- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

O que é Acidente? Conceitos, Definições e Tipos de Acidentes

Acidente é qualquer acontecimento casual, inesperado e não planejado, que cause danos as pessoas, edifícios, instalações, materiais, equipamentos ou ao meio ambiente. A palavra acidente tem origem no termo latim accĭdens, refere-se a um acontecimento eventual ou à ação de que, involuntariamente, resultam danos para as pessoas ou as coisas.

Embora tenha vários usos, a noção de acidente mais corrente é aquela que envolve um acontecimento que, provocado por uma ação violenta e inesperada ocasionada por um agente externo involuntário, resulta numa lesão corporal para a pessoa em questão ou dano material.

Escrito por José Sérgio Marcondes
Postado 26/07/2022

Contextualização de Segurança

A palavra segurança possibilita dois contextos de interpretação: primeiro, de “certeza, confiança, firmeza”. Que exprime uma condição de crença e convicção em si ou em outra pessoa. Segundo, de “ação ou efeito de segurar; situação do que está seguro; afastado da ameaça/perigo.

A palavra segurança, no contexto de proteger, refere-se ao ato de defender; afastar algo ou alguém de uma ameaça ou perigo; abrigar-se do mal; resguardar-se; procurar mecanismos de defesa da vida e de seus direitos. Implica minimizar ou eliminar qualquer tipo de risco a vida e/ou a propriedade.

  • Perigo: condição com potencial de causar uma situação em que ocorre risco de existência ou de integridade de uma pessoa, um animal, um objeto, e etc. Os perigos podem ser naturais ou causados pelo homem e geralmente são não intencionais ou sem malícias; É uma condição prévia para um acidente ou um evento natural com consequências negativas.
  • Risco: um evento ou uma situação, de uma pessoa exposta ao perigo. É a probabilidade de um evento (acidente) acontecer.
  • Acidente: evento inesperado e indesejado, causado pelo risco, com potencial de ocasionar danos
  • Dano: prejuízo ou estrago causado por algum acidente, por exemplo: fratura de um membro do corpo durante o acidente de carro, danos a algum componente do carro que precisará ser arrumado, prejuízo financeiro pela interrupção de uma atividade e etc.

Neste contexto, podemos concluir que: o perigo é uma condição que contribui para elevar o risco de ocorrer um acidente, o qual pode ocasionar danos as pessoas, organização e sociedade. Os riscos devem ser prevenidos, identificados, avaliados, mensurados e tratados. São eles que ocasionam os acidentes.

Quero saber mais sobre Segurança

O que é Acidente?

Acidente é qualquer acontecimento casual, inesperado e não planejado, que cause danos as pessoas, edifícios, instalações, materiais, equipamentos ou ao meio ambiente. A palavra acidente tem origem no termo latim accĭdens, refere-se a um acontecimento eventual ou à ação de que, involuntariamente, resultam danos para as pessoas ou as coisas.

De acordo com dicionário Oxford Languages acidente é um substantivo masculino, que pode significar: 1- qualquer acontecimento, desagradável ou infeliz, que envolva dano, perda, sofrimento ou morte. 2 – acontecimento casual, fortuito, inesperado; ocorrência.

Um acidente é um evento inesperado e indesejável que causa danos pessoais, materiais, patrimoniais e financeiros e que ocorre de modo não intencional.

Em um “acidente”, ninguém pode realmente ser responsabilizado porque o acontecimento é imprevisível ou muito pouco provável, apesar de que o causador, mesmo involuntariamente, pode ter que ressarcir o bem danificado, se comprovado negligencia.

Em um acidente, se os resultados de uma determinada negligência eram previsíveis e não foram tomadas as precauções necessárias para evitá-la, a pessoa pode ser responsabilizada por eventuais consequências de tal negligência, e pelos danos causados pelo acidente. Exemplo: dirigir um veículo após ter ingerido bebida alcoólica.

Dirigir sob o efeito de qualquer quantidade de álcool aumenta significativamente as chances do condutor se envolver em um acidente. Fator que pode ser considerado na hora de responsabilizar o condutor pelos danos advindo de um acidente.

Pessoa que sofreu um acidente

Diferença entre Acidente e Incidentes

Muitas pessoas confundem o termo “acidente” com “incidente”. No entanto, acidente é conceituado como acontecimentos infelizes e desagradáveis, que trazem consequências graves. Já o incidente não tem como resultado consequências trágicas.

Incidente refere-se a um acontecimento imprevisto e indesejável, mas de pouca gravidade. Quando se diz que algo é incidental, quer-se dizer que é secundário, assessório a um fato principal. Acidente é uma palavra que representa um evento infeliz, fortuito e indesejado que traz consequências graves, danosas ou desastrosas, envolvendo danos pessoais, materiais e financeiros.

As duas palavras, acidentes e incidentes, indicam eventos inesperados e indesejáveis mas cada uma representa uma intensidade diferente. Incidente diz respeito a algo sem tanta gravidade, já o acidente refere-se a algo com consequências mais graves para o funcionário e/ou para empresa.

Tipos de Acidentes

Um acidente também pode ser considerado uma reação patológica que agrava uma doença, que ocorre repentinamente e priva de sentido, de movimento ou de ambas as coisas. É o caso, por exemplo, dos acidentes vasculares cerebrais, sendo estes do foro neurológico, causados por uma lesão (hemorragia, trombose ou embolia cerebral) e que deixa sequelas.

No contexto empresarial, os acidentes são conceituados como acidentes de trabalho, os quais são regulamentados por legislação especifica.

O art. 19 da Lei nº 8.213/91, dispõe que “acidente de trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa ou pelo exercício do trabalho dos segurados referidos no inciso VII do art. 11 desta lei, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho”.

Em termos de geologia, um acidente geográfico é uma irregularidade (ou um desnível) do terreno com elevações ou depressões bruscas, falhas ou fragosidades, por exemplo.

Embora tenha vários usos, a noção de acidente mais corrente é aquela que envolve um acontecimento que, provocado por uma ação violenta e inesperada ocasionada por um agente externo involuntário, resulta numa lesão corporal para a pessoa em questão ou dano material.

Exemplos de Acidentes

  • Colisões de veículos;
  • Colisões de bicicletas;
  • Quedas de altura;
  • Queimaduras com óleo quente;
  • Choques contra objetos;
  • Choques elétricos;
  • Golpes provocados por ferramentas;
  • Esmagamento membros.
  • Etc.

Causas do Acidente

Os acidentes podem apresentar inúmeras causas. É improvável que um acidente seja causado por apenas um fator, geralmente existe um conjunto de fatores que contribuem para a ocorrência do evento indesejado. As principais causas dos acidentes estão relacionadas a três fatores, condições inseguras, atos inseguros e fator pessoal de insegurança.

  • Condições Inseguras – São falhas no ambiente que podem comprometer as condições de segurança do local, podendo levar ao um acidente. O acidente ocorrido por uma condição insegura significa que as condições do ambiente foi o fator causador do acidente ou contribuiu para a ocorrência deste.
  • Atos Inseguros – refere-se as maneiras como as pessoas se expõem, consciente ou inconscientemente, a riscos de acidentes. São condutas nas quais os colaboradores se expõem aos riscos de acidentes. Geralmente envolve negligencia ou descumprimento de procedimento de segurança.
  • Fator Pessoal de Insegurança – se caracteriza quando a pessoa possui uma limitação que prejudica o exercício de determinadas atividades, que pode ser limitações intelectuais, físicas, de treinamento, aptidão, disciplinar entre outras.

O ato inseguro é uma violação de um procedimento de segurança aceito que poderia permitir a ocorrência de um acidente. A condição insegura envolve uma condição física perigosa ou circunstância que pode permitir diretamente a ocorrência de um acidente. Fator pessoal de insegurança envolve a falta de aptidão para um determinada atividade que pode resultar em acidente.

Prevenção de Acidente

A prevenção de acidentes é ação ou resultado de prevenir-se contra acidentes. Refere-se a um conjunto de medidas ou preparação antecipada de (algo) que visa prevenir (um mal) acidentes.

A preveção de acidentes é um conjunto de medidas e ferramentas empregadas com intuito de reduzir fatores geradores de riscos de acidentes

A prevenção de acidentes é uma abordagem comportamental e ambiental que visa eliminar ou controlar os fatores geradores de acidentes. Permite oferecer um ambiente de convívio mais seguro e reduzir os acidentes.

Dicas para Prevenção de Acidentes

  • Faça uma APR – Antes de realizar uma atividade realize uma APR (Análise Preliminar de Riscos), identifique os principais riscos envolvidos na atividade e adote medidas de tratamento dos riscos, visando sua eliminação ou controle, buscando a máxima mitigação desses riscos, e seus respetivos impactos.
  • Preze pela Atenção – toda atividade precisa ser feito com foco. Especialmente aquelas que envolvam riscos, é fundamental ter atenção nos fatores do ambiente que podem torná-lo perigoso Ao executar uma atividade mantenha atenção no que esta fazendo e evite distrações.
  • Evite a exposição imprudente ao risco – alguns acidentes podem acontecer por imprudência pessoal. Se alguma situação próxima a você demonstra perigo iminente, não se aproxime. Algumas atividades profissionais pressupõem perigos, mas, nesses casos, o trabalhador deve fazer uso de recursos de proteção.
  • Mantenha o Ambiente Limpo e Organizado – Muitos acidentes ocorrem por desorganização do ambiente. Por exemplo, uma caixa deixada no caminho, uma ferramenta largada no chão, algum produto vazando pelo piso, são e outros desleixos podem custar caro.
  • Faça uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) – quando for executar uma atividade que envolva algum risco de acidente, busque se informar do EPI adequado e faça uso mesmo. EPI’s são equipamentos e acessórios desenvolvidos para proteger uma parte do corpo ou o indivíduo todo contra riscos específicos.
  • Use ferramentas adequadas – Ao executar uma atividade busque fazer uso das ferramentas adequadas, evite improvisos e gambiarras, boa parte dos acidentes ocorrem pelo uso de ferramentas inadequadas para atividade em questão.
  • Limite-se a fazer aquilo que tem conhecimento – antes de iniciar uma atividade questione se possui o conhecimento mínimo e adequado para realizar tal atividade. Caso não possua, busque a capacitação adequada antes de iniciar a tarefa. Muitos acidentes acontecem por falta de conhecimento adequado para atividade,

Você Gostou do Artigo? Sem sim, colabore com o crescimento e divulgação do Blog

Aqui no Blog publico frequentemente artigos relacionados a segurança privada e gestão organizacional, visando sempre agregar conhecimento para os leitores, visando seu desenvolvimento profissional e pessoal.

Para continuar publicando e disponibilizando os artigos de forma gratuita a todos, solicito a você leitor ou leitora, que ajude na divulgação e crescimento do blog, fazendo pelo menos uma das práticas a seguir:

  • Deixe seu comentário no final do artigo, ele é muito importante para mim;
  • Divulgue, curta e compartilhe as publicações com seus amigos pelas redes sociais;
  • Inscreve-se na nossa Newsletter. Cadastre seu e-mail logo abaixo e receba avisos sobre novas publicações.
[jetpack_subscription_form show_subscribers_total=”false” button_on_newline=”true” custom_font_size=”16px” custom_border_radius=”0″ custom_border_weight=”1″ custom_padding=”15″ custom_spacing=”10″ submit_button_classes=”” email_field_classes=”” show_only_email_and_button=”true”]

Forte abraço e sucesso!
José Sérgio Marcondes – CES
Especialista em Segurança Empresarial
Consultor em Segurança Privada
Diretor do IBRASEP

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Segurança: Significado, Conceito, Tipos de Seguranças.

Vulnerabilidade de Segurança: O que é, Classificação, Exemplos

Cultura de Segurança: O que é, 7 Dimensões da Cultura, Importância

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (26 de julho de 2022). Teoria da Aceitação da Autoridade (Barnard): O que é? Conceitos. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: – Acessado em (inserir data do acesso).

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Interessante o conteúdo. Muito importante mesmo o uso de EPIs.

  2. Olá Maria Zambo!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso

  3. Muito obrigada !Como sempre os seus artigos ajudam muito no meu desenvolvimento profissional acabo por aprender sempre algo novo. Desejo muito sucesso na sua área profissional .

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.