- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Supervisor de Segurança Patrimonial: O que Faz Funções e Responsabilidades

Saiba tudo sobre o Supervisor de Segurança Patrimonial: suas responsabilidades, habilidades necessárias e como se destacar nesta função essencial para segurança

Um Supervisor de Segurança Patrimonial tem a função central de supervisionar, coordenar e gerir a equipe de segurança responsável por proteger um determinado patrimônio, como edifícios comerciais, fábricas ou condomínios residenciais. Suas responsabilidades abrangem uma série de atividades e tarefas essenciais para garantir a segurança e a integridade do local e das pessoas que o frequentam.

Imagine um cenário em que a segurança de seu patrimônio está em risco, onde incidentes como roubos, vandalismo ou invasões podem ocorrer a qualquer momento. Nesse contexto, surge a figura do Supervisor de Segurança Patrimonial, um profissional essencial cujo papel é crucial na proteção de bens e pessoas.

No entanto, a falta de compreensão sobre as responsabilidades e competências desse supervisor muitas vezes leva a falhas na gestão da segurança, colocando em perigo não apenas o patrimônio material, mas também a segurança pessoal e a tranquilidade dos envolvidos.

É diante desse desafio que exploramos neste artigo o cargo de Supervisor de Segurança Patrimonial. Desde suas funções e responsabilidades até as estratégias para se tornar um profissional bem-sucedido nessa área. Prepare-se para descobrir o papel essencial desse profissional e entender como sua atuação pode garantir a integridade do patrimônio em diferentes contextos.

Por José Sergio Marcondes – Postado 07/12/2021 atualizado 15/05/2024

O que é um Supervisor de Segurança Patrimonial?

O Supervisor de Segurança Patrimonial é o profissional que ocupa o cargo de supervisão na área de segurança patrimonial, responsável por supervisionar outros profissionais enquanto estes realizam suas atividades.

A supervisão implica em orientações individualizada e imediata aos colaboradores, bem como o acompanhamento e controlo sobre qualquer tarefa ou trabalho para verificar se estão sendo feitas de acordo com os planos e políticas da organização

O Supervisor de Segurança Patrimonial desempenha um papel crucial na gestão da segurança em diversos contextos, responsável por operacionalizar, supervisionar e coordenar os trabalhos das equipe de segurança que protege um determinado patrimônio, seja ele um edifício comercial, uma fábrica ou um condomínio residencial.

O que faz um Supervisor de Segurança Patrimonial?

Um Supervisor de Segurança Patrimonial tem a função central de supervisionar, coordenar e gerir a equipe de segurança responsável por proteger um determinado patrimônio, como edifícios comerciais, fábricas ou condomínios residenciais. Suas responsabilidades abrangem uma série de atividades e tarefas essenciais para garantir a segurança e a integridade do local e das pessoas que o frequentam.

O Papel do Supervisor de Segurança Patrimonial é supervisionar as atividades diárias dos agentes da segurança patrimonial sob sua responsabilidade, que atuam na linha de frente, zelando pela eficiência das suas atividades diárias. Esse processo envolve certificar-se de que os membros da equipe sob sua supervisão tenham o conhecimento, a habilidade e recursos necessários para produzir os serviços a eles solicitados.

O Papel do Supervisor de Segurança como líder

No exercício das suas atribuições o supervisor de segurança patrimonial deve agir de forma agregadora, educativa e apoiadora, deve ser visto por seus subordinados como alguém que lhes dará apoio e orientações em suas atividades diárias e não como um fiscal carrasco, que só aparece para achar defeitos e aplicar punições. O cargo de supervisão está diretamente relacionado à liderança, a capacidade de motivar e desenvolver pessoas.

Como supervisor, é responsável por transmitir aos subordinados instruções claras e garantir que eles entendam o trabalho. Deve identificar os problemas e corrigi-los antes que o desempenho dos funcionários seja prejudicado ainda mais. Ele também deve tratar os funcionários com justiça e defender seus interesses junto a administração da empresa.

Como líder, seu papel essencial é garantir que a equipe de segurança opere de maneira eficaz, coesa e alinhada com os objetivos de segurança do local. Um supervisor eficaz deve ser capaz de inspirar, motivar e orientar sua equipe, promovendo um ambiente de trabalho colaborativo e produtivo.

Qual é a Função do Supervisor de Segurança Patrimonial?

O Supervisor de Segurança Patrimonial desempenha uma função essencial na manutenção da segurança e proteção de patrimônios, sejam eles edifícios comerciais, fábricas ou condomínios residenciais. Suas responsabilidades vão além da supervisão direta da equipe de segurança, abrangendo planejamento operacional, gestão e cumprimento de normas e regulamentações.

Principais Atividades e Responsabilidades do Supervisor de Segurança Patrimonial:

  1. Supervisão da Equipe de Segurança:
    • Coordenar as atividades diárias dos agentes de segurança, garantindo que todos estejam cumprindo suas funções de maneira eficiente.
    • Assegurar que a equipe esteja bem treinada e equipada para lidar com diversas situações de segurança.
  2. Planejamento e Implementação de Planos de Segurança:
  3. Realização de Inspeções e Auditorias:
    • Conduzir inspeções regulares para identificar possíveis vulnerabilidades e inconformidades, garantindo que todas as normas e procedimentos de segurança estejam sendo seguidos.
    • Avaliar a eficácia das medidas de segurança implementadas e fazer ajustes conforme necessário.
  4. Gestão de Ocorrências e Emergências:
    • Registrar e relatar todas as ocorrências de segurança, desde pequenos incidentes até situações de emergência.
    • Responder rapidamente a emergências e coordenar a atuação da equipe de segurança durante esses eventos.
  5. Elaboração de Relatórios:
    • Documentar todas as atividades de segurança, incluindo inspeções, incidentes e medidas tomadas.
    • Fornecer relatórios detalhados à administração ou aos responsáveis pelo local, destacando pontos de atenção e sugestões de melhorias.
  6. Cumprimento de Normas e Regulamentações:
    • Assegurar que todas as operações de segurança estejam em conformidade com leis e regulamentos aplicáveis.
    • Manter-se atualizado sobre mudanças nas regulamentações e adaptar as práticas de segurança conforme necessário.
  7. Gestão de Recursos e Equipamentos:
    • Gerir os recursos disponíveis, garantindo que os equipamentos de segurança, como câmeras, alarmes e sistemas de controle de acesso, estejam funcionando corretamente.
    • Propor a aquisição de novos equipamentos ou tecnologias que possam melhorar a segurança do local.
  8. Treinamento e Desenvolvimento da Equipe:
    • Organizar e conduzir treinamentos regulares para a equipe de segurança, abordando novos procedimentos, tecnologias e práticas de segurança.
    • Promover o desenvolvimento profissional contínuo da equipe.
  9. Interação com Outros Departamentos:
    • Colaborar com outros departamentos ou setores para garantir uma abordagem integrada de segurança.
    • Coordenar com a administração para alinhar as políticas de segurança com os objetivos e necessidades gerais do local.

Importância do Supervisor de Segurança Patrimonial

O Supervisor de Segurança Patrimonial desempenha um papel fundamental na manutenção da segurança e proteção do patrimônio de uma pessoa ou organização. Sua importância reside em diversos aspectos:

  • Coordenação e Supervisão da Equipe: O supervisor garante que a equipe de segurança opere de forma eficiente e eficaz, garantindo a proteção do patrimônio e das pessoas que frequentam o local.
  • Implementação de Políticas e Procedimentos: Ele assegura que todas as políticas e procedimentos de segurança sejam seguidos rigorosamente pela equipe, reduzindo assim o risco de incidentes e garantindo a conformidade com regulamentos e normas.
  • Treinamento e Desenvolvimento: O supervisor fornece orientação e treinamento contínuo à equipe de segurança, garantindo que eles estejam atualizados sobre as melhores práticas e técnicas de segurança.
  • Gestão de Recursos: O supervisor é responsável pela alocação adequada de recursos, como pessoal, equipamentos e tecnologia, para garantir uma cobertura eficaz da segurança do patrimônio.
  • Resolução de Problemas: Ele lida com questões operacionais e resolve problemas relacionados à segurança de forma rápida e eficiente, minimizando qualquer impacto negativo no patrimônio ou nas operações da empresa.
  • Comunicação e Relacionamento: Ele serve como ponto de contato entre a equipe de segurança, a administração da empresa e outros departamentos, comunicando efetivamente questões de segurança e colaborando em ações preventivas.
  • Interface com o Cliente: O Supervisor de Segurança Patrimonial atua como ponto de contato direto com os clientes, fornecendo informações, esclarecimentos e soluções para suas preocupações ou solicitações relacionadas à segurança, contribuindo para a satisfação do cliente.

Qual o salário do Supervisor de Segurança Patrimonial?

O salário de um supervisor de segurança patrimonial pode variar significativamente dependendo de vários fatores, incluindo localização geográfica, experiência, nível de educação, setor de atuação e tamanho da empresa.

No Brasil, a média salarial para o cargo de Supervisor de Segurança Patrimonial é de aproximadamente R$ 3.698 por mês. No entanto, esse valor pode variar consideravelmente, podendo chegar a valores mais altos em regiões metropolitanas ou em empresas de grande porte, e ser menor em áreas com custo de vida mais baixo ou em empresas menores.

Em algumas empresas, benefícios como plano de saúde, vale-refeição e bônus por desempenho também podem ser oferecidos, o que pode impactar o pacote total de remuneração do supervisor de segurança patrimonial.

Supervisor de Segurança Patrimonial

Como ser um Supervisor de Segurança Patrimonial Bem-sucedido?

Para se tornar um supervisor de segurança patrimonial bem-sucedido, é fundamental desenvolver uma combinação de habilidades técnicas, competências interpessoais e um compromisso contínuo com o autodesenvolvimento e a atualização profissional. A seguir, dicas e estratégias para alcançar o sucesso nessa função.

  1. Capacitação e Formação Contínua
    • Educação Formal: Invista em cursos de formação e certificações na área de segurança, como gestão de segurança, prevenção de perdas, e tecnologias de segurança.
    • Treinamentos Especializados: Participe de treinamentos específicos sobre novos equipamentos e técnicas de segurança, como controle de acesso, vigilância eletrônica e resposta a emergências.
    • Atualização Constante: Mantenha-se atualizado sobre as melhores práticas e inovações tecnológicas na área de segurança.
  2. Desenvolvimento de Habilidades Interpessoais
    • Liderança: Desenvolva habilidades de liderança para motivar e orientar sua equipe. Seja um exemplo a ser seguido, demonstrando profissionalismo e integridade.
    • Comunicação: Aperfeiçoe suas habilidades de comunicação, tanto verbal quanto escrita, para transmitir instruções claras e efetivas e para elaborar relatórios precisos.
    • Gestão de Conflitos: Aprenda a resolver conflitos de maneira justa e eficaz, promovendo um ambiente de trabalho harmonioso.
  3. Gestão Operacional Eficiente
    • Supervisão Ativa: Esteja presente e envolvido nas operações diárias, supervisionando a equipe e garantindo que as políticas e procedimentos de segurança sejam seguidos.
    • Uso Eficiente de Recursos: Gerencie os recursos disponíveis, incluindo pessoal, equipamentos e numerários, de maneira eficiente para maximizar os resultados e minimizar os custos.
  4. Cumprimento de Normas e Regulamentações
    • Conformidade: Assegure que todas as operações de segurança estejam em conformidade com as políticas, normas, cláusulas contratuais e legislação pertinente.
  5. Desenvolvimento Profissional da Equipe
    • Treinamentos Regulares: Organize treinamentos regulares para a equipe, focando em novas técnicas, tecnologias e procedimentos de segurança.
    • Mentoria e Orientação: Ofereça orientação e mentoria para ajudar os membros da equipe a desenvolverem suas habilidades e crescerem profissionalmente.
    • Feedback Constante: Forneça feedback construtivo regularmente, ajudando a equipe a melhorar seu desempenho e a corrigir falhas.

Ser um supervisor de segurança patrimonial bem-sucedido requer um planejamento de carreira bem estruturado, compromisso contínuo com o desenvolvimento pessoal e profissional, além de uma abordagem estratégica e prática para a gestão da segurança.

Conclusão

Na conclusão deste artigo, reafirmamos a importância vital do Supervisor de Segurança Patrimonial na proteção de bens e pessoas. Exploramos suas responsabilidades, desde a supervisão da equipe até o planejamento operacional da segurança. Agora, você está munido com o conhecimento necessário para se destacar nessa função crucial.

O aprendizado não para por aqui! Para aprimorar ainda mais suas habilidades de supervisão, convido você a ler nosso próximo artigo: “Como ser um Bom Supervisor: As 8 Habilidades Fundamentais“. Descubra como desenvolver as competências essenciais para liderar com excelência e alcançar o sucesso na supervisão.

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Especialista em segurança com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissional.

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Supervisão: O que é, Conceitos, Definições, Tipos, Papel e Princípios

Importância da Supervisão para as Organizações Empresariais

Principais Funções do Supervisor para Liderar Equipes de Sucesso nas Organizações

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (07 de dezembro de 2021).Supervisor de Segurança Patrimonial: Funções e atribuições. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/papel-do-supervisor-de-seguranca-patrimonial/ – Acessado em (inserir data do acesso).

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

6 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Jansen Pontes!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Fico muito feliz em saber que está gostando dos artigos.
    Forte abraço e sucesso!

  2. Bom dia ,
    Excelente, Marcondes!
    Muitas, das suas publicações são iniciadas e pode ter certeza não se sabe onde chega,mas a certeza é, “estar agregando muitas cabeças e profissionais atuantes e não atuantes da área”.

    Na publicação, sabemos que,”onde se inicia ,mas não sabemos onde termina”.

    Muito bom, o conteúdo!

  3. Olá Sérgio Murilo!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  4. Li até o final fiz minha escricao,e vou começar a fazer o curso de supervisor segurança privada .já trabalho na área de segurança privada a mais de 30 anos .e achei muito interessante oq eu li sobre a importância do supervisor.

  5. Olá Moacyr Junior
    A filiação é opcional e o gestor de segurança não é obrigado a filiar. para atuar na área.
    Forte abraço e sucesso.

  6. Boa tarde Sr José Sérgio! Como sempre, artigos que contribui muito para nós da Segurança Privada. Uma dúvida , o Gestor de Segurança Privada, precisa se filiar ao conselho de administração para trabalhar, após sua formatura? E é o conselho de administração mesmo que seria ? Me corriga se estiver errado , por favor, muito obrigado.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.