- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Empresa: O que é? Objetivos, Conceitos e Tipos de Empresa

A empresa é uma parte fundamental da economia moderna, desempenhando um papel importante no desenvolvimento, produção, distribuição e consumo de bens e serviços. Com o objetivo de satisfazer as expectativas e necessidades dos consumidores, as empresas buscam desenvolver, produzir e comercializar bens e serviços, além de oferecer empregos e contribuir para o desenvolvimento econômico e social.

Se você trabalha ou está interessado em trabalhar em uma empresa ou empreender, e deseja ter sucesso, é importante ter uma compreensão clara do que são as empresas, quais seus propósitos e como elas se estruturam e funcionam.

Neste artigo, vamos explorar a conceituação de empresa, incluindo sua definição, seus propósitos e objetivos, importância, características, estruturas e funcionamento. Além disso, discutiremos a importância da definição clara do negócio da empresa para o sucesso. Ao final do artigo, você terá uma compreensão mais ampla e aprofundada sobre o que é uma empresa e sua importância na sociedade e na economia atual. Leia o artigo até o final e se informe!

Por José Sérgio Marcondes.
Postado 03/04/2019 e atualizado 08/02/2023

Resumo conteúdo do Artigo

O que é uma empresa?
Qual o negócio da empresa?
Para que servem as empresas?
Propósito de uma empresa
Objetivos de uma empresa
Conceito legal de empresa
Características das empresas
Tipos de Empresas
Estrutura Empresarial
Como funcionam as empresas?
Importância das empresas
Perguntas Frequentes

O que é uma empresa?

Empresa é um sistema econômico-social organizado para produzir e ofertar produtos (bens ou serviços) que possam satisfazer às necessidades e desejos das pessoas, e com isto alcançar seus objetivos, sua sustentabilidade e continuidade. Em outras palavras, uma empresa cria riqueza e existe para atender aos interesses da sociedade.

Uma empresa é uma entidade organizada, uma organização, com o objetivo de realizar atividades comerciais, industriais ou de prestação de serviços com fins lucrativos. É formada por pessoas físicas ou jurídicas que investem recursos financeiros e trabalham em conjunto para alcançar seus objetivos, e obter lucro.

É um sistema socioeconômico composto por pessoas, conhecimentos, métodos, processos de trabalho, tecnologias, estrutura organizacional, políticas, normas e procedimentos, que interagem entre si gerando sinergia para o atingimento de objetivos predefinidos.

Etimologicamente o vocábulo empresa “é derivado do latim prehensus, de prehendere (empreender, praticar), possui o sentido de empreendimento ou cometimento intentado para a realização de um objetivo” (SILVA 2004).

O conceito de empresa refere-se a empreendimento, associação de pessoas para exploração de um negócio. É o conjunto de atividades do empresário. A definição de uma empresa nos remete a uma atividade econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou serviços.

definicao de empresa

Qual é o negócio da empresa?

O termo “negócio da empresa” refere-se à atividade principal da empresa, ou seja, a produção e venda de bens ou serviços que gera renda e lucro. É a forma como a empresa se relaciona com seu mercado e como ela cria valor para seus clientes e para si mesma.

O negócio da empresa pode incluir a definição de seus produtos ou serviços, a identificação de seu público-alvo, a estratégia de marketing e vendas, e a gestão de sua cadeia de suprimentos e operações. É importante que a empresa compreenda claramente seu negócio e mantenha-se atualizada sobre as tendências e mudanças em seu mercado para continuar sendo competitiva e alcançar seus objetivos.

Quero saber mais sobre negócio

Empresa como um sistema sociotécnico

Chiavenato aponta a empresa como um sistema sociotécnico, “toda organização consiste em uma combinação administrativa de tecnologia e de pessoas, de tal forma que ambos os lados se acham intimamente inter-relacionados”.

Toda empresa é constituída por pessoas e as pessoas são seres sociais, possuem características físicas, psicológicas e sociais que resultam em relações sociais formais e informais. Segundo o mesmo autor, essas relações são responsáveis pela eficiência das ações da empresa.

Ao mesmo tempo, as empresas possuem instalações físicas, máquinas, equipamentos, instrumentos e tecnologia, caracterizando um sistema técnico.


Para que servem as empresas?

Numa sociedade moderna as empresas servem para diversas finalidades, dentre as quais podemos citar:

  1. Gerar lucro para os investidores: A finalidade principal de uma empresa é gerar lucro para seus proprietários ou acionistas, através da venda de produtos ou serviços.
  2. Proporcionar empregos: As empresas, como instituição social, geram empregos e ajudam a manter a economia funcionando.
  3. Fornecer bens e serviços: As empresas produzem e vendem bens e serviços que são necessários para o bom funcionamento da sociedade.
  4. Promover inovação: As empresas são um motor para a inovação, desenvolvendo novos produtos e processos que melhoram a vida das pessoas.
  5. Contribuir para a economia: As empresas pagam impostos e investem na economia, ajudando no crescimento da economia.
  6. Desempenhar um papel social: As empresas têm a responsabilidade de contribuir para a sociedade e o meio ambiente, por exemplo, por meio de programas de responsabilidade social ou sustentabilidade.

Qual o propósito de uma empresa?

Drucker explica que empresa é um órgão social e que só pode prestar contribuição à sociedade se for lucrativa. Seu propósito é gerar lucro por meio da venda de produtos ou prestação de serviços. Visa produzir ou prestar um serviço com qualidade ao menor custo praticável, e obter o lucro justo e necessário sobre a venda.

Ninguém abre uma empresa apenas porque é bonito, ou apenas para dizer que é um empresário. Quem abre uma empresa espera e precisa obter lucros do investimento realizado, para tornar a empresa visável do ponto de vista financeiro.

O propósito de uma empresa é fornecer bens ou serviços para atender às necessidades e desejos dos consumidores, a fim de gerar lucro para seus proprietários ou acionistas. Além disso, muitas empresas têm como propósito desempenhar um papel positivo na sociedade e no meio ambiente, contribuir para o desenvolvimento econômico e social e oferecer oportunidades de emprego e desenvolvimento de talentos para seus funcionários.

O propósito de uma empresa pode ser formalmente definido em sua missão e valores, que guiam suas decisões e ações, servindo como referência para o desenvolvimento e implementação do seu planejamento estratégico.

Quais são os três propósitos básicos das empresas?

Os três propósitos básicos de uma empresa são:

  • Gerar lucro: O objetivo principal de uma empresa é maximizar seus lucros ao longo do tempo, garantindo a continuidade de seu negócio e o crescimento sustentável.
  • Satisfazer necessidades dos consumidores: Uma empresa precisa oferecer bens ou serviços que atendam às necessidades e desejos dos consumidores de forma eficiente e eficaz.
  • Cumprir responsabilidades sociais: As empresas têm uma responsabilidade social de contribuir para a sociedade e meio ambiente, seguindo práticas éticas e responsáveis e cumprindo as leis e regulamentos aplicáveis.

Quais são os objetivos de uma empresa?

Os objetivos das empresas podem variar de acordo com a sua natureza e escopo de suas atividades, mas alguns objetivos comuns incluem:

  1. Explorar um determinado ramo de negócio promissor e lucrativo;
  2. Gerar lucro: Muitas empresas têm como objetivo principal gerar lucro para seus proprietários ou acionistas.
  3. Produzir bens ou prestar serviços de qualidade a preço justo, e que satisfaçam a necessidade, anseio e vontade da sociedade;
  4. Produzir e atuar com responsabilidade e sustentabilidade;
  5. Atrair e manter talentos;
  6. Capacitar, valorizar e motivar seus colaboradores;
  7. Desenvolver e potencializar prestadores de serviço e fornecedores;
  8. Satisfazer as necessidades e anseios dos clientes;
  9. Atuar com qualidade, prazo, custo e segurança;
  10. Liderança de mercado: buscam estabelecer-se como líderes de mercado por meio de inovação, qualidade e serviço ao cliente.

Qual é o conceito legal de empresa?

A Lei nº 4.137, de 10 de setembro de 1962, em seu artigo 6º, que dispõe sobre a repressão ao abuso do poder econômico, revogada pela Lei nº 8.884, de 11 de junho de 1994, refere-se a empresa como: “toda organização de natureza civil ou mercantil, destinada à exploração, por pessoa física ou jurídica, de qualquer atividade com fins lucrativos”.

O conceito de empresa no Código Civil Brasileiro não é especificado, mas sim o de empresário em seu artigo 966, inspirando-se no artigo 2.082 do Código Civil italiano, assim: “Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços”.

Definição de Empresário

O Código Civil Brasileiro, Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002, não define a empresa, mas sim o empresário em seu artigo 966, inspirando-se no artigo 2.082 do Código Civil italiano, assim:

Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços. Empresário é uma pessoa que inicia, administra e controla uma empresa ou negócio com o objetivo de obter lucro.

Um empresário é responsável por tomar decisões estratégicas, gerenciar os recursos e liderar a equipe. Além disso, é responsável por identificar oportunidades de mercado, tomar riscos calculados e implementar soluções inovadoras para garantir o sucesso da empresa.

Definição de Empreendedor

A origem da palavra, empreendedor, leva-nos há 800 anos atrás, com o verbo francês entreprendre, que significa, fazer algo. Uma das primeiras definições da palavra empreendedor foi elaborada no início do século XIX pelo economista francês J.B. Say, como aquele que “transfere recursos econômicos de um setor de produtividade mais baixa para um setor de produtividade mais elevada e de maior rendimento” (DRUCKER 1987).

No final do século XVIII, empreendedor passou a indicar a pessoa que criava e conduzia projetos e empreendimento. Nessa época o termo se referia as pessoas que compravam matérias-primas (um produtor agrícola) e as vendiam a terceiros, depois de processá-las, apresentando, portanto, uma oportunidade de negócios e assumindo riscos.

Um empreendedor é uma pessoa que toma riscos calculados para iniciar ou gerir um negócio, buscando lucro e crescimento. Eles são geralmente visionários e inovadores, buscando identificar oportunidades de mercado e transformá-las em sucesso empresarial.

O que é administração empresarial?

A administração empresarial é o processo de planejar, organizar, liderar e controlar recursos (pessoas, financeiros, materiais, tecnológicos, etc.) para alcançar os objetivos da empresa. É a aplicação de princípios, técnicas e ferramentas gerenciais para maximizar a eficiência e eficácia do negócio, alcançar resultados positivos e maximizar a satisfação dos stakeholders.

A administração é fundamental para o sucesso e a sobrevivência a longo prazo de uma empresa, permitindo-lhe alcançar seus objetivos, maximizar recursos e melhorar continuamente. É uma habilidade importante para líderes em todos os setores, pois permite que eles planejem e alcancem metas de maneira eficiente, gerenciem recursos de maneira eficaz e motivam suas equipes para atingir seus objetivos. Além disso, a administração também é crucial para a tomada de decisões estratégicas e para a solução de problemas complexos.

Quero saber mais sobre administração

O que é atividade empresarial?

A atividade empresarial é uma atividade econômica/ lucrativa realizada com habitualidade/ profissionalismo e de forma organizada, desde que não seja intelectual, científica ou artística e não seja realizada por cooperativa.

Código Civil Art. 966 – Atividade Empresarial

Art. 966. Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços. Parágrafo único. Não se considera empresário quem exerce profissão intelectual, de natureza científica, literária ou artística, ainda com o concurso de auxiliares ou colaboradores, salvo se o exercício da profissão constituir elemento de empresa.

Art. 982. Salvo as exceções expressas, considera-se empresária a sociedade que tem por objeto o exercício de atividade própria de empresário sujeito a registro (art. 967); e, simples, as demais. Parágrafo único. Independentemente de seu objeto, considera-se empresária a sociedade por ações; e, simples, a cooperativa.


O que caracteriza uma empresa?

As principais características de uma empresa incluem:

  1. Finalidade econômica: Uma empresa é uma organização criada com o objetivo de produzir bens e serviços com o propósito de geração de lucro para seus investidores.
  2. Estrutura organizacional: Uma empresa tem uma estrutura organizacional clara, com divisões, departamentos, cargos e responsabilidades definidas.
  3. Recursos financeiros: Uma empresa tem recursos financeiros próprios e pode obter financiamento de fontes externas.
  4. Pessoal: Uma empresa é composta por funcionários que trabalham para atingir seus objetivos.
  5. Produtos ou serviços: Uma empresa produz bens ou presta serviços para seus clientes.
  6. Gestão: Uma empresa é administrada por uma equipe de gestão empresarial responsável por tomar decisões estratégicas e gerenciar seus recursos.
  7. Responsabilidade jurídica: Uma empresa tem responsabilidade jurídica própria, ou seja, é considerada uma entidade jurídica distinta de seus proprietários ou acionistas.
  8. Responsabilidade social: Uma empresa tem responsabilidade social de atuar de maneira ética e sustentável e de contribuir para a sociedade e o meio ambiente.

Quais são os tipos de empresas?

Podemos classificar as empresas de acordo com sua titularidade, setor econômico, constituição e porte:

1. Quanto a titularidade do capital:

Quanto à titularidade as empresas podem classificadas como:

  • Pública: A empresa pública é oriunda de órgãos governamentais, podendo ser municipal, estadual ou federal. Seu capital é 100% público, sem participação de capital privado.
  • Privada: A empresa privada é uma firma individual ou de sociedade, onde o capital social é de origem particular, ou seja, não governamental.
  • Mista: É a junção das empresas públicas com as empresas privadas. Neste caso, a empresa pública detém a maior parte das ações, assumindo os controles administrativos, cabendo a empresa privada os serviços de utilidade pública.

2. Quanto ao setor econômico:

Quanto ao setor econômico as empresas podem ser do:

  • Setor Primário: envolve a extração e/ou produção de matérias-primas, como o milho, o carvão, a madeira ou o ferro. Exemplos de trabalhadores do setor primário podem ser um mineiro de carvão e um agricultor.
  • Setor Secundário: envolve a transformação de matérias-primas em bens, como a fabricação de aço para carros ou têxteis para roupas. Exemplos de trabalhadores do setor secundário podem ser um construtor civil e um costureiro.
  • Setor Terciário: envolve o fornecimento de serviços a consumidores e/ou empresas, como empregado doméstico, o cinema ou o bancário. Exemplos de trabalhadores do setor terciário podem ser um lojista e um contabilista.

3. Quanto a constituição jurídica:

Quanto a sua constituição as empresas podem ser do tipo:

  • Empresário Individual: Exerce em nome próprio uma atividade empresarial. Atua individualmente, sem sociedade. Sua responsabilidade é ilimitada (responde com seus bens pessoais pelas obrigações assumidas com a atividade empresarial).
  • MEI – Microempreendedor Individual: é o empresário individual com receita bruta anual até R$ 81.000,00. Pode ter no máximo 01 (um) empregado que receba exclusivamente o piso da categoria profissional.
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – EIRELI: Atuação individual – sem sócios. Responsabilidade do empresário é limitada ao capital social (valor do investimento, em dinheiro ou bens).
  • Sociedade Empresária: Neste tipo de empresa é possível a atuação coletiva entre dois ou mais sócios, sendo sua responsabilidade limitada ao capital social.
    • Deverá adotar uma das espécies de sociedade existentes (Sociedade S/A, Sociedade Limitada – LTDA, etc.).
    • A espécie de sociedade empresária mais adotada no Brasil é a Sociedade Limitada (LTDA.), por ser mais simples e pela proteção ao patrimônio pessoal dos sócios.
  • Sociedade Simples: Empresa com atuação Coletiva, ou seja, 02 (dois) ou mais sócios.
    • A Sociedade Simples é uma pessoa jurídica para a prestação de serviços de profissão intelectual, de natureza científica, artística ou literária, sem elemento de empresa (ex. médicos, dentistas, engenheiros, arquitetos, etc.).

4. Quanto ao porte:

Quanto a seu porte as empresas podem ser do tipo:

  • Microempresa (ME): Conforme a Lei Complementar 123, de 2006, o porte micro diz respeito às empresas que faturam no máximo R$ 360 mil por ano.
  • Empresa de Pequeno Porte (EPP): É a empresa que fatura acima de R$ 360 mil por ano até o limite de R$ 3,6 milhões anuais.
  • Empresas de médio e grande porte: Para a classificação de portes de empresas maiores, os órgãos públicos e de fiscalização utilizam diferentes critérios, como de número de funcionários. O Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), por exemplo, usa o critério de faturamento.

Estrutura Empresarial

A estrutura empresarial é a forma como os funcionários de uma empresa são organizados, seja por departamento, função ou cargo. A estrutura empresarial mostra as relações e hierarquias que compõem uma empresa. Essas estruturas ajudam a organização das seguintes formas:

  • Oferecem aos funcionários uma rápida visão geral sobre a empresa como um todo e mostra onde suas funções se encaixam, e com quem se relacionam na companhia;
  • Define os relacionamentos hierárquicos;
  • Mostra as relações entre os diversos departamentos;
  • Melhora a comunicação entre as partes.

A estrutura empresarial típica é formada por uma pirâmide, onde no topo estão os cargos de direção (diretores), no meio os cargos gerenciais (gerentes) e na base estão a equipe operacional. A estrutura organizacional em forma piramidal mencionada é conhecida como estrutura organizacional linear ou hierárquica. Além dessa estrutura existem outras como:

  • Estrutura organizacional funcional;
  • Estrutura organizacional matricial;
  • Estrutura organizacional horizontal;
  • Estrutura organizacional circular ou radial.

Como funcionam uma empresa?

De formal geral, o funcionamento de uma empresa se baseia no desenvolvimento e comercialização de um produto ou serviço que atenda a demanda do mercado, de acordo com os requisitos e expectativas do cliente, a fim de obter sua satisfação e pagamento justo pelo produto ofertado.

O funcionamento das empresas depende de muitos fatores, como o tipo de negócio, tamanho, objetivos e cultura da organização. No entanto, existem alguns processos comuns que acontecem na maioria das empresas:

  • Planejamento estratégico: é através do planejamento estratégico que a direção da empresa define a missão, visão e valores da empresa, assim como seus objetivos estratégicos e as estratégias empresariais para alcançá-los.
  • Organização: através da organização a direção da empresa define as funções, responsabilidades e relações hierárquicas entre os departamentos e funcionários, a fim de colocar em prático seu plano estratégico.
  • Marketing e venda – Visa identificar e antecipar as necessidades dos clientes e efetuar as vendas, que sustentarão o negócio empresarial.
  • Operações: através de suas operações as empresas realizam suas atividades diárias, como produção, entregas e atendimento ao cliente, etc.
  • Controle de qualidade: através do controle da qualidade a empresa monitora e avalia suas operações para garantir que estejam alinhadas aos objetivos e metas definidos, e as expectativas dos clientes.
  • Inovação: as empresas buscam constantemente formas de melhorar suas operações e oferecer produtos e serviços melhores a seus clientes, com o objetivo de manterem-se no mercado.

Qual a importância da empresa?

As empresas são importantes não só para seus proprietários más também para sociedade como um todo por vários motivos, incluindo:

  • Geração de emprego e renda: As empresas são responsáveis por criar empregos e gerar renda para muitas pessoas, o que é fundamental para a economia de um país.
  • Produção de bens e serviços: As empresas são as principais responsáveis pela produção de bens e serviços, que são necessários para a vida das pessoas.
  • Inovação: As empresas são importantes para a inovação e crescimento econômico, uma vez que são responsáveis por investir em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e tecnologias.
  • Contribuição para Economia do País: As empresas são uma parte importante da economia de um país, contribuindo para o Produto Interno Bruto (PIB) através da produção de bens e serviços.
  • Desenvolvimento social: As empresas podem ter um impacto positivo na sociedade, promovendo o bem-estar social e o desenvolvimento sustentável.

Conclusão

Uma empresa é uma instituição econômica fundamental para a economia moderna, desempenhando um papel importante na produção, distribuição e consumo de bens e serviços. Suas estruturas, objetivos e características variam, mas todas buscam maximizar seus lucros, satisfazer as necessidades dos consumidores e cumprir suas responsabilidades sociais.

As empresas são mais do que simples organizações comerciais, mas sim parte integrante da sociedade e responsáveis por promover o desenvolvimento econômico e social. Por isso, é importante compreender o conceito de empresa e sua relevância para a sociedade e economia.

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Sou um profissional com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Inscreva-se em nossa Newsletter e junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissional.

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Conceitos, Definições, Constituição e Tipos de Organizações

Estabelecimento Empresarial: Conceitos e Definições

Planejamento Empresarial: O Que é, Conceitos, Os 3 Tipos planos e Como Fazer

Estratégia Empresarial:O que é? Conceito, Quais são, Como fazer?

Dados para Citação em Trabalhos

MARCONDES, José Sérgio (03 de abril de 2019). Empresa: O que é? Objetivos, Conceitos e Tipos de Empresa. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada:https:<//gestaodesegurancaprivada.com.br/empresa-o-que-eobjetivo-conceitos/> – Acessado em (inserir data do acesso).

Referências Bibliográficas

CHIAVENATO, Idalberto. Administração, teoria, processo e prática. São Paulo: Makron Books, 1994.

DRUKER, Peter. A administração na próxima sociedade. São Paulo: Nobel, 2002.

Portal Sebrae Tipos de Empresas – http://www.sebrae.com.br//sites/PortalSebrae/ufs/sp/conteudo_uf/quais-sao-os-tipos-de-empresas,af3db28a582a0610VgnVCM1000004c00210aRCRDE- Acessado em 25/03/19.

Portal Sebrae Como abrir uma empesa -http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/passo-a-passo-para-o-registro-da-sua-empresa,665cef598bb74510VgnVCM1000004c00210aRCRD-> Acessado em 03/04/2019

SILVA,De Plácido e. Noções práticas de directo comercial. Rio de Janeiro.

Forense, 1996. ANSOFF, H. Igor. A nova estratégia empresarial. São Paulo: Atlas 1993.

DRUCKER, Peter Ferdinand. Inovação e espírito empreendedor. São Paulo: Pioneira, 1987.

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

10 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Davi Moraes!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  2. Olá Edmar!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  3. Olá Samia HOlanda!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso

  4. Olá Hernandes!
    Postado dia 03 de abr de 2019
    Forte abraço e sucesso.

  5. Olá Clóvis!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.