- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

O que é Processo? Definição, Tipos e Exemplos de Processos

Processo é um conjunto organizado de atividades inter-relacionadas que visam atingir um objetivo específico, seguindo uma sequência lógica e definida. Ele é aplicado em diversas áreas do conhecimento, como engenharia, direito, administração, economia, tecnologia da informação, logística, saúde, entre outras.

Desde o simples ato de preparar o café da manhã até a complexa gestão de uma grande empresa, tudo envolve algum tipo de processo. Mas a final, o que são processos? E por que entender como eles funcionam é tão importante?

Neste artigo, vou explorar o conceito de processo e sua aplicação em diferentes áreas do conhecimento, desde a administração até o direito e a tecnologia. Se você quer entender melhor as definições, aplicações e características dos processos, acompanhe este artigo e descubra como eles são importantes para o atingimento dos objetivos com eficiência e eficácia.

Por José Sergio Marcondes – Postado 15/04/2023

O que é um Processo?

De maneira geral, podemos definir processo como um conjunto organizado de atividades inter-relacionadas que visam atingir um objetivo específico, seguindo uma sequência lógica e definida. O conceito de processo é aplicado em diversas áreas do conhecimento, como engenharia, direito, administração, economia, tecnologia da informação, logística, saúde, entre outras.

A origem da palavra “processo” vem do latim “processus”, que significa “avanço”, “progresso”, “caminho percorrido”. O termo é composto pela preposição “pro”, que denota um movimento para frente, e pelo verbo “cedere”, que significa “avançar” ou “caminhar”.

A partir dessa raiz etimológica, o termo processo ganhou diversos significados em diferentes áreas do conhecimento, mas todos têm em comum a ideia de uma sequência ordenada de ações ou eventos que levam a um resultado final.

Em cada área do conhecimento, o conceito de processo pode ter algumas particularidades, mas em geral ele é utilizado para descrever como um conjunto de atividades é realizado para atingir um objetivo específico.

Em engenharia, por exemplo, um processo pode ser definido como uma série de operações que transformam matérias-primas em produtos acabados. Já em administração, um processo pode ser definido como uma sequência de atividades que produzem um resultado para um cliente ou usuário.

Definição de Processo Segunda a ISO 9001

A Norma ISO 9001 define processo como “um conjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas que transforma insumos em produtos ou serviços”.

A norma estabelece que os processos devem ser gerenciados de forma sistemática e controlada para garantir que atendam aos requisitos do cliente e aos objetivos da organização. Além disso, a norma incentiva a melhoria contínua dos processos, por meio da análise crítica e do monitoramento dos resultados.

Para a ISO 9001, os processos devem ser documentados e compreendidos por todos os envolvidos, visando garantir a padronização e a eficácia das atividades.

Qual o propósito e objetivos do processo?

O propósito de um processo pode variar de acordo com a área do conhecimento em que é aplicado.

Em engenharia, por exemplo, o propósito dos processos pode ser a fabricação de produtos de qualidade, redução de custos e aumento da produtividade. Em administração, o propósito dos processos pode ser a melhoria da qualidade do serviço, a satisfação do cliente e a redução de custos. Já na área de saúde, o propósito dos processos pode ser a melhoria do atendimento ao paciente.

No entanto, em geral, podemos dizer que o propósito do processo é organizar as atividades de forma eficiente e eficaz, de modo a alcançar um resultado desejado.

Entre os Principais Objetivos do Processo, podemos destacar:

  • Padronização: o processo permite que as atividades sejam padronizadas e realizadas de maneira consistente, garantindo a qualidade do resultado final.
  • Controle: possibilita que as atividades sejam monitoradas e controladas, garantindo que o resultado final esteja de acordo com as especificações desejadas.
  • Redução de custos: permite que as atividades sejam realizadas de maneira mais eficiente e econômica, reduzindo os custos de produção ou operação.
  • Melhoria contínua: o processo permite que sejam identificadas oportunidades de melhoria e aperfeiçoamento, buscando sempre aprimorar o desempenho e os resultados alcançados.
  • Satisfação do cliente: possibilita que as necessidades e expectativas do cliente sejam atendidas de forma consistente e confiável, gerando satisfação e fidelização.

Em que áreas podemos aplicar o processo?

Os processos podem ser aplicados em diversas áreas do conhecimento, como no direito, na administração, engenharia entre outras. Em cada uma dessas áreas, os processos são utilizados de maneira específica, com objetivos e métodos próprios.

Em direito, um processo é um conjunto de atos e procedimentos jurídicos que tem como objetivo solucionar uma controvérsia ou conflito entre duas ou mais partes. É um instrumento utilizado para garantir o acesso à justiça e a resolução de litígios de forma pacífica e justa.

Na administração, os processos são utilizados para planejar, organizar, executar e controlar as atividades de uma empresa ou organização, visando maximizar a eficiência e eficácia dos processos produtivos e operacionais, além de aprimorar a qualidade dos produtos e serviços oferecidos.

Na engenharia, os processos são utilizados para projetar e desenvolver produtos, processos e sistemas, visando a otimização de recursos e a maximização da eficiência produtiva. Também são utilizados na manutenção de equipamentos e na gestão de projetos de grande porte, como obras de infraestrutura e construção civil.

De forma geral, os processos são utilizados em praticamente todas as áreas do conhecimento, com o objetivo de otimizar a eficiência, maximizar a produtividade, reduzir custos, aumentar a qualidade, prever comportamentos e fenômenos, e propor soluções para problemas complexos.

Quais são os Tipos de Processo?

Existem diversos tipos de processos, e a classificação pode variar de acordo com a área do conhecimento em que são aplicados. Aqui estão alguns exemplos de tipos de processos, considerando diferentes áreas:

  1. Processos Jurídicos: é um conjunto de ações coordenadas que visam a resolução de um conflito ou demanda apresentada ao Poder Judiciário. São processos relacionados ao Direito, como o processo judicial, o processo administrativo, o processo penal, o processo trabalhista, entre outros. O objetivo é buscar a solução de conflitos de forma pacífica e justa, por meio da aplicação das leis e da Constituição.
  2. Processo Organizacional é um conjunto de atividades inter-relacionadas e coordenadas que buscam atender aos objetivos de uma organização. Ele envolve a transformação de insumos (entradas) em produtos ou serviços (saídas), através da aplicação de recursos (pessoas, tecnologia, equipamentos, materiais, etc.) e de um conjunto de procedimentos previamente definidos.
  3. Processo Empresarial é um conjunto de atividades que uma empresa executa para atingir seus objetivos. Essas atividades incluem desde a concepção de uma ideia de negócio até a entrega do produto ou serviço final ao cliente. O objetivo do processo empresarial é maximizar os resultados da empresa, minimizando os custos e os desperdícios, além de aumentar a eficiência e a eficácia das atividades.

Quais são os Elementos de um Processo?

Os elementos de um processo podem variar dependendo da área do conhecimento em que são aplicados. De forma geral, os principais elementos de um processo são:

  • Inputs: são os recursos, materiais e informações que entram no processo para que o trabalho possa ser executado. Eles podem ser físicos (matérias-primas, equipamentos, etc.), financeiros (dinheiro disponível para realizar as atividades), humanos (pessoas envolvidas no processo), entre outros.
  • Atividades: são as ações realizadas no processo para transformar os inputs em outputs. As atividades podem ser divididas em subprocessos e tarefas menores para que o processo possa ser gerenciado com mais eficiência.
  • Fluxo de trabalho: é a sequência lógica das atividades que compõem o processo, estabelecendo como elas devem ser executadas e em que ordem.
  • Outputs: são os resultados finais do processo, que podem ser produtos, serviços, relatórios, decisões, entre outros.
  • Indicadores: são métricas utilizadas para monitorar e avaliar a eficiência e eficácia do processo. Os indicadores podem medir o desempenho das atividades, a qualidade dos produtos ou serviços, o tempo de execução do processo, entre outros aspectos.
  • Controles: são os mecanismos utilizados para garantir que o processo seja executado de acordo com as normas, padrões e regulamentos estabelecidos.
  • Feedback: é a informação recebida após a execução do processo que pode ser utilizada para melhorar o desempenho futuro do mesmo. O feedback pode ser obtido através da avaliação dos indicadores, da opinião dos clientes ou dos colaboradores envolvidos no processo.
Definição de Processo

5 Exemplos de Processos

  1. Processo jurídico: é o processo utilizado no âmbito do direito, para solucionar conflitos entre partes. Inclui atividades como a apresentação de petições, a realização de audiências, a produção de provas e a elaboração de sentenças.
  2. Processo produtivo: é utilizado na fabricação de produtos, desde a obtenção da matéria-prima até a entrega ao cliente. Inclui atividades como a produção em si, o controle de qualidade, a embalagem e a distribuição.
  3. Processo de recrutamento e seleção: utilizado pelas empresas para selecionar candidatos para uma determinada vaga. Inclui atividades como a divulgação da vaga, a triagem de currículos, a realização de entrevistas e testes e a escolha do candidato.
  4. Processo de desenvolvimento de software: é o processo utilizado para desenvolver programas de computador. Inclui atividades como a análise de requisitos, o design, a codificação, o teste e a implementação.
  5. Processo de atendimento ao cliente: é utilizado pelas empresas para atender às demandas dos clientes. Inclui atividades como o recebimento de solicitações, o atendimento via telefone ou chat, a solução de problemas e a coleta de feedback.

Qual a Importância dos Processos?

Os processos são de extrema importância para as organizações e para diversas áreas do conhecimento, pois permitem que atividades sejam executadas de forma padronizada, otimizando recursos, minimizando erros e garantindo a qualidade dos resultados.

Além disso, os processos também contribuem para a melhoria contínua, pois possibilitam a identificação de oportunidades de aprimoramento e a implementação de mudanças para atender às necessidades dos clientes e das partes interessadas.

Nas organizações, os processos são fundamentais para garantir a eficiência e eficácia das operações, pois permitem que as atividades sejam realizadas de forma consistente e repetitiva, reduzindo o tempo e os custos envolvidos. Também ajudam a aumentar a transparência e a visibilidade das atividades, possibilitando a gestão e o controle das operações.

Em áreas como a engenharia e a tecnologia, os processos são importantes para a criação e desenvolvimento de produtos e serviços. Eles permitem que as atividades de projeto, desenvolvimento, testes e implantação sejam realizadas de forma ordenada e estruturada, garantindo a qualidade e confiabilidade do resultado final.

Na área da saúde, os processos são essenciais para garantir a segurança e qualidade do atendimento prestado aos pacientes. Eles permitem que as atividades clínicas sejam realizadas de forma padronizada, minimizando os riscos de erros e promovendo a efetividade do tratamento.

Enfim, a importância dos processos pode ser resumida na sua capacidade de garantir a eficiência, eficácia e qualidade das atividades realizadas, bem como na sua contribuição para a melhoria contínua e a satisfação dos clientes e partes interessadas.

Quais os Benefícios dos Processos?

Os processos trazem vários benefícios, tais como:

  • Melhoria da eficiência: os processos permitem que as atividades sejam realizadas de forma mais eficiente, eliminando atividades desnecessárias, reduzindo o tempo de espera e aumentando a produtividade.
  • Maior qualidade: permitem que sejam estabelecidos padrões e procedimentos, garantindo que as atividades sejam realizadas de forma consistente e com qualidade.
  • Redução de custos: a gestão por processos permite identificar oportunidades de redução de custos e de desperdícios, melhorando a rentabilidade da organização.
  • Aumento da satisfação do cliente: os processos permitem que as atividades sejam alinhadas com as necessidades dos clientes, aumentando a satisfação e fidelização.
  • Tomada de decisões mais efetivas: a gestão de processos fornece informações precisas e confiáveis, permitindo a tomada de decisões mais rápidas e efetivas.
  • Melhoria contínua: os processos permitem a identificação de oportunidades de melhoria e a realização de mudanças para tornar a organização mais competitiva e adaptável às mudanças do mercado.

Conclusão

Podemos concluir que os processos estão presentes em todas as áreas do conhecimento e são fundamentais para a eficiência e eficácia das operações, projetos e organizações. Entender como os processos funcionam e como gerenciá-los pode trazer inúmeros benefícios, como a redução de custos, o aumento da produtividade, a melhoria da qualidade dos produtos e serviços, entre outros.

Ao longo deste artigo, exploramos os elementos dos processos, suas características e tipos. Compreender esses conceitos é essencial para quem deseja se tornar um profissional mais qualificado e competitivo no mercado de trabalho.

Por fim, convido você a continuar se aprofundando no tema lendo o meu artigo sobre processos organizações, onde abordo os conceitos e importância dos processos para as organizações serem bem-sucedidas. Fique atento aos nossos conteúdos e continue se atualizando sobre as melhores práticas em gestão de processos!

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Sou um profissional com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Inscreva-se em nossa Newsletter e junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissional.

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Processo Organizacional: O que é, Tipos, Importância, Exemplos

Segurança de Processo: O que é, Para que serve, Objetivos, Pilares

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (15 de maio de 2023). O que é Processo? Definição, Tipos e Exemplos de Processos. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/o-que-e-um-processo-definicoes-tipos/– Acessado em (inserir data do acesso).

Referências Bibliográficas

ISO 9001. Sistemas de gestão da qualidade – Requisitos. Organização Internacional para Padronização, 2015.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de processos: como gerenciar a rotina organizacional. 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014.

DAVENPORT, Thomas H. Reengenharia de processos: como inovar na empresa através da tecnologia da informação. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Patricia!
    Fico muito feliz em saber que o artigo foi útil para você.
    Forte abraço e sucesso!

  2. Parabéns! Excelente artigo. O utilizei para redesenhar uns processos na minha empresa.

  3. Olá Adson Gomes!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  4. Excelente artigo. O mesmo nos trazem uma visão multilateral para à compreensão do assunto citado.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.