordo com Moraes (2004), os elementos humanos e materiais, que fazem parte das organizações, possuem forte ligação e interdependência do meio ambiente, no qual estão inseridas, e a este fazendo trocas constantes. As organizações são diferentes entre si, não existem duas iguais, assim como as pessoas. Podem durar meses, décadas ou séculos, sobrevivendo aos seus fundadores, ou podem desaparecer repentinamente, pelo simples fato de que não são sistemas perfeitos.

Resumo das principais características de uma organização

  • Finalidade definida: As organizações têm objetivos claros e bem definidos que orientam suas atividades.
  • Estrutura formal: As organizações possuem uma estrutura hierárquica e formal que define as relações de autoridade e responsabilidade.
  • Coordenação de recursos: As organizações coordenam e alocam recursos, incluindo pessoas, materiais, finanças e tecnologia, para alcançar seus objetivos.
  • Divisão do trabalho: As organizações tendem a especializar as tarefas entre seus membros para aumentar a eficiência.
  • Comunicação: As organizações estabelecem canais de comunicação internos e externos para garantir a troca de informações e a colaboração entre seus membros.
  • Controle: As organizações implementam processos de controle para monitorar seu desempenho e avaliar se estão atingindo seus objetivos.
  • Cultura: as organizações têm sua própria cultura, que inclui valores, crenças e comportamentos compartilhados pelos membros.

Qual importância das organizações?

A sociedade moderna se caracteriza como sociedade das organizações, visto que os indivíduos passam a maior parte de sua vida trabalhando, manifestando-se, divertindo-se por meio delas, e a maioria dos produtos e serviços essenciais depende do empenho das organizações em realizá-los.

As organizações não têm papel de apenas atender as necessidades dos clientes e gerar lucro, elas também têm uma função social. Assim como elas recebem influência das pessoas, buscando identificar quais são suas necessidades, afim de atendê-las, as organizações também influenciam as pessoas na sociedade.

Sua influência estende-se a diversos níveis sociais e ambientais. Além da geração de empregos e movimentação de renda, as organizações contribuem para o desenvolvimento social e ambiental do país. As organizações são participantes ativas na sociedade, ou seja, são agentes modificadores da sociedade.

Na atualidade são as organizações que assumem as responsabilidades pela execução das principais atividades necessárias para o bom funcionamento da sociedade, são elas que asseguram a produção de bens e serviços, a prestação de serviços de saúde, a segurança, o desporto, o ensino, a defesa do ambiente, a solidariedade social, entre muitas outras.

Resumo da importância das organizações

  • As organizações produzem e fornecem bens e serviços que atendem às necessidades e desejos dos consumidores.
  • As organizações são uma fonte importante de empregos e renda para a sociedade, especialmente em economias desenvolvidas.
  • As organizações investem em pesquisa e desenvolvimento, inovação e expansão, o que contribui para o crescimento econômico de uma região ou país.
  • As organizações desenvolvem e fornecem tecnologias e serviços que melhoram a qualidade de vida das pessoas, como saúde, educação e comunicações.
  • Algumas organizações têm como objetivo não apenas gerar lucro, mas também fazer uma contribuição positiva para a sociedade e para o meio ambiente.
  • A concorrência entre organizações incentiva a inovação e a melhoria contínua na qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

Como uma organização se estabelece?

A organização se estabelece enquanto poderoso instrumento social através da coordenação de grande número de ações humanas. Combina pessoas e recursos ao reunir líderes, especialistas, operários, máquinas e matérias-primas. Concomitantemente, está em constante processo de avaliação para atingir os objetivos propostos.

Esse processo leva as organizações a satisfazerem, de forma eficiente, as diversas necessidades da sociedade e, ao mesmo tempo, gera a maioria das forças modeladoras e orientadoras do desenvolvimento das qualidades e dos hábitos, proporcionando àqueles que ocupam posições de responsabilidade os meios para exercerem autoridade e, consequentemente, influenciarem os demais.

Organização como um sistema social

Considerada como unidade social que atende às necessidades específicas da sociedade, passa a ser compreendida como sistema social. A organização é um agrupamento social cada vez mais presente em todas as esferas da sociedade, em graus de complexidade cada vez maiores, na medida em que a modernização se torna critério de sobrevivência.

A organização representa mecanismo de reprodução da ordem e do poder dominante com estruturas socioeconômicas idênticas ao sistema de poder do Estado. Nesse sentido, verifica-se que a sociedade se estrutura com base nas relações de poder e, progressivamente, cria padrões, normas, leis e práticas para controlar e reger essas relações. Nela se desenvolvem as instituições como instrumentos básicos para a reprodução da estrutura dominante, através da legitimação conferida pela sociedade.

Desenho sobre unidade social
Organizações são consideradas como unidades sociais.

Cultura Organizacional

A cultura organizacional é formada por um conjunto de hábitos e crenças estabelecidos através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas por todos os membros de uma organização. Constitui um conjunto de comportamentos que distingue uma organização das demais.

A cultura organizacional é formada ao longo do tempo e passa a impregnar todas as práticas organizacionais, constituindo um complexo de representações mentais e um sistema coerente de significados que une todos os membros em torno dos mesmos objetivos e dos mesmos modos de agir. É o modelo de pressupostos básicos, que determinado grupo tem inventado, descoberto ou desenvolvido no processo de aprendizagem para lidar com os problemas de adaptação externa e adaptação interna.

Quero saber mais sobre cultura organizacional


Classificação das Organizações

As organizações podem ser classificadas de acordo com os seguintes critérios:

  • Finalidade (com fim lucrativo e sem fim lucrativo);
  • Estrutura (formais e informais)
  • Tamanho (pequena, média, grande);
  • Localização (local, regional, nacional ou internacional);
  • Nacionalidade (nacional ou internacional;
  • Tipo de produção (bens ou serviços);
  • Propriedade (privada, pública ou mista);
  • Atitude frente às mudanças (rígida ou flexível).

Tipos de Organizações

As organizações são criadas para prover produtos e serviços, segundo Moraes (2004), e podem ser de natureza econômica ou social.

a) de natureza econômica são as organizações que têm caráter específico de empresa e buscam finalidade lucrativa. Estas assumem riscos, e são dirigidas por uma filosofia de negócios.

b) de natureza social são as organizações voltadas às ações comuns ou de utilidade pública, fundamentam-se na aceitação dos valores e das normas sociais, sem finalidade lucrativa.

A. Organizações Sociais

Organizações sociais, no âmbito do Direito e com base nos conceitos sociológicos, consiste numa associação particular, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica e que recebe capital do Estado para prestar serviços que sejam do interesse público.

Todas essas instituições sociais devem ser identificadas por um propósito social, abrangendo os indivíduos de determinado grupo, seja de natureza humana ou animal, por exemplo. No Brasil, a qualificação das entidades como organizações sociais está prevista na Lei nº 9.637, de 15 de maio de 1998.

B. Organizações Civis

As organizações civis são aqueles agrupamentos cidadãos criadas para cobrir alguma necessidade social, como os partidos políticos, as ONGs, sindicatos, clubes, entre outras. É uma instituição privada sem fins lucrativos, que presta um serviço com finalidade social. A Lei nº 13.019 estabelece o regime jurídico das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil. Ela define como organizações civis três diferentes tipos de estruturas.

  • Entidade privada sem fins lucrativos;
  • Sociedades cooperativas; e
  • Organizações religiosas.

C. Organizações Não Governamentais

As Organizações Não Governamentais (ONGs) são entidades que não têm fins lucrativos e realizam diversos tipos de ações solidárias para públicos específicos. Elas podem atuar nas áreas da saúde, educação, assistência social, economia, ambiente, entre outras, em âmbito local, estadual, nacional e até internacional. A atuação da ONG acontece na esfera pública, embora não estatal.

Apesar de não pertencer ao Estado, oferta serviços sociais, geralmente de caráter assistencial, que atendem a um conjunto da sociedade maior do que apenas os fundadores e/ou administradores da organização. De uma forma geral, as ONGs são associações civis, sem fins lucrativos, de direito privado, de interesse público e que têm as seguintes características, entre outras.

D. Organizações Governamentais

As organizações governamentais são aquelas criadas pelo estado para desenvolver algum tipo de tarefa social e que estão dirigidas pelo governo em função e financiadas através de fundos públicos.

E. Organizações Públicas

São Organizações do Governo, que são administradas pelo governo e têm como objetivo prestar serviços à comunidade em geral, e são mantidas pela arrecadação de impostos, taxas e contribuições. Exemplos:

  • Organizações Militares;
  • Escolas Públicas;
  • Serviços de Saúde;
  • Organizações ligadas a Segurança Pública;
  • etc.

F. Organizações Privadas

São organizações criadas com recursos próprios (dos proprietários em forma de capital social) e também com recursos de terceiros, como fornecedores e credores em geral (como empréstimos e financiamentos). O seu resultado é distribuído aos sócios e o restante é mantido como reservas de lucros para a empresa.

G. Organização Empresarial

Em Administração, entende-se por organização uma entidade social formada por duas ou mais pessoas que trabalham de forma coordenada em determinado ambiente externo visando um objetivo coletivo. Envolve a divisão de tarefas e atribuição de responsabilidades.

Organização empresarial é uma entidade social formada por duas ou mais pessoas que trabalham de forma coordenada em determinado ambiente externo visando um objetivo coletivo. Envolve a divisão de tarefas e atribuição de responsabilidades

São organizações que têm como finalidade o lucro na produção e/ou comercialização de bens e serviços, podendo ser classificadas de acordo com o seu tamanho, natureza jurídica e área de atuação. De forma básica e sucinta, organização empresarial é um composto de funções e cargos hierárquicos aos quais todos os membros da empresa estão sujeitos.


Exemplo de Organizações

  • Empresas comerciais: são as empresas que visam obter lucro através da venda de bens e serviços.
  • Organizações governamentais: são organizações controladas pelo governo, cujos objetivos incluem fornecer serviços públicos e regular a economia.
  • Organizações sem fins lucrativos: são organizações que não visam lucro, mas sim atender a uma necessidade social, cultural ou ambiental.
  • Cooperativas: são organizações controladas por seus membros, cujos objetivos incluem fornecer bens e serviços aos membros a preços razoáveis.
  • Organizações de saúde: são organizações que prestam serviços de saúde aos pacientes.
  • Organizações educacionais: são organizações que fornecem ensino e formação.
  • Organizações religiosas: são organizações cujos objetivos incluem a prática e a promoção de uma religião específica.

Gestão Organizacional

A gestão organizacional refere-se as atividades que envolve os processos de planejamento, organização, direção e controle dos recursos humanos, físicos/materiais e financeiro de uma organização, visando a produção de resultados positivos, que possibilitem o atingimento de objetivos pré-estabelecidos para organização.

Envolve, principalmente, a competência de liderança, que é capacidade de se conseguir obter resultados por meio e pelos esforços de pessoas, através de trabalhos em equipe. A função da gestão organizacional é interpretar os objetivos propostos para organização e transforma-los em ações, a fim de atingi-los.

Quero saber mais sobre gestão empresarial


Planejamento Organizacional

Planejamento organizacional é o processo de estabelecer metas e desenvolver um plano para organização. Ele envolve a identificação de objetivos estratégicos, a avaliação de recursos e capacidades da empresa, e a determinação de ações e estratégias para alcançar esses objetivos.

O planejamento organizacional também inclui a revisão e ajuste regular do plano, à medida que as condições mudam. Seu objetivo final é ajudar a empresa a alcançar sua missão e objetivos de maneira eficiente e efetiva.

Refere-se ao ato de estudar e documentar antecipadamente o cenário de atuação da empresa, e definir objetivos a serem atingidos, assim como, identificar os meios, as ações e estratégias necessárias para o alcance desses objetivos.

Quero saber mais sobre planejamento organizacional


Estratégia Organizacional

Estratégia organizacional é o processo de definir a direção e alocar os recursos de uma organização para alcançar seus objetivos. Ela envolve a identificação de oportunidades e ameaças externas, a avaliação de forças e fraquezas internas, e a definição de metas e objetivos a longo prazo.

A estratégia organizacional também inclui a determinação de ações e planos para alcançar essas metas, bem como a monitoração e revisão contínuas da estratégia à medida que as condições mudam. A estratégia organizacional ajuda a maximizar o desempenho e a eficiência da organização, aumentando sua capacidade de se adaptar e prosperar em um ambiente em constante mudança.

Quero saber mais sobre estratégia organizacional

Conclusão

As organizações são instituições complexas que desempenham um papel fundamental na sociedade. Elas são responsáveis por fornecer empregos, bens e serviços, e por contribuir para o desenvolvimento econômico do país. Além disso, as organizações têm um impacto significativo na cultura, nos valores e nas vidas das pessoas.

A compreensão dos aspectos da cultura organizacional, liderança e gestão, comunicação, recursos humanos, estratégia, inovação e responsabilidade social é fundamental para o sucesso e a eficiência das organizações. Ao se concentrar em questões críticas, as organizações podem ser capazes de alcançar objetivos a longo prazo e desempenhar um papel positivo na sociedade.

Em resumo, as organizações são instituições dinâmicas e importantes que merecem atenção e compreensão para serem bem-sucedidas e alcançar seu máximo potencial.

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Sou um profissional com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Inscreva-se em nossa Newsletter e junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissiona

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

O que é, Para que serve uma Organização Não Governamental?

Organizações do Terceiro Setor: O que é? Importância, Exemplos de Organizações

Gestão Organizacional O que é? Funções

Planejamento Organizacional: O que é? Definição, Conceitos e Tipos

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (25 de abril de 2019). Conceitos sobre Organização, Tipos de Organizações, Exemplos. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/organizacoes-conceitos-tipos//– Acessado em (inserir data do acesso).

Referências Bibliográficas

CHIAVENATO, Idalberto. Administração, teoria, processo e prática. São Paulo: Makron Books, 1994

DRUKER, Peter. A administração na próxima sociedade. São Paulo: Nobel, 2002.

LACOMBE, Francisco José; HEILBORN, Gilberto Luiz José. Administração – Princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2003.

MORAES, Anna Maris Pereira. Introdução à Administração. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

MAXIMIANO, Antonio César Amauri. Teoria Geral da Administração: da Revolução Urbana à Revolução Digital. São Paulo: Atlas, 2007.

KANAANE, Roberto. Comportamento humano nas organizações: o homem rumo
ao século XXI. São Paulo: Atlas, 1994.

SCHEIN, Edgar H. Guia de sobrevivência da cultura corporativa. Rio de Janeiro: José Olympio, 2001.
DRUCKER, Peter. Sociedade pós-capitalista. 6 ed. São Paulo : Pioneira, 1997.

Teresa Amabile, Steven Kramer -O PRINCÍPIO DO PROGRESSO Como usar pequenas vitórias para estimular satisfação, empenho e criatividade no trabalho Tradução de ANA DEIRÓ – ROCCDIGITAL

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

18 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Deuziane!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  2. Olá Patrícia Rosana !
    Fico muito feliz em saber que gostou do artigo!
    Forte abraço e sucesso!

  3. Acredito que seja muito útil para mim. Estou estudando para concurso municipal e gostei muito. Esse é meu primeiro concurso.

  4. Olá Guilherme Bleil!
    Ficou muito feliz em saber que os artigos publicados no blog estão úteis para o aprimoramento dos seus conhecimentos. Também fiquei muitos feliz e grato pelos elogios. Você pode cadastrar seu e-mail no blog para ser avisado toda vez que um novo artigo for publicado, também pode pesquisar na caixa de pesquisa conteúdo do blog por temas de seu interesse ou filtrar os artigos por assunto.
    Forte abraço e sucesso!

  5. José, estava estudando algumas coisas sobre as teorias da motivação e em meio ao estudo acabei encontrando seus artigos e preciso lhe dizer: eles são sensacionais!! Como faço para receber seus artigos da área de gestão organizacional e outras matérias relacioandas normalmente em concurso?! Sério…só vou estudar por meio dos seus artigos a partir de agora!! A sua forma de explicar é extremamente didática!! Você tem o dom da didática! Parabéns!!

  6. Olá SANDRA MICHELLI!
    Fico muito feliz em saber que gostou do artigo e que ele foi útil pra você!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  7. Parabéns pelo artigo! Muito bom, texto maravilhoso e informativo. Me ajudou bastante!

  8. Olá Jeremias!

    Organização socioeconômico são definidas como as diferentes maneiras pelas quais os seres humanos organizaram a sociedade para resolver os problemas econômicos; ou seja, atendendo às suas necessidades ilimitadas com os recursos limitados disponíveis. Para fazer frente a essa carência, é preciso organizar a produção de bens e serviços e organizar sua distribuição.

  9. Essa matéria foi muito útil para mim.
    Obrigado!????

    Peço uma ajuda???por favor.
    Que conceito posso dar a uma organização socio-económico???

    Estou a frequentar curso de Gestão de Recursos Humanos na Universidade Pedagógica de Maputo (Moçambique)

  10. Olá, boa noite, adorei seu artigo. Como faço para referenciar ele em meu relatório?

  11. Olá Ana Lopes!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  12. Bom dia e muito obrigada pelo artigo 🙂 Eu acho que cada organização, exige boa ferramenta digital e merece ser bem organizada.

  13. Olá Odete!
    Fico muito feliz em saber que gostou do artigo.
    Forte abraço e sucesso!

  14. Olá Mayllon Ramirio!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.