- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Ocorrência de Segurança: O que é, Tipos e Exemplos

Ocorrência de Segurança refere-se a um evento indesejado e negativo, que quando ocorre pode comprometer a segurança da organização e de seus colaboradores. É qualquer evento que represente um risco, perigo ou comprometimento da segurança, colocando em perigo as pessoas, a propriedade, os ativos ou a continuidade das operações da organização.

Você já parou para refletir sobre os diversos tipos de ocorrências de segurança que podem acontecer em sua empresa? O cenário moderno exige uma compreensão profunda desses eventos, bem como estratégias eficazes para preveni-los e gerenciá-los.

Desde acidentes de trabalho, passando por ameaças cibernéticas, até assaltos, esses eventos podem ter um impacto significativo em sua organização, colocando em risco a segurança de seus colaboradores, a integridade de seus ativos e a reputação da empresa.

Neste artigo vou abordar conceitos, definições e características relacionados as ocorrências de segurança. Através de uma abordagem holística, fornecerei insights e sugestões práticas para você identificar e tratar os riscos de segurança em sua orgsnziaçõa.

Qual a Definição de Ocorrência?

Em um contexto geral, uma ocorrência pode ser definida como um evento, incidente ou situação que ocorre em determinado contexto e que requer atenção, análise ou ação.

O termo “ocorrência” é utilizado para descrever uma ampla gama de eventos em diferentes áreas e setores, e sua definição pode variar dependendo do contexto específico em que é aplicado.

Em termos gerais, uma ocorrência é considerada um desvio do normal, uma anomalia ou uma manifestação de algo fora do comum. Pode se referir a eventos positivos ou negativos, planejados ou imprevistos, relevantes ou triviais, dependendo do contexto em questão.

Em muitos casos, uma ocorrência é vista como um incidente que requer investigação, documentação e, possivelmente, uma ação corretiva. Pode envolver a quebra de uma regra, a violação de um procedimento, um acidente, uma falha, uma alteração no estado normal das coisas ou qualquer outro evento que exija atenção e resposta adequada.

A definição exata de ocorrência no contexto geral pode variar de acordo com a área de aplicação e a perspectiva adotada. É importante considerar o contexto específico e as normas, regulamentos ou práticas aceitas dentro desse contexto para ter uma compreensão mais precisa do significado e das implicações de uma ocorrência.

Quais são as Características de uma Ocorrência?

As características de uma ocorrência podem variar dependendo do contexto específico em que ela acontece. No entanto, existem algumas características comuns que podem ser identificadas na maioria das ocorrências. Aqui estão algumas delas:

  • Eventualidade: uma ocorrência é um evento que acontece em um determinado momento, seja planejado ou não. Ela pode ocorrer de forma imprevista ou ser o resultado de uma sequência de eventos.
  • Desvio do normal: uma ocorrência é geralmente considerada um desvio do estado normal ou esperado das coisas. Pode ser um evento não planejado, uma falha de processo, uma violação de procedimento ou qualquer outra situação que se afaste do funcionamento típico ou desejado.
  • Relevância: é relevante o suficiente para requerer atenção, análise e ação. Ela pode ter um impacto direto ou indireto nas operações, na segurança, nos recursos ou nos objetivos de uma organização.
  • Registros e documentação: as ocorrências geralmente exigem registros e documentação adequados. Isso pode incluir a elaboração de um relatório de ocorrência, uma forma de documentação que permite o registro e acompanhamento da ocorrência.
  • Análise e investigação: uma ocorrência requer uma investigação para entender suas causas, consequências e fatores relacionados. A investigação pode envolver a coleta de informações, entrevistas, revisão de documentos e outros métodos para obter uma compreensão abrangente da ocorrência.
  • Resposta e ação corretiva: com base na análise e investigação, uma ocorrência geralmente leva à implementação de ações corretivas ou medidas preventivas para evitar que o evento se repita.
  • Aprendizado e melhoria contínua: as ocorrências devem servir como oportunidades de aprendizado e melhoria contínua. Ao analisar as ocorrências e implementar ações corretivas, as organizações podem identificar áreas de fraqueza, desenvolver soluções aprimoradas e fortalecer seus sistemas e processos.
Ocorrência de Segurança

Tipos de Ocorrências de Segurança

Os tipos de ocorrências de segurança podem variar dependendo do contexto em que o termo ocorrência é empregado. A seguir alguns exemplos tipos de ocorrências:

  1. Ocorrência de Segurança Pública: pode se referir a eventos que envolvem a aplicação da lei, a proteção da comunidade e a resposta a emergências. Isso pode incluir incidentes como crimes, acidentes de trânsito, incêndios, desastres naturais, ocorrências de violência, entre outros eventos que requerem a intervenção das forças de segurança pública.
  2. Ocorrência de Segurança Empresarial: é um evento que pode envolver a segurança física, a proteção de ativos ou a integridade dos processos de uma organização. Isso pode incluir eventos como roubos, assaltos, invasões, sabotagem, vandalismo, incêndios, entre outros eventos que ameacem a segurança da empresa, dos funcionários ou de suas operações.
  3. Ocorrência de Segurança do Trabalho: é qualquer evento adverso relacionado à saúde e segurança dos trabalhadores em seu ambiente laboral. Isso pode abranger incidentes como acidentes de trabalho, lesões, doenças ocupacionais, exposição a substâncias perigosas, condições inseguras, falta de equipamentos de proteção adequados.
  4. Ocorrência de Segurança de TI: refere-se a eventos relacionados a ameaças digitais e ataques virtuais. Isso pode englobar incidentes como ataques de malware, invasões de rede, tentativas de hacking, phishing, interrupções de serviços, entre outros eventos que afetam a segurança dos sistemas de TI.
  5. Ocorrência de Segurança da Informação: eventos que envolvem a proteção dos dados, informações sensíveis de uma organização. Isso pode incluir incidentes como vazamento de dados, acesso não autorizado a sistemas, violações de privacidade, perda de informações sensíveis, ataques, entre outros eventos que comprometem a confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações.

O que é uma Ocorrência de Segurança?

Uma ocorrência de segurança refere-se a um evento indesejado, ou incidente de segurança que ocorre em uma organização ou ambiente específico. Essas ocorrências podem abranger uma ampla gama de situações, desde ameaças à segurança física, incidentes de segurança da informação, acidentes de trabalho até violações de políticas de segurança.

Em geral, uma ocorrência de segurança é qualquer evento que represente um risco, perigo ou comprometimento da segurança, colocando em perigo a integridade física, a propriedade, os ativos, os dados ou a continuidade das operações da organização.

Uma ocorrência, no contexto de segurança empresarial, refere-se a um evento ou incidente que ocorre em uma empresa e que requer atenção, análise e possivelmente uma ação corretiva. Essas ocorrências podem abranger uma ampla gama de situações, desde incidentes de segurança física, como roubos, vandalismo ou intrusões, até incidentes relacionados à segurança cibernética.

Em geral, uma ocorrência de segurança é considerada um desvio indesejado ou uma anomalia em relação ao funcionamento normal de uma empresa. Esses eventos podem ter impacto direto na segurança dos funcionários, na integridade dos ativos da empresa ou na continuidade dos negócios.

Portanto, é fundamental identificar, registrar, investigar e responder adequadamente a todas as ocorrências de segurança para proteger os interesses da organização e minimizar quaisquer danos potenciais.

5 Exemplos de Ocorrência de Segurança

A seguir cinco exemplos de ocorrências de segurança:

  1. Roubo ou furto de bens materiais: inclui a ocorrência de invasão, arrombamento ou roubo de propriedade, como equipamentos, mercadorias, dinheiro, veículos ou materiais valiosos.
  2. Acidentes de trabalho: são ocorrências relacionadas à segurança ocupacional, como lesões, quedas, exposição a substâncias perigosas, acidentes envolvendo máquinas ou equipamentos, entre outros incidentes que resultam em danos físicos aos funcionários.
  3. Incidentes de segurança cibernética: envolvem ataques cibernéticos, como violações de dados, malware, phishing, ransomware, ataques de negação de serviço (DDoS) e comprometimento de sistemas de TI, que visam obter acesso não autorizado a informações ou causar danos aos recursos digitais da organização.
  4. Violação de segurança física: engloba situações em que a integridade física das instalações da organização é comprometida, como invasões, intrusões, atos de vandalismo, sabotagem, incêndios criminosos, entre outros incidentes que ameaçam a segurança e a proteção do ambiente organizacional.
  5. Violação de informações confidenciais: Refere-se à divulgação não autorizada de informações sensíveis da organização, como dados de clientes, segredos comerciais, informações financeiras, estratégias de negócios, entre outros, seja por meio de vazamentos, acesso não autorizado ou mau uso das informações.

Esses são apenas alguns exemplos de ocorrências de segurança. Cada organização pode enfrentar desafios específicos em termos de segurança, e é importante adaptar as medidas de prevenção e resposta às ocorrências de acordo com as necessidades e os riscos específicos de cada contexto.

Como Prevenir Ocorrência de Segurança?

A prevenção de ocorrências de segurança é uma parte fundamental da gestão de segurança em qualquer organização. Aqui estão algumas estratégias e medidas gerais que podem ajudar a prevenir ocorrências:

  1. Avaliação de riscos: faça uma avaliação de riscos abrangente para identificar e compreender os potenciais riscos e ameaças que a organização enfrenta. Isso ajudará a priorizar os esforços de prevenção e implementar medidas adequadas para mitigar os riscos identificados.
  2. Políticas e procedimentos claros: desenvolva e implemente políticas e procedimentos claros que abordem questões de segurança relevantes para a organização. Essas diretrizes devem ser comunicadas de forma eficaz a todos os funcionários e partes interessadas, além de serem revisadas e atualizadas regularmente.
  3. Treinamento e conscientização: forneça treinamento adequado em segurança para todos os funcionários, abrangendo tópicos relevantes, como segurança física, segurança cibernética, segurança do trabalho e outros aspectos pertinentes ao ambiente de trabalho.
  4. Controles de acesso: implemente medidas de segurança física, como sistemas de controle de acesso, câmeras de vigilância, iluminação adequada, cercas, alarmes e outras soluções para proteger as instalações e ativos da organização contra acesso não autorizado e intrusões.
  5. Proteção da informação: estabeleça políticas e práticas de segurança da informação regulares e conscientização sobre ameaças cibernéticas, a fim de proteger dados confidenciais e evitar violações de segurança.
  6. Manutenção preventiva: realize manutenção preventiva regular em equipamentos, máquinas e sistemas críticos para evitar falhas ou acidentes decorrentes de problemas de manutenção inadequada.
  7. Análise de incidentes anteriores: analise ocorrências passadas para identificar padrões, tendências e lições aprendidas. Isso ajudará a implementar medidas corretivas e preventivas para evitar a repetição de eventos indesejados.
  8. Cultura de segurança: promova uma cultura de segurança dentro da organização, incentivando os funcionários a relatar quaisquer preocupações de segurança, compartilhar boas práticas e se envolver ativamente na prevenção de ocorrências.

Como tratar uma Ocorrência de Segurança?

O tratamento de uma ocorrência envolve uma série de etapas para responder ao evento, lidar com suas consequências e evitar que se repita no futuro. Aqui estão algumas diretrizes gerais para o tratamento de ocorrências:

  • Avaliação inicial: realize uma avaliação inicial para determinar a natureza, a gravidade e o impacto do evento. Isso ajudará a estabelecer a urgência e a necessidade de intervenção imediata.
  • Isolamento e segurança: se a ocorrência envolver riscos imediatos à segurança, isole a área afetada, se necessário. Isso pode envolver a evacuação de pessoas, o bloqueio de acesso a determinadas áreas ou a implementação de medidas para mitigar riscos imediatos.
  • Notificação e comunicação: comunique a ocorrência às partes relevantes, o que pode incluir equipe de emergência, autoridades competentes ou outras partes interessadas, conforme apropriado. A comunicação clara e precisa é essencial para garantir uma resposta adequada e coordenada.
  • Coleta de informações: recolha informações relevantes sobre a ocorrência, como relatos de testemunhas, registros de eventos, registros de sistemas, fotografias ou vídeos. Quanto mais informações forem coletadas, mais detalhada será a análise posterior e a compreensão da ocorrência.
  • Análise e investigação: realize uma análise detalhada da ocorrência para identificar suas causas raiz, fatores contribuintes e possíveis lacunas nos processos ou sistemas existentes. Isso pode envolver revisão de procedimentos, análise de dados, entrevistas e outras técnicas de investigação.
  • Ação corretiva e preventiva: com base na análise da ocorrência, desenvolva e implemente ações corretivas e preventivas apropriadas. As ações corretivas visam tratar diretamente as causas e as consequências da ocorrência, enquanto as ações preventivas visam evitar que a ocorrência se repita no futuro.
  • Monitoramento e acompanhamento: monitore a eficácia das ações corretivas e preventivas implementadas e faça os ajustes necessários conforme necessário. É importante acompanhar de perto a situação para garantir que as medidas adotadas estejam resolvendo o problema de forma adequada e sustentável.
  • Aprendizado e melhoria contínua: use a ocorrência como uma oportunidade de aprendizado para melhorar continuamente os processos, sistemas e práticas de segurança da organização. Analise as lições aprendidas, compartilhe informações relevantes com a equipe e promova uma cultura de melhoria contínua.

Vale ressaltar que o tratamento de uma ocorrência pode variar dependendo do contexto específico e da natureza do evento.

Qual a Importância de Registrar as Ocorrências de Segurança?

O registro de ocorrência de segurança é um processo fundamental na gestão da segurança da organização. O objetivo principal do registro de ocorrência de segurança é documentar de forma precisa e completa as informações relacionadas a cada evento. Isso inclui dados como data, hora, local, descrição do evento, pessoas envolvidas, testemunhas, danos causados, ações tomadas e outras informações relevantes.

Ao registrar as ocorrências de segurança, a organização cria um registro histórico que permite a análise, investigação e monitoramento de eventos de segurança. Além disso, o registro serve como base para a tomada de decisões informadas, a implementação de medidas corretivas, o monitoramento do desempenho das medidas de segurança e a avaliação de conformidade com regulamentos e normas aplicáveis.

O formato do registro de ocorrência de segurança pode variar de acordo com a organização. Pode ser um documento físico, um sistema eletrônico, um formulário online ou um software específico de gerenciamento de ocorrências.

O importante é que o registro seja organizado e acessível as partes interessadas, e contenha informações suficientes para permitir uma análise adequada e uma resposta eficaz às ocorrências de segurança.

Em resumo, o registro adequado das ocorrências de segurança é essencial para análise, investigação, tomada de decisão informada, monitoramento, conformidade regulatória, comunicação, lições aprendidas e melhoria contínua. Ele desempenha um papel fundamental na proteção da organização, na redução de riscos e na garantia de um ambiente seguro para funcionários, clientes e ativos.

Conclusão

Ao longo deste artigo, foi abordado os conceitos de ocorrência de segurança e a importância de compreender e lidar adequadamente com esses eventos. Abordei as definições, características e exemplos de ocorrências de segurança, abrangendo áreas como segurança física, segurança do trabalho e segurança da informação.

Ficou evidente que a prevenção é a chave para mitigar os riscos associados a essas ocorrências. Investir em medidas preventivas, como avaliação de riscos, treinamentos regulares, implementação de políticas de segurança e conscientização dos funcionários, é fundamental para proteger sua empresa e sua equipe.

Além disso, abordei a importância do registro adequado das ocorrências de segurança. Ao documentar esses incidentes de forma detalhada, você cria um histórico valioso que permite análises aprofundadas, identificação de tendências, implementação de melhorias contínuas e tomada de decisões informadas.

Para lhe ajudar no tratamento correto das ocorrências de segurança sugiro a leitura do meu artigo sobre Gerenciamento de Ocorrência na Segurança, onde você terá acesso a vários insights sobre como gerir ocorrência de forma correta que irão ajudá-lo na melhoria da segurança da sua organização.

Você Gostou do Artigo?

Se você gostou do artigo e/ou se ele foi útil para você deixe seu comentário logo abaixo e compartilhe suas opiniões conosco, contribua para enriquecer o conteúdo do artigo. Sua opinião é muito valiosa!

Aqui no Blog escrevo frequentemente artigos relacionados à Segurança privada e Gestão organizacional, visando sempre agregar conhecimento para os leitores, buscando o desenvolvimento profissional de forma que possam obter sucesso nas suas carreiras. Não perca nenhuma atualização importante!

Inscreva-se na nossa newsletter e outros dos nossos meios de aviso e seja um dos primeiros a saber das novidades.

Obrigado por ter dedicado seu tempo para leitura deste artigo! Espero que ele contribua com seu aprimoramento pessoal e profissional.

Forte abraço e sucesso!

José Sérgio Marcondes – CES
Especialista em Segurança Empresarial
Consultor em Segurança Privada
Diretor do IBRASEP

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Importância do Gerenciamento de Ocorrência na Segurança

Relatório de Ocorrência da Segurança: O que é, Para serve?

Livro de Ocorrência da Segurança Patrimonial: O que é? Como fazer?

Gerenciamento de Riscos de Segurança: O que é, seus Processos

O que é Gestão de Segurança? Quais suas Funções e Processos

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (18 de maio de 2023). Ocorrência de Segurança: O que é, Características, Tipos e Exemplos. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: – Acessado em (inserir data do acesso).

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.