- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Muro de Proteção: O que é, Para que serve, Tipos e Características

Muro: O que é, Para que serve, Tipos

Muro é uma construção feita de alvenaria, que tem a finalidade de delimitar o acesso a determinada área, instalação ou edificação. Alvenaria, por sua vez, é a construção de estruturas e de paredes utilizando unidades unidas entre si ou não, por argamassa. Estas unidades podem ser blocos de cerâmica, de vidro, de concreto, pedras, tijolos etc.

Os muros oferecem benefícios importantes para segurança física. Eles criam um impedimento físico e psicológico para um potencial invasor. De forma geral, os muros podem ser do tipo: muro de arrimo, muro divisório, muro pré-moldado e muro de tijolos ou de pedra.

No contexto da segurança física de instalações o muro é tipificado como uma barreira de física estrutural, e tem como objetivo desestimular, impedir ou retardar acessos não autorizados.

Postado 06/07/2021
Escrito por José Sérgio Marcondes – CES
Especialista em Segurança Empresarial
Consultor em Segurança Privada
CEO/Diretor do IBRASEP

Barreiras Físicas

Barreiras físicas de proteção são obstáculos físicos usadas para definir os limites físicos de áreas, instalações ou edificações e bloquear acessos não autorizados.

As barreiras físicas são recursos de segurança física que limitam, restringem, canalizam ou impedem o acesso de pessoas, veículos ou objetos.

As barreiras de proteção consistem em duas categorias principais:

  • Barreiras físicas naturais – são os recursos disponibilizados pela natureza (relevo, montanhas, penhascos, valas, rios, represas ou outras características do terreno que são difíceis de atravessar).
  • Barreiras físicas estruturais – são dispositivos feitos pelo homem (como cercas, paredes, pisos, telhados, grades, barras, bloqueios de estradas, sinais ou outra construção) usados ​​para restringir, canalizar ou impedir o acesso, fazem parte dessa categoria os muros.

O que é Muro?

Os muros são construções feitas de alvenaria, que tem a finalidade de delimitar o acesso a determinada área, instalação ou edificação. Alvenaria, por sua vez, é a construção de estruturas e de paredes utilizando unidades unidas entre si ou não, por argamassa. Estas unidades podem ser blocos de cerâmica, de vidro, de concreto, pedras, tijolos etc.

De acordo com o dicionário a palavra muro significa substantivo masculino, Obra de alvenaria, adobe, taipa, tijolo etc., destinada a cercar um recinto, a proteger um povoado ou cidade, ou separar um lugar de outro. É uma estrutura sólida utilizada para separar ou proteger qualquer recinto.

Para que serve o muro?

Um muro é uma estrutura física que serve para delimitar, separar ou proteger uma área, instalação ou edificação.

Os muros oferecem benefícios importantes para segurança física. Eles criam um impedimento físico e psicológico para quem pensa em realizar uma entrada não autorizada.

O muro é utilizado inicialmente para sinalizar e estabelecer o limite de uma propriedade. Ele também serve para impedir a entrada ou saída de determinado local.

No contexto da segurança física o muro tem os seguintes objetivos:

  • Dissuadir tentativas de acessos não desejados: A dissuasão refere-se a capacidade do muro, devido as suas características de construção, desestimular um agressor da intensão de invadir o local;
  • Impedir o acesso não autorizado devido as suas características físicas e resistências;
  • Dificultar e retardar o acesso indevido, de forma a propiciar tempo hábil para acionamento e posicionamento da força de pronta resposta.

É importante considerar que o muro por si só não impede a intrusão, ele deve estar atrela a um sistema integrado de segurança, composto por: iluminação, sistema de alarmes de intrusão, câmeras de segurança, recursos humanos, entre outros.

Quais os Tipos de Muro?

O muro de acordo com a finalidade de sua utilização pode ser classificado como muro de arrimo, muro divisório ou muro de segregação interna. E de acordo com o material utilizado para sua construção podem ser: Muro pré-moldado e muro de tijolos ou de pedra.

Tipos de Muros de Acordo com a Utilidade

De acordo com a sua finalidade o muro pode ser de dois tipos:

  • Muros de arrimo: O muro de arrimo ou muro de contenção é um tipo específico de muro, construída para resistir à pressão lateral do solo. Ele é uma solução de proteção para terrenos em declive e ou com inclinação que receberão cortes para se tornarem planos. Podem ser construídos em alvenaria (tijolos ou pedras) ou em concreto (simples ou armado), ou ainda, de elementos especiais;
  • Muro divisório: é aquele muro que se ergue rente à linha de divisa do terreno, ou seja, que divide propriedades distintas. Ele pode ser usado para demarca o limite de uma propriedade, ajuda a delinear uma área privada ou pública;
  • Muro de segregação interna: é aquele muro construído no interior das áreas ou instalações com objetivos de segregação interna, ou seja de separação de áreas internas por questões de segurança, proteção, privacidade, organização ou outro motivo.

Neste artigo o foco principal será nas definições e características dos muros divisórios e de segregação de áreas, os tipos mais utilizados para segurança de perímetros e áreas contra acessos não autorizados.

Tipos de Muros de Acordo com o Material de Construção

  • Muro pré-moldado: – é aquele que já vem pré-fabricado, ou seja, vem em partes prontas para serem montadas no local de instalação. O mais comuns são constituídos de postes de sustentação e placas de concreto armado;
  • Muro de bloco de concreto: esse tipo de muro é construído com blocos de concreto moldado, argamassa e ferros;
  • Muro de tijolos de barro: são aqueles construídos de tijolos sólidos ou tijolos alveolados, é apreciada pelo seu desempenho acústico e térmico;
  • Muro de pedra: São aqueles construídos com blocos de pedra.
Muros de Acordo com o Material de Construção

Características Estrutural de um Muro

De forma geral, a construção de um muro é estrutura pelos seguintes itens:

  • Fundação  – Em muros geralmente é utilizada a fundação do tipo sapata corrida. A sapata corrida é uma estrutura retangular de concreto armado dimensionada para suportar e distribuir as cargas do muro para o solo linearmente. Ela se localiza abaixo do nível do solo e percorre todo o comprimento das paredes do muro;
  • Paredes (alvenaria) – As paredes do muro podem ser feitas com tijolos, blocos cerâmicos ou de concreto, por exemplo;
  • Cinta de amarração – As cintas de amarração são estruturas de concreto armado e exercem um papel similar as vigas. Elas são elementos estruturais e aumentam a resistência do muro a movimentos laterais. As cintas geralmente são construídas com blocos canaletas e preenchidas com concreto e barras de aço. O uso da cinta de amarração é recomendado para muros com mais de 2 metros de altura;
  • Pilares de sustentação – são as colunas dos muros. Eles são recomendados para muros com mais de 3 metros de comprimento. Geralmente os pilares são dispostos em vãos de no máximo 2,8 metros e fornecem resistência estrutural para o muro. Eles são construídos da mesma forma que as colunas da obra (estrutura de concreto armado);
  • Ponto de acesso: são espaços que permitem o acesso de pessoas e veículos de forma controlada;
  • Proteção contra transposição: são recursos físicos e/ou tecnológicos utilizados sobre o muro para impedir, dificultar ou alertar tentativas de transposição.
Características Estrutural de um Muro

A construção de um muro deve ser precedida de projeto adequado, e realizada por pessoas capacitadas, observando-se os princípios, regras e boas práticas de engenharia civil.

Outro ponto importante no planejamento e construção de um muro, voltado para segurança física, é que seja levado em consideração as diretrizes e princípios da CPTED.

CPTED – Crime Prevention Through Environmental Design

CPTED é um acrônimo, na língua inglesa, para Crime Prevention Through Environmental Design, “Prevenção de Crimes por meio de Projetos”. Seu conceito reside na capacidade de influenciar as decisões dos criminosos que precedem o ato criminoso por meio de ações no ambiente a ser protegido.

O CPTED busca utilizar o paisagismo, iluminação, barreiras físicas, layouts de instalações, políticas, procedimentos, e as pessoas, para potencializar e melhorar a segurança do ambiente.

É uma abordagem multidisciplinar que coloca lado a lado planejadores, projetistas, arquitetos e gestores de segurança, trabalhando juntos para criar um ambiente seguro, com projetos que desestimulem, eliminem, ou reduzam o comportamento criminoso, e ao mesmo tempo, encorajem as pessoas a manterem-se alertas, provendo segurança uns aos outros.

Dentro dos princípios da CPTED a serem observados na construção de um muro proteção estão:

  • Vigilância natural – o layout da instalação deve permitir que estranhos sejam facilmente observados por todos. Deve-se buscar a visibilidade sobre as pessoas, estacionamentos, entradas das edificações (portas e janelas, ruas e estacionamentos), passeios de pedestres e iluminação adequada à noite;
  • Reforço territorial – diz respeito ao uso de recursos naturais e artificias – primordialmente deve buscar as barreiras naturais, mas, se necessário, incluindo barreiras artificiais que expressem propriedade. Devem ser definidos os limites da propriedade e tornar bem clara a distinção entre espaço público e privado, utilizando-se cercas-vivas, muros, alambrados, cercas ou outros métodos;
  • Controle de acesso natural – Busca a orientação física das pessoas indo e vindo em um espaço pela colocação de entradas, saídas, cercaduras, ajardinados e iluminação. Busca-se por meio de rotas, passeios e elementos estruturais indicar claramente a direção que as pessoas em geral devem seguir, desencorajando o acesso indevido a áreas restritas;
  • Manutenção – deve-se manter o uso continuado de um espaço para seu propósito planejado, a fim expressar posse e zelo pelo local. Barreiras físicas devem ser mantidas em bom estado de manutenção e conservação, mato alto e iluminação queimada, não devem ser admitidos, causam impressão de abandono.

Aberturas Permitidas no Muro (Pontos de Acesso)

O muro quando usado para fins de segurança e proteção, separa uma área de outras, e para que seja possível o trânsito de pessoas, objetos e veículos, entre essas áreas, são deixadas pequenas aberturas ao longo da extensão do muro, chamadas de pontos de acesso, comumente definidos por portas, portões, portarias ou recepções.

Na ótica da segurança física essas aberturas, embora necessárias e permitidas, são consideradas pontos vulneráveis à integridade da barreira perimetral (muro). Para minimizar essa vulnerabilidade, e garantir uma abertura segura, algumas medidas de segurança preventiva são recomendas, dentre elas estão:

  • Limite ao mínimo possível o número de pontos de acesso, somente permitir aberturas essenciais;
  • Certifique-se de usar material e recurso adequado para construir a abertura, ela deve mantar o mesmo nível de segurança atribuída ao muro;
  • Adote sistema de controle de acesso adequado ao risco avaliado, em todos os pontos de acesso;
  • Monitore os pontos de acesso com sistemas de alarmes e vídeomonitoramento;
  • Entre outras, conforme a necessidade de segurança do local.

Meios de Proteção Contra Transposição do Muro

De acordo com as necessidade de segurança do local, medidas adicionais de segurança devem ser incrementadas ao muro visando impedir sua transposição, dentre as quais destaco:

  • Iluminação – o muro deve ser iluminado em todo sua extensão, interna e externamente, com iluminação de proteção, com objetivo de desestimular invasões e de facilitar a visualização de possíveis tentativas;
  • Espaçamento interno e externo – deve haver uma zona livre em todo extensão do muro, interna e externamente. Objetos e árvores não devem ser colocados próximo ao muro:, pois além de prejudicarem a visibilidade podem servir como apoio para transição do muro;
  • Proteção sobre o muro: a fim de dificultar a transposição do muro, podem ser instalados na parte superior do muro arame farpado, concertina, lança protetora, cerca elétrica, sensores infravermelho ativo, entre outros;
  • Monitoramento de imagens com IA – devido aos recursos de Inteligência Artificial ( IA) existentes atualmente, é possível programar o sistema de CFTV para monitorar o muro e alertar em casos de tentativa de invasão.

Exemplo de Proteção pra Muros

Proteção para muro ou segurança para muros, é o termo utilizado para indicar instrumentos ou tecnologias desenvolvidas e utilizadas para impedir, dificultar ou alertar situações de tentativas de transposição do muro.

Atualmente existem vários recursos que são utilizados para essa finalidade, aqui vou citar o mais utilizados.

Sensor Infravermelho Ativo

Os sensores infravermelhos ativos trabalham em pares, onde o transmissor emite feixes de infravermelho para o receptor. Quando alguém ou alguma coisa ‘corta’ esse feixe de luz na área protegida, o sensor detecta e emite um sinal. Esse sistema forma uma barreira virtual de proteção sobre o muro.

Lança para Muro

A lança para muro é um produto utilizado para a proteção de diferentes tipos de edificações, sejam elas residenciais, comerciais ou industriais. É um produto altamente versátil, podendo ser aplicado em portões, cercas e muros. A lança protetora é mais segura e garantida do que os cacos de vidro improvisados sobre muros que podem ser quebrados facilmente.

Concertina

Arame de concertina é uma barreira de segurança laminada, de forma espiralada possui lâminas pontiagudas, cortantes e penetrantes. A concertina foi originada nas cercas utilizadas em ações militares que ficavam no chão para impedir a ultrapassagem de um perímetro. E opção de baixo investimento, durável e baixa manutenção.

Cerca Eletrificada

Uma cerca eletrificada é uma barreira que usa o choque elétrico para impedir acessos não autorizados. Uma cerca elétrica funciona como um energizador onde é aplicado pulsos de alta voltagem na cerca isolada, não gerando riscos fatais a quem venha tocar a fiação que a compõe. Ela é composta por fios de aço conduzindo os pulsos de alta tensão fornecidos pelo energizador .

Detecção de Intrusão Câmeras de Segurança

Por meio da inteligência artificial (vídeo analítico) é possível utilizar as câmeras de segurança para detecção de intrusão. Ela Funciona basicamente como uma cerca virtual. Uma “linha virtual” é criada pela câmera, e quando qualquer objeto passa por essa linha, no sentido que pré-determinado, fará com que o alarme seja disparado.


Se você gostou do artigo, e/ou quer acrescentar algo, deixe seu comentário logo abaixo, ele é muito importante para mim.

Aqui no Blog publico frequentemente artigos relacionados a segurança privada e gestão organizacional, visando sempre agregar conhecimento para os leitores, visando seu desenvolvimento profissional e pessoal.

Registre seu e-mail logo abaixo e receba avisos sobre novas publicações, é grátis e seguro, não envio Spam ou disponibilizo seu e-mail para terceiros.

[jetpack_subscription_form subscribe_placeholder=”Digite seu endereço de e-mail” show_subscribers_total=”false” button_on_newline=”true” submit_button_text=”Registrar-se” custom_font_size=”16px” custom_border_radius=”0″ custom_border_weight=”1″ custom_padding=”15″ custom_spacing=”10″ submit_button_classes=”” email_field_classes=”” show_only_email_and_button=”true”]

Minha missão é contribuir com o desenvolvimento e/ou aprimoramento de talentos, através do compartilhamento de conhecimentos e experiências testados e acumulados em mais de 25 anos de atuação na área de gestão organizacional.

Forte abraço e sucesso!
José Sérgio Marcondes – CES
Especialista em Segurança Empresarial
Consultor em Segurança Privada
CEO/Diretor do IBRASEP

Voltar para o Índice

Indicação de Artigos Complementares

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Segurança Física: Teoria Geral, O que é? Objetivos, Classificação.

Perímetro de Segurança Física – Primeira Linha de Defesa

Controle de Acesso para Áreas e Instalações – Segurança Física

Iluminação de Proteção Aplicada a Segurança Física

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (06 de julho de 2021). Muro de Proteção: O que é, Para que serve, Tipos e Características. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: – Acessado em (inserir data do acesso).

Referências Bibliográficas

PORTELLA, Paulo Roberto Aguiar- Segurança Física de Proteção. História, Metodologia e Doutrina – 3ª Edição – Revisada e Ampliada – Rio Janeiro/2011.

GIL, Antonio de Loureiro. SEGURANÇA EMPRESARIAL E PATRIMONIAL, Atlas, São Paulo, 1999.

FISCHER, Robert J., GREEN, Gion. Introduction to Security. 6ed. Newton, Massachusetts: Butterworth-Heinemann, 1998.

PURPURA, Philip P. Security and Loss Prevention. 3ed. Newton, Massachusetts: ButterworthHeinemann, 1998.

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Giancarlo Prado!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso!

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.