- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Resiliência: O que é, Significado, Tipos, Importância, Exemplos

A resiliência é a capacidade de se adaptar e se recuperar de situações difíceis e estressantes. É uma habilidade que todos nós podemos desenvolver, e que pode nos ajudar a superar desafios pessoais e profissionais, melhorar nossa saúde mental e bem-estar e, nos ajudar a alcançar nossos objetivos de vida.

Viver em um mundo cada vez mais complexo, competitivo e desafiador é estressante, cansativo e muitas das vezes decepcionante, especialmente quando enfrentamos dificuldades e adversidades inesperadas. É nessas situações que a resiliência pode fazer a diferença. Em momentos difíceis, a resiliência pode ser a diferença entre sucumbir diante da condição indesejada ou superar a dificuldade e emergir mais forte.

Mas o que exatamente é a resiliência e como podemos cultivá-la? Neste artigo, vamos explorar o que significa ser resiliente, como você pode fortalecer sua resiliência, e as estratégias e técnicas que as pessoas resilientes usam para lidar com desafios e adversidades em suas vidas. Leia até o final com atenção e reforce sua resiliência!

Por José Sérgio Marcondes.
Postado 16/02/2023

O que é resiliência?

Resiliência é a capacidade de uma pessoa ou organização de se adaptar e se recuperar diante de situações adversas, superando desafios e obstáculos. É a habilidade de lidar com as adversidades da vida, sejam elas emocionais, sociais, econômicas ou físicas, e encontrar uma maneira de seguir em frente, mesmo diante de circunstâncias difíceis.

A resiliência envolve uma capacidade universal que possibilita a pessoa ou organização prevenir, minimizar ou superar os efeitos nocivos das adversidades, dos problemas e de fatos negativos, inclusive saindo dessas situações fortalecida ou até mesmo transformada, porém não ilesa.

A resiliência se baseia numa combinação de fatores internos e externos, incluindo a personalidade, o suporte social, a experiência prévia e a capacidade de resolver problemas. É uma característica que pode ser desenvolvida e aprimorada com a prática e com a experiência de lidar com desafios.

Ser resiliente não significa não sentir emoções negativas ou evitar situações difíceis, mas sim ter a capacidade de lidar com esses desafios de forma eficaz e superá-los, encontrando novas formas de se adaptar e de crescer a partir dessas experiências. A resiliência está ligada a capacidade de adaptação, flexibilidade e habilidade de manter-se estruturado perante às situações negativas.

Quais são os conceitos de resiliência?

A palavra resiliência usualmente é utilizada para se referir a capacidade que um indivíduo ou organização tem de superar momentos ou situações difíceis e principalmente a capacidade de enfrentar essas situações e outras adversidades.

No Brasil, o uso do conceito de resiliência é recente. Segundo Melillo (2005) é “a capacidade humana para enfrentar, vencer e ser fortalecido ou transformado por experiências de adversidade”. O mesmo autor também afirma que a resiliência tem como papel desenvolver a capacidade humana de enfrentar, vencer e sair fortalecido de situações adversas, ficando transformado.

Para Flach (1991, apud Pinheiro, 2004) o uso do termo vem de 1966, visando descrever as forças psicológicas e biológicas exigidas para atravessar com sucesso as mudanças na vida, e sua ideia é que a pessoa resiliente tem habilidade para reconhecer a dor, perceber seu sentido e tolerá-la até resolver os conflitos de forma construtiva para si mesmo.

Autores mais recentes entendem resiliência como um “processo dinâmico em que as influências do ambiente e do indivíduo interatuam em uma relação recíproca, que permite à pessoa se adaptar, apesar da diversidade” (Melillo, 2005).

Quais são os sinônimos de resiliência?

Os termos a seguir são usados ​​para descrever as características de uma pessoa resiliente e refletem a ideia de que é possível enfrentar e superar desafios, aprender com as experiências e crescer a partir delas.

Alguns dos principais sinônimos para resiliência são: Flexibilidade, resistência, força interior, capacidade de adaptação, persistência, tenacidade, coragem, determinação esperança, capacidade de superação e fortitude.

Conceitos e definições de Resiliência

Para que serve a Resiliência?

A resiliência serve para ajudar as pessoas a lidar com situações difíceis e superar desafios em suas vidas. Ela ajuda você a se adaptar as mudanças e transições, lidar com o estresse e as adversidades, e se recuperar de traumas ou eventos negativos.

A resiliência também pode ajudar você a ser tornar mais fortes e capaz de lidar com futuros desafios, bem como a manter um senso de esperança e positividade em face de circunstâncias adversas. Além disso, a resiliência pode melhorar a saúde mental e física, aumentar a autoconfiança e a autoestima, e ajudar a desenvolver relacionamentos mais saudáveis e significativos com os outros.

Em resumo, a resiliência é uma habilidade crucial para lidar com os altos e baixos da vida e para construir uma vida mais satisfatória e significativa.

Qual a importância da Resiliência?

A resiliência é uma habilidade muito importante para as pessoas e organizações saberem como lidar com os altos e baixos da vida e para superar desafios e adversidades que a convivência social lhes imporá. Ela ajuda a superar os obstáculos, perdas e as crises de forma equilibrada, superando seus próprios limites.

Ter a capacidade de lidar e de transpor adversidades é fundamental para o sucesso pessoal, profissional e organizacional. Pessoas e organizações resilientes conseguem ver situações adversas por outra ótica, enxergando não só as perdas, más também as oportunidades de melhoras e de novos caminhos e negócios.

As pessoas e organizações resilientes transformam os fatos e resultados ruins em aprendizados. Cresceram com as derrotas, perdas e dificuldades e superaram os problemas e desafios com mais facilidades e ganhos. Usam a capacidade de assimilação e flexibilidade para uma maior adaptação as novas realidades e situações.

Pessoas e organizações dotadas de resiliência são capazes de lidar com situações adversas a partir do autoconhecimento, o que é uma qualidade essencial para adaptação as mudanças, sem deixar que elas causem graves abalos emocionais, físicos ou psicológicos.

Quais são os benefícios da resiliência?

A resiliência é uma habilidade muito importante que pode trazer muitos benefícios em todas as áreas da sua vida e de sua organização. Ser resiliente pode ajudar você a construir um senso de controle e confiança, melhorar a saúde mental e física, ajudando a criar uma vida mais feliz, produtiva e satisfatória.

Os 5 benefícios que a resiliência poderá lhe proporcionar:

  1. Lidar com situações difíceis: nos permite enfrentar desafios e superar obstáculos em nossas vidas, incluindo eventos estressantes, traumas e perdas.
  2. Adaptar-se a mudanças: nos ajuda a nos adaptar a novas circunstâncias e situações, tornando-nos mais flexíveis e capazes de lidar com a incerteza.
  3. Melhorar a saúde mental e física: pode reduzir o estresse e a ansiedade, melhorar o humor e aumentar a autoestima. Além disso, a resiliência pode ajudar a construir um senso de controle e confiança, o que pode levar a escolhas de vida mais saudáveis e a um maior bem-estar geral.
  4. Fortalecer relacionamentos: as pessoas resilientes tendem a ter relacionamentos mais saudáveis e duradouros, pois são capazes de se comunicar e se adaptar às mudanças nas dinâmicas de relacionamento.
  5. Promover o crescimento pessoal: a resiliência pode ajudar a construir a resiliência emocional e a desenvolver habilidades de enfrentamento que podem ser úteis em situações futuras, tornando-nos mais fortes e mais capazes de enfrentar desafios e incertezas.

Quais os Tipos de Resiliência?

De acordo com Garcia existem três tipos de resiliência, a emocional, a acadêmica e a social.

  • Resiliência Emocional – relaciona as experiências positivas que levam a sentimentos de autoestima, auto eficácia e autonomia, que capacitam a pessoa a lidar com mudanças e adaptações, obtendo um repertório de abordagens para a solução de problemas;
  • Resiliência Acadêmica – engloba a escola como um lugar onde habilidades para resolver problemas podem ser adquiridas com a ajuda dos agentes educacionais;
  • Resiliência Social – envolve fatores relacionados ao sentimento de pertencimento, supervisão de pais e amigos, relacionamentos interpessoais, ou seja, modelos sociais que estimulem a aprendizagem de resolução de problemas.

O que é ser resiliente?

Ser resiliente significa ter a capacidade de se recuperar e adaptar-se diante de adversidades, desafios e situações estressantes. A resiliência é a habilidade de enfrentar dificuldades, superar obstáculos e aprender com as experiências negativas, em vez de ser derrotado ou desanimado por elas.

Indivíduos e organizações resilientes são capazes de lidar com situações difíceis sem se abaterem, mantendo uma postura positiva e proativa para resolver os problemas que surgem. Elas possuem uma mentalidade flexível e adaptável, capaz de se ajustar a novas circunstâncias e encontrar soluções criativas para os desafios que enfrentam.

A resiliência pode ser desenvolvida através da prática e do aprendizado contínuo. Algumas das características comuns de pessoas e organizações resilientes incluem a capacidade de se comunicar efetivamente, de resolver problemas de forma criativa, de manter o otimismo e a esperança mesmo diante de situações adversas, de buscar apoio emocional e de cuidar de si mesmas de forma saudável.

Quais são as características das pessoas resilientes?

As pessoas e organizações resilientes possuem algumas características comuns, que as ajudam a se recuperar de situações difíceis e a se adaptar a mudanças. Algumas das principais características são:

  1. Flexibilidade: pessoas resilientes são flexíveis e capazes de se adaptar a novas situações e mudanças.
  2. Autocontrole: elas têm um bom controle emocional e conseguem lidar com as emoções negativas de forma saudável.
  3. Autoconfiança: pessoas resilientes têm uma crença em si mesmas e em sua capacidade de superar desafios.
  4. Proatividade: elas assumem a responsabilidade por suas ações e buscam soluções para os problemas.
  5. Senso de propósito: pessoas resilientes têm um senso de propósito e significado em suas vidas, o que as ajuda a superar obstáculos.
  6. Busca por suporte: elas têm a capacidade de buscar e receber apoio emocional quando necessário.
  7. Capacidade de aprendizado: elas são capazes de aprender com as experiências negativas e aplicar esse conhecimento em situações futuras.

Quais são os fatores da resiliência?

Fatores são elementos que contribuem ou influenciam na obtenção de um resultado. Existem vários fatores que contribuem para a resiliência, tanto em indivíduos quanto em organizações. Algumas das principais categorias de fatores que influenciam a resiliência são:

  • Fatores pessoais: incluem as características individuais, como flexibilidade, autocontrole, autoconfiança, senso de propósito e busca por suporte.
  • Fatores sociais: incluem a existência de relações pessoais e sociais significativas, o apoio de familiares, amigos e colegas, e a participação em grupos sociais que oferecem suporte e conexão.
  • Fatores ambientais: incluem a qualidade do ambiente físico, como a presença de recursos, a segurança e a estabilidade.
  • Fatores organizacionais: incluem a liderança forte, a comunicação efetiva, a cultura de confiança, o planejamento e a preparação para possíveis desafios e a flexibilidade para lidar com mudanças.
  • Fatores psicológicos: incluem a capacidade de regular emoções e de se adaptar a novas situações, o otimismo e a esperança, a capacidade de encontrar significado em experiências negativas e a capacidade de aprender com essas experiências.
  • Fatores biológicos: incluem fatores como a saúde física e mental, a genética e o funcionamento do sistema nervoso.

Esses fatores são interdependentes e podem influenciar uns aos outros. Além disso, a resiliência pode ser desenvolvida e aprimorada através da prática e do aprendizado contínuo, independentemente dos fatores que influenciam a resiliência em cada indivíduo ou organização.

Quais são os pilares da resiliência?

Os pilares são condições, situações, princípios ou comportamentos que dão sustentação a atitudes resilientes. Existem vários modelos e abordagens para explicar os pilares da resiliência, mas muitos deles incluem alguns aspectos comuns.

Aqui estão os 6 principais pilares da resiliência:

  1. Conexão social: ter relacionamentos saudáveis e de apoio com amigos, familiares e colegas de trabalho é um pilar importante da resiliência. O apoio social pode fornecer uma rede de suporte emocional, ajuda prática e feedback construtivo.
  2. Autoestima: ter uma autoestima saudável e um senso positivo de si mesmo é importante para a resiliência. Acreditar em si mesmo e em suas habilidades pode ajudar a enfrentar desafios e superar obstáculos.
  3. Flexibilidade cognitiva: ser capaz de adaptar a forma de pensar e ver as coisas de acordo com as situações é um importante pilar da resiliência. Isso inclui a capacidade de mudar perspectivas, pensar de forma criativa e desenvolver estratégias de enfrentamento saudáveis.
  4. Habilidade de regulação emocional: ser capaz de reconhecer e gerenciar as próprias emoções é fundamental para a resiliência. Isso inclui a habilidade de lidar com emoções negativas de forma saudável e encontrar maneiras de lidar com o estresse.
  5. Propósito e significado: ter um senso de propósito e significado na vida pode ajudar a enfrentar desafios e superar obstáculos. Isso pode incluir objetivos pessoais e profissionais, crenças e valores pessoais e conexão com a comunidade ou uma causa maior.
  6. Adaptação: ser capaz de se adaptar às mudanças e superar adversidades é fundamental para a resiliência. Isso inclui a habilidade de enfrentar desafios e superar obstáculos, aprender com as experiências passadas e se preparar para enfrentar futuros desafios.

Esses pilares da resiliência trabalham juntos para ajudar as pessoas a lidar com o estresse e superar as adversidades. Fortalecer esses pilares pode ajudar a aumentar a resiliência e a capacidade de enfrentar os desafios da vida.

5 Exemplos de resiliências

A seguir cinco exemplos de resiliência:

  1. Um atleta que sofre uma lesão grave, mas persiste em sua reabilitação física e mental, superando o desafio e voltando a praticar o esporte que ama.
  2. Uma pessoa que perde o emprego, mas encontra forças para aprender novas habilidades, se reinventar e se destacar em uma nova carreira.
  3. Uma comunidade que é afetada por uma catástrofe natural, mas se une para reconstruir as suas casas e as suas vidas, demonstrando solidariedade, coragem e perseverança.
  4. Uma empresa que enfrenta uma crise financeira, mas utiliza a sua criatividade e inovação para se adaptar ao mercado e se manter competitiva, conquistando a confiança dos clientes e dos investidores.
  5. Um estudante que luta com dificuldades de aprendizagem, mas com o apoio da sua família, professores e terapeutas, encontra novas formas de aprender, superando os seus desafios e alcançando o seu potencial máximo.

O que fazer para ser Resiliente?

O que fazer para ser resiliente? É uma das principais dúvidas que muitos querem esclarecer, porém é importante salientar que não existe magia nesse processo, trata-se de um aprendizado contínuo, de autodesenvolvimento.

A resiliência pode ser desenvolvida através da prática e do aprendizado contínuo. Algumas das características comuns de pessoas resilientes incluem a capacidade de se comunicar efetivamente, de resolver problemas de forma criativa, de manter o otimismo e a esperança mesmo diante de situações adversas, de buscar apoio emocional e de cuidar de si mesmas de forma saudável.

Há muitos fatores que contribuem para o desenvolvimento da resiliência, um fator importante é a capacidade de fazer planejamento pessoal, ele estabelece objetivos pessoais, metas, meios e estratégias para atingir algo que um indivíduo deseje e que julgue necessário para sua vida. Ter objetivos e metas de vida em mente é muito importante para dar sentido à vida.

Acessando o link abaixo você será direcionado para um artigo meu que trata das estratégias para desenvolver a resiliência pessoal, nesse artigo você encontrara várias dicas e um guia que ajudá-lo a desenvolver sua resiliência para enfrentar os desafios da vida com mais confiança e força interior.

Como Desenvolver Resiliência! Um guia para enfrentar a adversidade

Conclusão

Em tempos de incertezas e mudanças constantes, a resiliência é uma habilidade fundamental para enfrentar desafios e superar obstáculos. Seja em um contexto pessoal ou organizacional, ser resiliente significa ser capaz de se adaptar, aprender com as experiências negativas e seguir em frente com confiança e esperança.

Ao desenvolver a resiliência, você poderá melhorar a sua capacidade de lidar com situações adversas e de encontrar soluções criativas para os problemas. Isso não apenas o ajuda a superar crises, mas também o prepara para enfrentar futuros desafios com mais confiança e determinação.

Portanto, se você deseja se tornar uma pessoa mais resiliente, é importante cultivar uma mentalidade positiva, buscar apoio emocional quando necessário, aprender com as experiências negativas e se preparar para possíveis desafios. Com essas práticas, você pode desenvolver a sua resiliência e estar mais preparado para enfrentar qualquer obstáculo que possa surgir no seu caminho.

Você Gostou do Artigo?

Se você gostou do artigo e/ou se ele foi útil para você, junte-se à conversa! Deixe seu comentário logo abaixo e compartilhe suas opiniões conosco, contribua para enriquecer o conteúdo do artigo.

Aqui no Blog escrevo frequentemente artigos relacionados à Segurança privada e Gestão organizacional, visando sempre agregar conhecimento para os leitores, buscando o desenvolvimento profissional de forma que possam obter sucesso nas suas carreiras. Não perca nenhuma atualização importante!

Inscreva-se na nossa newsletter agora e seja um dos primeiros a saber das novidades. Receba nossas atualizações mais recentes!

[jetpack_subscription_form show_subscribers_total=”false” button_on_newline=”true” custom_font_size=”16px” custom_border_radius=”0″ custom_border_weight=”1″ custom_padding=”15″ custom_spacing=”10″ submit_button_classes=”” email_field_classes=”” show_only_email_and_button=”true”]

Obrigado por ter dedicado seu tempo para leitura deste artigo! Espero que ele contribua com seu aprimoramento pessoal e profissional.

Forte abraço e sucesso!

José Sérgio Marcondes – CES
Especialista em Segurança Empresarial
Consultor em Segurança Privada
Diretor do IBRASEP

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Como Desenvolver Resiliência! Um guia para enfrentar a adversidade

Resiliência Organizacional (Empresarial): O que é? Conceitos, Definições

Sucesso: O que é, Conceitos, Definições – As 6 Categorias do Sucesso

Sucesso Profissional. O que é? Como Ter Sucesso Vida Profissional

Autodesenvolvimento Profissional: Uma necessidade para o sucesso!

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sérgio (05 de dezembro de 2019).Resiliência: Significado, O que é, Definição, Conceitos. 3 Tipos de Resiliência: O que é? Diferença, Quebra Sigilo. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/resiliencia-significado-o-que-e-conceito-e-definicoes/

Referências Bibliográficas

MELILLO, Aldo. OJEDA, Élbio Néstor Suárez. Resiliência: Descobrindo as próprias fortalezas. São Paulo: Artmed, 2005.

PINHEIRO, Débora Patrícia Nemer. A resiliência em discussão. Psicol. estud., Maringá , Abr, 2004.

Garcia, I. (2001). Vulnerabilidade e resiliência. Adolescencia Latinoamericana,;

Barreira, D. D., & Nakamura, A. P. (2006). Resiliência e a auto-eficácia percebida: Articulação entre conceitos. Aletheia.

Grotberg, E. H. (2005). Introdução: novas tendências em resiliência. In: A. Melillo & E. N. S. Ojeda (Org.). Resiliência: Descobrindo as próprias fortalezas (pp. 15-22). Porto Alegre: Artmed.

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

26 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Abel Fumo!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  2. Olá Paulino Osvaldo!
    Obrigado pelo seu comentário. Fico muito feliz em saber que o artigo foi útil para você.
    Forte abraço e sucesso!

  3. Sempre ouvi falar sobre resiliência, porém, nunca tive tanta lucidez e esclarecimentos como tive aqui nesse blogue. Foi explícito, e muito interessante.

  4. Bom dia, gostei muito do artigo, bem interessante e útil para muitas áreas da vida. Obrigado vai me ajudar e ajudar outras pessoas. Sou de Moçambique- Maputo

  5. Olá Maria do Alívio!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  6. Interessante o artigo, pois de forma clara, objetiva é fundamentada, possibilita as pessoas a entenderem sobre a resiliência e sua importância individual e coletiva nas mais diversas relações pessoais e interpessoais, na relação do homem no seu vir a ser cotidiano .

  7. Olá Sérgio!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  8. Olá Luciano Casimiro!
    Fico muito feliz em saber que gostou do artigo.
    Forte abraço e sucesso.

  9. Obrigado por nos graciar com um artigo tão rico e transformador.

  10. Olá Ivan Ernesto!
    Obrigado pelo seu comentário.

    Verifiquei que Você já se inscreveu no blog para receber os avisos de novas postagens, porém ainda não clicou no link de confirmação enviado para seu e-mail. Verifique sua caixa de entrada, caso não encontre, cheque a caixa de spam ou lixo, é comum o e-mail ser direcionando para uma dessas caixas.
    Forte abraço e sucesso.

  11. Foi importantíssimo essa explanação sobre Resiliência. Gostaria de receber em meu e-mail mais aprendizados de igual importância. Gratidão

  12. Olá Elaine Ribeiro!
    Agradeço o seu comentário e fico muito feliz em saber que você gostou.
    Forte abraço e sucesso.

  13. Boa tarde!
    Artigo excelente para o momento em que estamos atravessando. Embora o termo ” resiliência” não seja recente, pouco se ouvia falar e dar uma real atenção. Foi muito esclarecedor esse Artigo com informações riquíssimas. Levarei para o meu dia a dia tudo o que aprendi aqui. Obrigada mesmo.
    Elaine Ribeiro

  14. Olá José Ferreira!
    Muito obrigado pelo seu comentário, ele é muito importante para mim.
    Forte abraço e sucesso.

  15. Excelente artigo.
    Foi útil para a pesquisa que estou realizando.
    Abraços

  16. Olá Edivolande da Silva Cari Lima!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Fico muito feliz em saber que o artigo serviu para esclarecer sua dúvia.
    Obrigado!

    Forte abraço e sucesso.

  17. Nossa!
    Muito bom seu artigo. Esclarecedor demais.
    Confesso que sempre ouço essa palavra, mas, nunca parei para pesquisar o que, de fato, significa. Hoje tive a honra de pesquisar e caí no seu artigo.
    Parabéns!!

  18. Olá Paulo!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Que bom que você gostou do artigo e do blog.
    Forte abraço e sucesso.

  19. Wow.

    Que artigo fenomenal sobre resiliência.
    Estava estudando a disciplina de gestão de pessoas e o conteúdo estava fraquinho. Resolvi pesquisar e ao ler este artigo fiquei em choque com a qualidade e a riqueza do texto.

    Muito obrigado! Vou favoritar teu blog; não posso perder-lo.

  20. Olá Ednalva Coutinho!
    Obrigado pelo seu comentário .
    Forte abraço e sucesso.

  21. Boa noite Josiane!
    Obrigado pelo comentário, fico muito feliz em saber que o artigo foi útil pra você.
    Forte abraço e sucesso.

  22. Gostei muito do seu artigo, muito bem explicado. Estou criando um perfil no Instagram Empreendedorismo Resiliente e precisava de subsídios bem concretos, você me ajudou. Obrigada.

  23. Olá Ivana!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

  24. Muito bom!

    Artigo muito abrangente e esclarecedor.

    Obrigada será muito útil para minha vida.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.