- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Descubra o Conceito de Segurança: Definição, significado, tipos de Segurança e suas características

Conheça o significado abrangente do termo segurança e sua importância em diversas esferas da nossa vida cotidiana. Compreenda como esse conceito é vital.

O conceito de segurança é abrangente, não possuindo uma definição única e rígida. Sua interpretação varia de acordo com o contexto em que é aplicado. De maneira geral, podemos definir o conceito de segurança como a condição de “estar ou sentir-se protegido e livre de ameaças, riscos ou perigos”.

Segurança é uma daquelas palavras amplamente utilizadas em nosso dia a dia, carregando diversos significados dependendo de sua aplicação e contexto. Ao refletirmos sobre essa palavra, talvez não consigamos defini-la exatamente, mas compreendemos sua relevância para nossa sobrevivência e bem-estar.

É uma das expressões mais frequentemente empregadas em nosso cotidiano, assumindo diferentes significados conforme o contexto em que é inserida. Quando mencionamos segurança, a primeira ideia que surge é a proteção contra perigos e ameaças, seja em um nível pessoal ou coletivo. Nesse contexto, a segurança se revela um tema fundamental em qualquer sociedade, pois todos anseiam por viver em um ambiente tranquilo e resguardado.

Neste artigo, exploraremos as principais definições, termos e aplicações da segurança em nossa sociedade, destacando sua importância para o bem comum. Ao final desta leitura, espera-se que você obtenha uma compreensão mais abrangente sobre o tema e sua relevância em nossas vidas cotidianas.

Por José Sergio Marcondes – Postado 16/04/2019 – Atualizado 14/01/2024

Qual é o Conceito de Segurança?

O conceito de segurança é abrangente e não possui um único significado definido. Sua interpretação varia conforme o contexto em que é considerado. Em linhas gerais, pode-se definir o conceito de segurança como a condição de “estar ou sentir-se protegido e livre de ameaças, riscos ou perigos”.

O conceito ideal de segurança engloba a implementação integrada de políticas, estratégias, práticas e tecnologias. Esses elementos atuam de maneira sinérgica, formando uma abordagem holística. Além disso, a conscientização e a educação sobre segurança são componentes essenciais. A participação ativa e a adoção de boas práticas de segurança por parte de indivíduos e organizações são fundamentais para evitar muitos incidentes de segurança.

Qual o Significado da Palavra Segurança?

A palavra “segurança” é um substantivo feminino que denota a ação ou efeito de segurar. Refere-se à condição de estar protegido, afastado de todo perigo, buscando mecanismos de defesa para a vida e seus direitos. Além disso, possui os significados de certeza, confiança e firmeza, sendo uma das precondições essenciais para o desenvolvimento de uma sociedade.

Conforme o dicionário Aurélio, a palavra “segurança” apresenta dois significados principais, dependendo do contexto em que é empregada. O primeiro significado é o de “certeza, confiança, firmeza”, expressando uma condição de crença e convicção em si mesmo ou em outra pessoa. O segundo significado é a “ação ou efeito de segurar; situação do que está seguro; afastado do risco/perigo”.

A definição de certeza, confiança e firmeza manifesta uma condição de algo que é seguro, certo, e que ocorrerá conforme desejado, sendo inabalável e incapaz de causar decepções. Exemplos práticos incluem situações como um aluno que se sente seguro durante a apresentação de seu trabalho para o professor, um goleiro que transmite confiança para a equipe, ou alguém confiante em suas habilidades ao dirigir na rodovia.

No contexto de proteção, a palavra “segurança” pode ser definida como o ato de defender, afastar algo ou alguém do risco ou perigo, abrigar-se do mal e procurar mecanismos de defesa para a preservação da vida e dos direitos.

Qual a Origem da Palavra Segurança?

A palavra “Segurança” tem sua origem no latim “securitas”, cujo significado remete à ausência de preocupação, confiança, tranquilidade e serenidade de ânimo. Essa palavra tem sua raiz em “securus”, que se traduz como estar sem preocupação, sem perigo e sem temor.

O termo “securus” é formado pela união de “se” (sem) e “curus” (preocupado), denotando algo livre de inquietações. Ao longo do tempo, a evolução linguística levou o termo “securitas” a adquirir a acepção de proteção, garantia, resguardo e defesa, como é conhecido nos dias atuais.

De acordo com Marco Cepik, professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, “Segurança” é definida como “uma condição relativa de proteção na qual se é capaz de neutralizar ameaças discerníveis e identificáveis contra a existência de alguém ou de alguma coisa”. Isso implica na qualidade ou estado de estar seguro, indicando a capacidade de enfrentar e neutralizar ameaças específicas de maneira discernível.

Termos Relacionados à Segurança

Perigo é um estado ou situação em que existe a possibilidade de ocorrer um evento desfavorável, prejudicando a integridade física, emocional ou material de uma pessoa ou grupo. Pode ser ocasionado por diversos fatores, como condições ambientais adversas, atividades perigosas, produtos químicos, acidentes de trânsito, entre outros.

Risco: risco é uma medida da probabilidade de um evento indesejável ocorrer, associado ao potencial de perdas e consequências negativas que pode acarretar. O risco é determinado pela combinação da probabilidade de ocorrência de um evento e a gravidade de suas consequências. Portanto, quanto maior a probabilidade e a gravidade, maior é o risco envolvido.

Ameaça: Ameaça é um fator ou evento que pode colocar em risco a integridade ou a continuidade de um sistema, pessoa ou organização. Em outras palavras, é qualquer situação, condição ou ato que possa prejudicar ou comprometer a segurança de algo ou alguém. Essas ameaças podem ser naturais ou resultar de ações humanas, como desastres naturais, ataques cibernéticos, roubo de informações, terrorismo, entre outros.

Vulnerabilidade: Vulnerabilidade refere-se a pontos fracos em um sistema, infraestrutura, pessoa ou organização que podem ser explorados por ameaças, resultando em perigos ou riscos. Esses pontos fracos podem incluir falhas, falta de treinamento, fraquezas físicas em uma infraestrutura, entre outros. A identificação e a mitigação de vulnerabilidades são fundamentais para garantir a proteção de uma pessoa, sistema ou organização.

Prevenção é uma das principais ações empregadas na área de Segurança, com o objetivo de evitar ou minimizar a ocorrência de riscos. Pode ser aplicada em diferentes áreas, como a pública, empresarial, pessoal e da informação, entre outras. Medidas comuns de prevenção incluem identificação e correção de vulnerabilidades, implementação de controles, treinamento de pessoal, uso de tecnologias, entre outras. A prevenção é crucial, pois permite evitar ou mitigar riscos antes que se tornem problemas reais, reduzindo assim a probabilidade de danos e perdas.

Estratégias de Segurança

Estratégias de Segurança são práticas ou planos de ação elaborados para proteger um objeto, pessoa ou organização específicos contra ameaças e riscos. Essas estratégias geralmente se fundamentam em uma avaliação dos riscos envolvidos, bem como nas vulnerabilidades existentes.

Essas estratégias podem ser aplicadas em diversos contextos, como na proteção de uma empresa, de uma instituição governamental, de uma instalação militar ou de um indivíduo. Elas abrangem medidas de prevenção, detecção e resposta a incidentes, assim como ações de recuperação após a ocorrência de um evento indesejado.

A eficácia das estratégias de segurança está intrinsecamente ligada à compreensão abrangente dos riscos envolvidos. Uma abordagem proativa, que considera a identificação e correção de vulnerabilidades, juntamente com a implementação de medidas preventivas, fortalece a resiliência contra ameaças potenciais. Além disso, a capacidade de resposta eficaz e a rápida recuperação após incidentes contribuem para a robustez do sistema de segurança.

Assim, o desenvolvimento e a implementação de estratégias de segurança são essenciais para a preservação da integridade, confidencialidade e disponibilidade de recursos críticos em diversos cenários.

O que é a Sensação de Segurança?

A Sensação de Segurança é o estado psicológico no qual uma pessoa se percebe protegida e livre de perigos ou ameaças. Trata-se de uma percepção subjetiva que pode variar de pessoa para pessoa, dependendo de suas experiências de vida, valores, cultura, necessidades, contexto social e outros fatores.

Por exemplo, uma pessoa que reside em uma área com alta taxa de criminalidade pode sentir-se insegura, mesmo que nunca tenha sido vítima de um crime, enquanto outra pessoa que vive em uma região considerada segura pode sentir-se protegida, mesmo que tenha enfrentado situações adversas.

A Sensação de Segurança desempenha um papel crucial, uma vez que pode influenciar o comportamento das pessoas, afetando suas escolhas, decisões e atividades. Quando as pessoas se sentem seguras, tendem a ser mais produtivas, criativas, confiantes e engajadas, permitindo que se concentrem em atividades além da autoproteção. Em contrapartida, quando a sensação de insegurança prevalece, as pessoas podem retrair-se, evitar riscos, sentir receio de sair de casa e experimentar uma redução na qualidade de vida.

Portanto, a Sensação de Segurança é um aspecto crucial, e deve ser considerada por governos, empresas e organizações que trabalham para promover a proteção em diversas áreas de atuação. Entender e abordar as nuances dessa sensação contribui para o desenvolvimento de estratégias eficazes na construção de ambientes mais seguros e confiantes.

Qual a Diferença entre Segurança e Proteção?

Embora os termos segurança e proteção sejam frequentemente utilizados de forma intercambiável, apresentam diferenças sutis em seus significados.

Segurança é um estado ou condição em que algo ou alguém está livre de perigos, riscos ou ameaças. Este conceito amplo pode ser aplicado a diversos contextos e geralmente está associado a medidas preventivas destinadas a evitar ou reduzir riscos e ameaças.

Por outro lado, proteção refere-se a um conjunto de ações direcionadas a garantir a segurança de algo ou alguém. Trata-se de ações específicas tomadas para proteger contra um perigo iminente ou uma ameaça real. Por exemplo, um guarda-costas pode proteger uma pessoa contra um ataque, um sistema de segurança pode proteger uma casa contra invasores, um antivírus pode proteger um computador contra vírus, entre outros exemplos.

Em síntese, a segurança representa um estado ou condição livre de perigos ou ameaças, enquanto a proteção é uma ação específica com o propósito de assegurar essa condição de segurança.

Definição de segurança

Qual a Importância da Segurança?

A segurança desempenha um papel fundamental na garantia de uma vida digna e saudável, tanto em nível individual quanto coletivo. Abrange a proteção contra ameaças naturais ou causadas pelo ser humano, que têm o potencial de comprometer a integridade física, psicológica e material das pessoas.

A relevância da segurança manifesta-se em diversas esferas da vida, como na esfera pública, onde busca-se resguardar a população contra o crime e a violência; nas atividades industriais, visando assegurar a integridade física e psicológica dos trabalhadores; e nas atividades empresariais, com o objetivo de garantir a continuidade dos negócios.

Além disso, a segurança é crucial para o desenvolvimento econômico e social, criando um ambiente propício para investimentos, geração de emprego e renda, e redução da desigualdade social. Ela também desempenha um papel significativo no bem-estar psicológico das pessoas, permitindo-lhes viver com mais tranquilidade e confiança.

Por fim, a segurança é reconhecida como um direito humano fundamental, conforme estabelecido na Declaração Universal dos Direitos Humanos e em outras convenções internacionais. Portanto, é responsabilidade dos governos, das empresas e da sociedade como um todo trabalharem para garantir a segurança das pessoas em todas as suas dimensões.

Quais são os Tipos de Segurança?

De acordo com sua abrangência, responsabilidade, características, objetivo e modus operandi, a segurança pode ser classificada em vários tipos, como os abaixo:

a) Segurança Internacional

A Segurança Internacional é um conceito amplo que envolve os Estados e atores internacionais em relação a possíveis ameaças, riscos ou desafios que possam afetar sua estabilidade, prosperidade e integridade territorial. Trata-se de um tema importante nas relações internacionais, abrangendo diversos aspectos, incluindo a área militar, energética, alimentar, ambiental, cibernética, entre outros.

No contexto da Segurança Internacional, os Estados e Organizações Internacionais buscam proteger seus interesses e garantir a estabilidade regional e global. Isso pode incluir medidas preventivas, como acordos internacionais, negociações diplomáticas e ações de manutenção da paz, bem como medidas reativas, como o uso da força militar em casos de conflito armado.

Entre os principais desafios da Segurança Internacional, podemos citar o terrorismo, o tráfico de drogas, a proliferação nuclear, a disseminação de armas de destruição em massa, os conflitos armados, as mudanças climáticas, entre outros. Esses desafios podem afetar a estabilidade e proteção de Estados e Regiões inteiras, gerando impactos econômicos, políticos e sociais significativos.

b) Segurança Nacional

A Segurança Nacional está relacionada à proteção dos interesses e da soberania de um país em relação a ameaças internas e externas. É um tema central na política de qualquer nação, pois diz respeito à capacidade do Estado em garantir a integridade territorial, a estabilidade política, a ordem pública, a defesa militar e outros aspectos fundamentais para a sobrevivência do país como um todo.

Os riscos e ameaças à Segurança Nacional podem incluir conflitos armados, terrorismo, espionagem, crime organizado, desastres naturais, entre outros. Nesse sentido, a Segurança Nacional abrange diversas áreas, como a defesa militar, fronteiras, área cibernética, área energética, entre outras.

c) Segurança Pública

A Segurança Pública refere-se à proteção da sociedade e da ordem pública contra a criminalidade, violência e outras formas de ameaças e riscos aos cidadãos. É um tema central na administração pública, que envolve a atuação dos órgãos públicos, como a polícia, o sistema prisional e outros agentes que trabalham na prevenção e combate ao crime.

No Brasil, a Segurança Pública é um tema bastante complexo e desafiador, devido à grande diversidade de problemas enfrentados no país, como a violência urbana, o tráfico de drogas, a corrupção, a criminalidade organizada, entre outros.

d) Segurança Privada

A Segurança Privada refere-se às atividades de proteção de pessoas, áreas ou bens, executadas por empresas privadas, autorizadas pelo Departamento de Polícia Federal, nos termos da legislação em vigor, com a finalidade de garantir a incolumidade física das pessoas e a integridade do patrimônio.

Desenvolve atividades de caráter preventivo e complementar à segurança pública. Seu foco não é descobrir, prender e punir transgressores da lei, mas sim propiciar uma proteção preventiva. Busca evitar ou minimizar as possibilidades de ocorrência criminal, prática conhecida como “Medidas Preventivas”.

e) Segurança Empresarial

A Segurança Empresarial pode ser definida como um conjunto de programas, medidas, recursos e práticas adotadas para proteger a integridade dos ativos, processos e pessoas de uma empresa. Seu objetivo principal é garantir a continuidade dos negócios da organização, minimizando os riscos e prejuízos decorrentes de ameaças internas e externas.

Envolve um conjunto de estratégias que uma “empresa” adota para proteger seus ativos físicos, intelectuais e humanos contra ameaças internas e externas. Essas ameaças podem incluir roubo, fraude, espionagem, sabotagem, vandalismo, incêndios, desastres naturais, entre outras situações de risco

f) Segurança e Saúde Ocupacional

Segurança e Saúde Ocupacional (SSO) é um conjunto de medidas que buscam garantir a proteção da integridade física e mental dos trabalhadores em seu ambiente de trabalho, promovendo a prevenção de acidentes, doenças ocupacionais e outros tipos de incidentes que possam afetar a saúde do colaborador.

A SSO tem como objetivo principal promover um ambiente de trabalho seguro e saudável para os colaboradores, além de garantir o cumprimento de normas e leis relativas à SSO.

Além de ser uma questão legal e ética, investir em SSO pode trazer diversos benefícios para a empresa, como a redução de custos com afastamentos e indenizações, aumento da produtividade, melhoria do clima organizacional e aumento da motivação e satisfação dos colaboradores.

Conclusão

A Segurança é um tema de extrema importância que abrange diversas áreas e conceitos. Desde a proteção de indivíduos e patrimônios até a preservação de ambientes e sistemas, a ela é fundamental para garantir a tranquilidade e bem-estar das pessoas e instituições.

Para alcançar um ambiente seguro, é importante estar sempre alerta, identificar riscos e agir com medidas preventivas. Além disso, é essencial buscar aprimoramento contínuo, como treinamentos e atualizações, para garantir que sejam adotadas as melhores práticas de segurança.

Se você deseja se aprofundar ainda mais no assunto, recomendamos a leitura do meu Artigo Cultura de Segurança: O que é e suas 7 Dimensões, que irá fornecer informações valiosas sobre como construir uma cultura de segurança eficaz.

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Sou um profissional com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Inscreva-se em nossa Newsletter e junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissional.

Lei também…

Cultura de Segurança: O que é? As 7 Dimensões da Cultura

Estratégia de Segurança: O que é, Objetivos, Importância

Risco de Segurança: O que é: Tipos e Exemplos de Riscos de Segurança

Objetivos e Metas de Segurança: O que são? Importância

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (16 de abril de 2019) Segurança: O que é, Significado, Conceitos, Tipos e Importância. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/seguranca-significados-conceitos/– Acessado em (inserir data do acesso).

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

24 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Peixoto Salvador!
    Agradeço suas palavras e elogios. Forte abraço e sucesso!

  2. Endereço os meus agradecimentos, mais uma vez por ter nos dirigido um saber sobre a segurança. Um artigo bem estruturado com linguagem clara e fácil de compreender.
    O senhor e grande especialista de segurança, agradeço por disponibilizar sempre o saber de algo indispensável para toda a sociedade “a segurança”

  3. Estando à procurar conteúdos que pudessem me auxiliar na elaboração de um material didático para integração de pessoas em nosso site corporativo (Segurança Patrimonial), encontrei esse material de muita valia. Agradeço muito pela apoio.

  4. Olá Aires Augusto Miguêns!
    Obrigado pelo seu comentário. Estarei entrando em contato pelo seu e-mail.
    Forte abraço e sucesso.

  5. Excelente artigo, parabéns. Conteúdo altamente desenvolvido e ordenado. Estou desenvolvendo uma tese de licenciatura “As Tecnologias de informação e comunicação na segurança pública em Angola” Pelo seu artigo, gostaria de ter cópia do artigo e citá-lo como refência e não só.

  6. Olá Jose Vida!
    Obrigado pelo comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  7. Excelente artigo. Ótimo resumo sobre segurança.
    Se possível poderia mandar-me uma cópia do artigo para possíveis estudos e como referência.
    Obrigado
    José Vidal Nardi

  8. Olá Jonas!
    Obrigado pelo comentário e pelo alerta, foi um erro de digitação.
    Forte abraço e sucesso!

  9. PARABENS pelas contribuicoes de sempre!!!!

    em tempo:vale observar que no comeco dos estudos consta Constituicao Federal de ”1998” e correto é 1988.

    GRATO ABRACOSSS!!!!

  10. Olá Paulo Lima!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  11. Excelente artigo. Adorei a abordagem e interpretação consoante o contexto. Parabens.

  12. […] ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, que tem como principal função garantir a segurança nas rodovias federais e em áreas de interesse da […]

  13. Olá Tiago!
    Obrigado pela sua sugestão, vou acrescentar o curso de formação de vigilante ao artigo.
    Forte abraço e sucesso!

  14. Boa tarde!
    Achei excelente o material, de grande valia. Irei complementar meus slaids para minhas aulas. Muito bom ter um lugar para lermos sobre nossa área.
    Porém não sei seria interessante adicionar ao item “D” SEGURANÇA PRIVADA os CURSOS DE FORMAÇÃO pois pela lei 7.102/83 eles fazem parte deste sistema. Eu concordo pois sem eles não haveriam os profissionais qualificados para colocarmos em prática tudo que a gestão planeja em seus planos de segurança. Mas foi muito construtivo todo material. Parabéns e muito obrigado. ???

  15. Olá Paulo!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso

  16. Sem dúvida, este artigo além de esclarecedor, compartilha conceitos importantes sobre os pontos de extrema relevância da segurança.
    Parabéns pelo artigo e a clareza como abordou esse tema.
    ABS

  17. Olá Sebastião!
    Obrigado pelo comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  18. Olá Edílson Esteves.
    Grato pela sua sugestão. Você tem razão, vou alterar o gráfico e incluir a segurança pessoal.
    Obrigado pelo comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  19. Ao vir do maior (segurança internacional) para o menor (segurança corporativa), o texto apresenta a interligação das ações, para que o todo (sociedade e o meio que a cerca), estejam protegidos/seguros. Mas, cho que segurança pessoal poderia ser inserida no gráfico (mesmo estando citada em segurança patrimonial), apenas para realçar que se não fizermos nossa parte, o ciclo se rompe. Ler sobre segurança humana, e ver questões ambientais e outras no texto, valorizou ainda mais. Parabéns.

  20. Gostei muito dos comentarios sobre segurança de um modo geral, assim como, seus objetivos e modalidades nas atuações. Muito obrigado!

  21. Olá Clovis!
    Obrigado pelo comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  22. Olá Paulo!
    Obrigado pelo comentário.
    Forte abraço e sucesso!

  23. Excelente este teu artigo e de grande qualidade e leitura fácil e objetiva.
    PARABÉNS.

  24. Muito bom o artigo, trabalho na área de segurança patrimonial conhecimentos nos torna, mas preparados.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.