- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Fatores Críticos de Sucesso: O que são? Objetivos, Importância

Fatores Críticos de Sucesso: O que são? Objetivos, Importância

Fatores Críticos de Sucesso, sigla FCS, são os fatores (condições, variáveis e etc.) de qualquer atividade, projeto ou negócio, dos quais os resultados, se satisfatórios, irão contribuir e assegurar um desempenho competitivo satisfatório, consequentemente, o sucesso no alcance dos objetivos estabelecidos.

São postos-chave que, quando bem executados, definem e propiciam uma boa performance da organização, dos negócios, das atividades, garantindo o atingindo de seus objetivos. Em contrapartida, quando estes mesmos fatores são negligenciados ou ignorados, contribuem, e muito, para o fracasso.

Embora desenvolvido para aplicação nas organizações empresariais, os FCS podem ser utilizados nos mais diversos seguimentos ou atividades, inclusive no planejamento pessoal.

Por José Sérgio Marcondes.
Postado 30/10/2020

1. O que são os Fatores Críticos de Sucesso?

Fatores Críticos de Sucesso, sigla FCS, são os fatores (condições, variáveis e etc.) de qualquer atividade, projeto ou negócio, dos quais os resultados, se satisfatórios, irão contribuir e assegurar um desempenho competitivo satisfatório, consequentemente, o sucesso no alcance dos objetivos estabelecidos.

Fatores: são elementos (condições, causas, motivos, razões, aspectos e etc.), que contribuem, concorrem ou influenciam na obtenção de um resultado esperado.

Crítico: Que indica alguma coisa grave grave, difícil, delicado, preocupante, perigoso, arriscado. Aquilo que é decisivo e muito importante: decisivo, crucial e, determinante

Sucesso: Atingimento do resultado (objetivo) esperado. Êxito, resultado esperado e satisfatório de uma ação, projeto ou negocio.

FCS’s são os postos-chave que, quando bem executados, definem e propiciam uma boa performance da organização, dos negócios, das atividades, garantindo o atingindo de seus objetivos. Em contrapartida, quando estes mesmos fatores são negligenciados ou ignorados, contribuem, e muito, para o fracasso das atividades, projetos ou negócios.

Eles contribuem pra que os gestores possam definir as principais diretrizes para a implementação do controle de processos e de governança.

2. Conceitos sobre Fatores Críticos de Sucesso

O conceito de FCS passa por diversas interpretações e conceituações conforme a visão de cada autor.

Alguns autores tratam os FCS como fatores-chaves de sucesso, outros como fatores críticos de sucesso. Por considerar muito pequenas as diferenças conceituais entre as expressões fatores críticos e fatores chaves, adota-se a expressão fatores críticos de sucesso, como usado pela maioria dos autores.

Hofer e Schendel (1978, p.77 apud STOLLENWERK 2002, p.188) conceituam Fatores Críticos de Sucesso como “variáveis cujo gerenciamento poderá afetar significativamente a posição competitiva de uma empresa dentro de seu ramo de atividade, podendo variar de acordo com o ramo”.

Rockart (1979) diz que os FCS são aquelas poucas áreas, para qualquer negócio, nos quais os resultados, se satisfatórios, irão assegurar um desempenho competitivo e de sucesso para organização.

Rockart, em 1979, popularizou o conceito de Fatores Críticos de Sucesso nas empresas ao propor uma nova abordagem metodológica para definir as necessidades de informações junto à alta administração das empresas, metodologia cujo ponto central era o mapeamento dos fatores críticos de sucesso pelos executivos.

Inicialmente, foi aplicado na área de planejamento estratégico e de sistemas de informação e, dada sua eficácia, consolidou-se como um instrumento de focalização estratégica para os sistemas de planejamento em geral.

Para Tarapanoff (2001, p.311), os FCS representam: os meios que garantem a realização dos objetivos da organização, ou seja, fatores que, pela sua natureza, podem comprometer todo o sucesso de um plano ou de uma estratégia.

Price (1997, p.70) explica que “os FCS’s são aquelas poucas áreas chave nas quais tudo tem de dar certo para que o negócio prospere”. Originam-se do que é fundamental para a sobrevivência da empresa: seus clientes, seu posicionamento, sua estabilidade financeira e sua estratégia empresarial.

3. Objetivos dos Fatores Críticos de Sucesso

O metodologia FCS tem por objetivo, segundo Stollenwerk (2001), identificar as características, condições ou variáveis que devem ser monitoradas e gerenciadas pela organização para que ela fique bem posicionada em seu ambiente de competição.

O FCS visa criar mecanismo de gestão que possibilitem medir o desempenho da organização durante sua jornada rumo a seus objetivos, permitindo a identificação desvios e aplicação ações de correção de rumo.

Ele também permite concentrar esforços e investimentos naquilo que realmente influencia o sucesso da atividade, projeto ou negócio.

4. Finalidades dos fatores críticos de sucesso

O método FCS visa identificar as características, condições ou variáveis que deverão ser monitoradas e gerenciadas pela organização para que ela fique atinja seu objetivos de forma satisfatória.

Gomes e Braga (2001) defendem que o método de FCS é utilizado para avaliar a atratividade da indústria e a força do negócio.

Eles sugerem a adoção de uma matriz que contemple os vários fatores que afetam a indústria e o negócio. Essa matriz visa avaliar as forças de um determinado negócio e comparar concorrentes em uma indústria. Acrescenta, que o sucesso do método é proporcional à correta identificação e listagem dos fatores críticos de sucesso.

5. Aplicação do FCS

Embora desenvolvido para aplicação nas organizações empresariais, os FCS podem ser utilizados nos mais diversos seguimentos ou atividades, inclusive no planejamento pessoal.

5.1 Exemplos aplicação FCS

  • Fatores Críticos de Sucesso Planejamento Estratégico Organizacional;
  • Fatores Críticos de Sucesso Projetos;
  • Fatores Críticos Sucesso Produtos;
  • Fatores críticos Sucesso Prestação de Serviço;
  • Fatores Críticos Sucesso Pessoal.

6. Importância dos Fatores Críticos de Sucesso

A chave do sucesso para qualquer atividade ou negócio é focalizar o seu recurso mais limitado, o tempo, sobre as questões que podem verdadeiramente levar ao sucesso ou ao fracasso.

Os fatores críticos de sucesso podem ser entendidos como elementos determinantes para o melhor desempenho, pois, se a organização os identificar e conseguir incorporá-los ao planejamento estratégico, aos sistemas de informação, estes passam a complementar as atividades de análise competitiva.

Considera-se que uma das contribuições dos fatores críticos de sucesso é subsidiar as informações de caráter estratégico, sendo que estas informações ganham importância quando alinhadas aos objetivos organizacionais.

A aplicação dos FCS apresenta-se forma variada, que vai desde sua utilização como ferramental de definição das necessidades de informação, como delineador das características exclusivas da organização, até como auxiliar na definição das habilidades, tecnologias e conhecimentos essenciais da organização (GOMES e BRAGA, 2001).

Os fatores chaves de sucesso fornecem a fundação para o desenvolvimento do plano estratégico (SANTOS, 2003).

Esses fatores, que descrevem o que uma organização deve fazer bem para ter sucesso em uma dada indústria, devem ser extraídos do plano estratégico e utilizados para direcionar a coleta de dados e os esforços de análise.

7. Origem e História dos Fatores Críticos de Sucesso (FCS)

No entanto, a abordagem dos fatores críticos de sucesso surgiu do conceito de “fatores de sucesso”, como consequência da intensificação da crise que estava a ocorrer na gestão da informação, devido a uma rápida mudança organizacional. Essa abordagem foi discutida pela primeira vez em 1961 por Daniel. Para Daniel (1961)

Uma década mais tarde, o conceito ganhou uma maior importância quando Anthony et al., (1972) utilizaram o conceito com o intuito de desenhar um sistema de controlo de gestão não só para medirem a rentabilidade mas também para informar e identificar os fatores críticos de sucesso percebidos pelos gestores que eram apropriados a determinados serviços numa empresa em particular

Grunert e Ellegaard (1992:2) referem que, “historicamente, o conceito de fatores críticos de sucesso surgiu no campo da gestão de sistemas de informação e posteriormente foi transferido para o campo de investigação em estratégia de negócios”.

Primeiramente, Rockart (1979) introduziu e popularizou o conceito de fatores críticos de sucesso e mais tarde (Bullen e Rockart, 1981) num contexto de concepção da gestão de sistemas de informação argumentaram que, os sistemas deviam ser estruturados de acordo com as necessidades de informação dos gestores.

As necessidades de informação dos gestores vinculadas ao sistema de informação de gestão resultaram no termo fator crítico de sucesso.

No fundo, a ideia deste conceito foi aplicada por Rockart numa ampla perspectiva: como um modelo que levou ao desenvolvimento de sistemas de informação e como um instrumento para apoiar os executivos a definir as suas necessidades de informação.

8. Você Gostou? Sem sim, colabore com o crescimento do Blog

Para continuar publicando e disponibilizando os artigos de forma gratuita a todos, solicito a você leitor ou leitora, que ajude na divulgação e crescimento do blog, fazendo pelo menos uma das práticas a seguir:

Deixe seu comentário no final do artigo, ele é muito importante para nós;

Inscreve-se na nossa Newsletter para receber avisos diretos no seu e-mail quando houver novas publicações de artigos.

[jetpack_subscription_form show_subscribers_total=”false” button_on_newline=”false” custom_font_size=”16″ custom_border_radius=”0″ custom_border_weight=”1″ custom_padding=”15″ custom_spacing=”10″ submit_button_classes=”” email_field_classes=”” show_only_email_and_button=”true”]

Obrigado pelo tempo disponibilizado na leitura de nosso artigo, espero que tenha sido útil pra você!

Forte abraço e sucesso!

José Sérgio Marcondes

9. Dados para Citação em Trabalhos

MARCONDES, José Sérgio (30 de outubro de 2020). Fatores Críticos de Sucesso: O que são? Objetivos, Importância. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: – Acessado em (inserir data do acesso).

10. Indicação de Artigos Complementares

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

11. Referencias Bibliográficas

Anthony, R. N., Dearden, J. e Vancil, R. F. 1972. Key economic variables. Management Control Systems, 138-143

Bullen, C. e Rockart, J. F. 1981. A primer on critical success factors. Sloan School Management, Massachusetts Institute of Technology

Daniel, D. R. 1961, September-October. Management Information Crisis. Harvard Business Review, 111-116.

GOMES, Elisabeth; BRAGA, Fabiane. Inteligência competitiva: como transformar informação em um negócio lucrativo. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

Grunert, K. G. e Ellegaard, C. 1992. The concept ok key Success Factors: Theory and Method, MAPP Working Paper.

Hofer, C. W. e Schendel, D. E. 1978. Strategy Formulation: Analytical Concepts. St Paul, Minn: West Publishing Company. Rockart, J. F. March April,1979. Chief Executives define their own data needs. Harward Business Review, 81-93.

MORESI, E. A. D. Gestão da informação e do conhecimento. In: TARAPANOFF, K. (Org.). Inteligência organizacional e competitiva. Brasília: Editora UNB, 2001, p.111-142.

PRICE, Art. O que os livros de benchmarking não dizem. HSM Management, São Paulo, v. 1, n.3, p.56, jul./ago.1997.

Rockart, J. F. March-April,1979. Chief Executives define their own data needs. Harward Business Review, 81-93

SANTOS, Neri dos. Inteligência competitiva. Inteligência Competitiva. Apostila do Curso de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, UFSC. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

STOLLENWERK, Maria de Fátima Ludovico. Fatores críticos de sucesso. In: KIRA, Tarapanoff (Coord.). Inteligência organizacional e competitiva. Brasília: Editora UNB, 2001. p.189-207.

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.