- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Gerenciamento Ágil de Projetos: O que é, Conceitos e Características

O que é gerenciamento ágil de projetos, como ele funciona e pode realmente ajudar sua equipe a fazer mais e mais rápido? Veja como você pode aplicar uma abordagem de gerenciamento de projetos ágil ao seu próximo projeto.

O Gerenciamento Ágil de Projetos é um conjunto de métodos e práticas que têm por objetivo otimizar o processo gestão e entrega de um projeto, tornando-o mais rápido, eficaz e eficiente. Onde o projeto é dividido em etapas menores, para que seja mais fácil aplicar mudanças sem comprometer a qualidade do projeto. Visa tornar os projetos mais dinâmicos e com a entrega de resultados mais rápidos para os clientes.

Metodologia ágil é um conjunto de técnicas e práticas para gerenciamento de projetos que oferece mais rapidez, eficiência e flexibilidade. Seu objetivo inicial era agilizar o desenvolvimento de softwares, mas esses métodos extrapolaram o setor de tecnologia da informação e hoje fazem parte da gestão de empresas de todos os seguimentos.

Escrito por José Sérgio Marcondes
Postado 22/02/2022

Gerenciamento de Projetos

 Projeto é um empreendimento temporário realizado para criar um produto, serviço ou resultado único, e o gerenciamento de projetos consiste de um conjunto de técnicas e habilidades na realização de atividades interligadas para alcançar um conjunto de objetivos pré-determinados para um projeto.

Atualmente, existem duas abordagens para o gerenciamento de projetos: a do tipo “Clássico”, na qual o projeto segue uma sequência de etapas a serem concluídas, Método em Cascata; e a “Método Ágil” onde o projeto é visto como um conjunto de pequenas tarefas, ao invés de um processo completo. Leia o artigo até o final e descubra os principais conceitos e definições do gerenciamento ágil de projetos.

O que é Gerenciamento Ágil de Projetos

O Gerenciamento Ágil de Projetos é definido como a forma de gerenciar projeto fazendo uso de um conjunto de métodos, técnicas e ferramentas, que têm por objetivo otimizar o processo de entrega do projeto, tornando-o mais rápido, eficaz e eficiente. O propósito de uma metodologia ágil no gerenciamento de projetos não é reduzir o tempo total de finalização dos projetos, mas, sim, entregar valor mais rapidamente ao cliente.

No Gerenciamento Ágil de Projetos ao invés de e pensar no projeto apenas como um todo, ele é dividido em pequenas partes que vão sendo feitas e entregues em prazos mais curtos. O método ágil divide o projeto em pequenas partes potencialmente entregável, permitindo que o cliente receba de forma escalável seu projeto. Cada parte começa imediatamente após a anterior.

O gerenciamento ágil de projetos envolve a adição de ciclos curtos de desenvolvimento, com a entrega de algo ao término de cada um deles. Dessa forma, ao invés de esperar pela finalização do projeto para apresentar os resultados, é possível acompanhar a sua evolução de acordo com cada etapa concluída.

Diferentemente dos métodos clássicos que possuem fases delimitadas e bem separadas, no gerenciamento ágil de projetos, as fase de concepção e desenvolvimento interagem durante todo o projeto, possibilitando desse modo uma interação constante entre os clientes e os executores.

Dias (2005) afirma que o gerenciamento tradicional de projetos está baseado no planejamento detalhado do projeto e nos processos formais de Monitoramento e Controle, enquanto o ágil enfatiza a Execução, buscando uma entrega mais rápida para o cliente.

Gerenciamento Ágil de Projetos

Diferenças entre o métodos de gerenciamento ágeis e os tradicionais

A principal diferença entre os métodos de gerenciamento ágeis e os métodos tradicionais está no modo como os projetos são planejados.

Na gestão tradicional existe um período antes da execução do projeto destinado unicamente ao planejamento. É quando todas as especificações, prazos e responsabilidades são definidos. Já na gestão ágil apenas o básico é decidido no começo, e o projeto se define ao longo do tempo, de forma iterativa. Portanto, as características do produto final podem ser alteradas, se necessário, em qualquer ponto da execução do projeto. No método tradicional, por outro lado, essas mudanças até poderiam acontecer, mas elas deveriam ser solicitadas e aprovadas por um comitê decisório.

Devido ao modo como são planejados, métodos tradicionais possibilitam a entrega do projeto de uma única vez. Ou seja, apenas uma parte do projeto é feita por vez e, ao fim do projeto, tudo é reunido e entregue ao cliente que faz a aprovação. De outra forma, os métodos ágeis executam várias tarefas simultaneamente, cada equipe fica focada em uma entrega. Assim, o cliente recebe e aprova pequenas entregas ao longo da execução do projeto.

Caraterísticas do Gerenciamento Ágil de Projetos

O gerenciamento ágil de projetos são orientados a pessoas e, adaptados às necessidades dos usuários e ao cumprimento dos prazos e custos, apresentando simplicidade e transparência em seu desenvolvimento, com entrega de pequenas partes, permitindo mudanças ao longo do projeto e, uma maior aproximação do cliente.

O método ágil não tem a ver só com rapidez, mas também com flexibilidade e integração. Sendo assim, métodos ágeis de gerenciamento de projetos são adaptáveis a mudanças repentinas no planejamento, como: surgimento de prioridades, adiamentos de tarefas e alterações das características do projeto conforme necessidade.

De acordo (Dias 2005) as duas principais características do gerenciamento ágil de projetos são:

  1. São adaptativos e não preditivos: os métodos ágeis são elaborados e adaptados ao longo do projeto, permitindo e, algumas vezes estimulando, a incorporação das mudanças requeridas pelo cliente;
  2. São orientados a pessoas e não a processos: levam em consideração os indivíduos, sendo elaborados para auxiliá-las.

Métodos Ágeis

Houve uma grande evolução na área de gerenciamento de projetos com a disseminação dos conhecimentos e melhores práticas de gestão de projetos com o surgimento de instituições como o Project Management Institute (PMI), nascendo os guias de gerenciamento de projetos.

O guia PMBOK, elaborado pelo PMI, divide a execução de um projeto em várias etapas, que envolve: iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle, e encerramento. Ele prevê a entrega do produto de uma única vez após sua após a conclusão de todas as suas etapas.

Porém Zwikael (2009) afirma que a maioria dos gerentes de projeto tem limitação de tempo para realizar todas as etapas apresentadas no guia PMBOK, e acabam escolhendo realizar somente os processos que são mais familiares ou mais fáceis de executar. Ao realizar isto, segundo o autor, eles podem dar menor prioridade para Áreas do conhecimento que tem maior impacto no sucesso do projeto, adotando dessa forma um Método mais Ágil.

As metodologias ágeis representaram um marco para a gestão de projetos, permitindo que equipes atingissem sistematicamente tanto uma disciplina de execução como uma inovação contínua, algo que era impossível de se conseguir com uma burocracia hierárquica (Denning, 2013).

O movimento para o desenvolvimento ágil, surgiu na área de software, se ampliou para a gestão de projetos, dando origem ao Gerenciamento Ágil de Projetos, tendo como base os mesmos valores e princípios dos Métodos Ágeis (Dias, 2005).

Ferramentas Métodos de Gerenciamento Ágil de Projetos

A aplicação do Método Ágil no gerenciamento de projetos pode ser facilitado por meio do emprego das ferramenta e métodos a seguir:

  • Scrum – é uma ferramenta que otimiza procedimentos entre equipes, além de aumentar a produtividade a assertividade. Permite a criação de soluções inovadoras e agiliza os processos operacionais e administrativos, resultando-se mais rápidas e com qualidade. O Scrum facilita o trabalho e acompanha o status do projeto, possibilitando o cumprimento dos prazos, simplificando a continuidade dos processos, qualidade e transparência;
  • Lean – é muito utilizado nas startups e linhas de produção, indicado para projetos reduzidos e mais objetivos. Sua finalidade principal é identificar e eliminar os desperdícios dentro de uma organização ou na realização de projetos de forma eficiente. Ele resulta na redução de custos, diminuição da complexidade das atividades realizadas, melhorando as entregas, produtividade dos colaboradores e compartilhamento das informações.
  • Kanban – é um dos métodos mais ágeis e simples utilizados em equipes podendo ser utilizado em qualquer tipo de projeto. Composto por checklists, ele oferece uma visão ampla do que está sendo desenvolvido. É dividido por etapas de evolução (o que precisa ser feito, o que está sendo feito e o que já foi feito), permitindo que a organização dos processos seja feita de uma forma visual;
  • Nexus – Já o Nexus é um modelo de gestão ágil de projetos que tem o Scrum como base. Por isso, ele é bastante indicado para projetos que precisam de vários times para se desenvolver, pois facilita a integração desses grupos.
  • Scaled Agile Framework (SAFe) – tem como base elementos do Lean e do Scrum. Utilizando um diagrama chamado “The Big Picture”, é possível fazer o acompanhamento visual do projeto, o qual é dividido em três categorias nesse método: portfolio (gerencial), program (estratégico) e team (operacional).

Benefícios do Gerenciamento Ágil de Projetos

Podemos citar como benefícios do gerenciamento ágil de projetos:

  • Agiliza a forma de conduzir os projetos buscando dar maior rapidez aos processos e à conclusão de tarefas
  • Melhora visibilidade nos projetos;
  • Melhorara a produtividade.
  • Possibilita um fluxo de trabalho mais ágil, flexível, sem tantos obstáculos;
  • Busca otimizar fluxos de trabalho, melhorar a produtividade de projetos e elevar as perspectivas de sucesso do seu negócio;
  • Busca reduzir atritos e cortar o trabalho extra desnecessário;
  • Visa retirar as amarras burocráticas dos projetos;
  • Acelerara entrega de seus produtos;
  • Aprimorara a habilidade de gerenciar prioridades;
  • Entre outras

O gerenciamento ágil de projetos é uma abordagem iterativa para projetos de desenvolvimento de software e garante que o feedback possa ser acionado rapidamente e que mudanças responsivas possam ser feitas em cada estágio de um sprint ou ciclo de produto.

Princípios do Gerenciamento Ágil de Projetos

De acordo com o Manifesto Ágil, existem 12 princípios-chave do gerenciamento ágil de projetos, são eles:

  1. A prioridade número um é a satisfação do cliente por meio da entrega antecipada e contínua com valor;
  2. Aproveitamento das mudanças para gerar vantagens competitivas para o cliente.
  3. Entrega de partes do produto funcionando com frequência, em semanas ou meses, com preferência à escala de tempo mais curta;
  4. Envolvidos no projeto devem trabalhar juntos e em equipe durante todo o projeto;
  5. Construção de projetos em torno de indivíduos motivados;
  6. O método mais eficiente e eficaz de transmitir informações dentro da equipe de desenvolvimento do projeto é a conversa cara a cara (transparência e sinceridade);
  7. Produto funcionando é a principal medida de progresso;
  8. Processos ágeis promovem o desenvolvimento sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários devem ser capazes de manter um ritmo constante indefinidamente;
  9. A atenção contínua à excelência técnica e ao bom design aumenta a agilidade;
  10. Simplicidade – a arte de maximizar a quantidade de trabalho não feito – é essencial.
  11. As melhores arquiteturas, requisitos e designs surgem de equipes auto-organizadas.
  12. Em intervalos regulares, a equipe reflete sobre como se tornar mais eficaz, então ajusta e ajusta seu comportamento de acordo.

Você Gostou do Artigo? Sem sim, colabore com o crescimento e divulgação do Blog

Aqui no Blog publico frequentemente artigos relacionados a segurança privada e gestão organizacional, visando sempre agregar conhecimento para os leitores, visando seu desenvolvimento profissional e pessoal.

Para continuar publicando e disponibilizando os artigos de forma gratuita a todos, solicito a você leitor ou leitora, que ajude na divulgação e crescimento do blog, fazendo pelo menos uma das práticas a seguir:

  • Deixe seu comentário no final do artigo, ele é muito importante para mim;
  • Divulgue, curta e compartilhe as publicações com seus amigos pelas redes sociais;
  • Inscreve-se na nossa Newsletter. Cadastre seu e-mail logo abaixo e receba avisos sobre novas publicações.
[jetpack_subscription_form show_subscribers_total=”false” button_on_newline=”true” custom_font_size=”16px” custom_border_radius=”0″ custom_border_weight=”1″ custom_padding=”15″ custom_spacing=”10″ submit_button_classes=”” email_field_classes=”” show_only_email_and_button=”true”]

Forte abraço e sucesso!
José Sérgio Marcondes – CES
Especialista em Segurança Empresarial
Consultor em Segurança Privada
Diretor do IBRASEP

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Gerenciamento de Projetos: O que é, Objetivos e Áreas de Conhecimento

Projeto: O que é, Conceitos, Objetivos, Características e Exemplos

Planejamento, Plano e Projeto: Conceitos, Diferença, Relações

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (21 de fevereiro de 2022). Gerenciamento Ágil de Projetos: O que é, Conceitos e Características. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/gerenciamento-agil-de-projetos-o-que-e/– Acessado em (inserir data do acesso).

Referencia Bibliográficas

Dias, M.V.B. (2005). Um novo enfoque para o gerenciamento de projetos de desenvolvimento de software. Dissertação (Mestrado em Administração). Universidade de São Paulo, São Paulo.

Denning, S. (2013). Why Agile can be a game changer for managing continuous innovation in many industries. Strategy & Leadership

PMI – PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Guia PMBOK®: Um Guia para o Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos, Sexta edição, Pennsylvania: PMI, 2017.

WIKAEL, O. (2009). The relative importance of the PMBOK® Guide’s nine Knowledge Areas during project planning. Project Management Journal

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Paulo Silva!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Acho muito importante o compartilhamento de conhecimento.
    Compartilhar conhecimento é o processo de repartir informações e habilidades com quem está ao seu redor. Essa forma de interação e troca de aprendizados entre as pessoas é que permite o desenvolvimento profissional e pessoal de ambas as partes. O conhecimento compartilhado não se perde, ele se aprimora com o passar do tempo.
    Forte abraço e sucesso.

  2. Ótimo conteúdo parabéns , gostei muito. Fico muito grato pela sua generosidade de compartilhar seus conhecimentos. Estou aprendendo a fazer análise de artigo científico e esta matéria vai me ajudar bastante.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.