- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Perfil do Fraudador – Quem é e quais as características do fraudador.

Imagem de uma pessoa com capuz e uma mascara branca, tampando a face. Ilustração do Perfil de fraudador.

Segundo estudos da KPMG Internacional (2016), o perfil do fraudador tende a ser do sexo masculino (79%), com idade entre 36 e 55 anos (68%), que trabalha na organização vítima (65%) e por mais de seis anos (38%), e que mantém uma posição executiva e estratégica na organização (83%).

A importância de se conhecer o perfil do fraudador, esta diretamente relacionado ao desenvolvimento de ferramentas para prevenção de fraudes.

Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória obtida sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas (Sun Tzu) A Arte da Guerra.

O que é o Fraudador?

Fraudador é aquele que pratica um ato fraudulento. O autor de uma Fraude.

Fraude é um ato ilícito ou de má-fé que visa à obtenção de vantagens indevidas ou majoradas, para si ou para terceiros, geralmente através de omissões, inverdades, abuso de poder, quebra de confiança, burla de regras, dentre outros. O fraudador é o praticante ou o agente dessa ação desonesta.

Perfil do Fraudador

Com base em uma pesquisa mundial realizada pela KPMG, que investigou 750 fraudadores entre março de 2013 e agosto de 2015, concluiu-se que o fraudador típico tem características semelhantes.

Quando comparadas as pesquisas da KPMG concluídas em 2013, 2010 e 2015. De forma consistente, pode concluir que, o fraudador tende a ser do sexo masculino, com idade entre 36 e 55 anos, que trabalha junto à organização vítima por mais de seis anos, e que mantém uma posição executiva em operações, finanças ou gestão geral.

Principais Características do Fraudador

As principais características adicionais do fraudador reveladas na pesquisa de 2015 são as seguintes:

Características Sobre Gênero e Idade

  • 79% dos fraudadores são homens; a proporção de mulheres subiu de 13% , em 2010, para 17%;
  • 68% dos autores (homens e mulheres) estão na faixa de idade entre 36 e 55, quase o mesmo número observado na pesquisa anterior, publicada em 2013;
  • 45% das mulheres fraudadoras, o maior grupo com características em comum, se enquadram no grupo da faixa etária entre 36 e 45 anos de idade;
  • 14 % dos fraudadores estão na faixa etária entre 26 e 35 anos de idade, um crescimento de 12 % em relação à 2010. A proporção de mulheres nessa faixa etária diminuiu de 24 %, em 2010, para 19 %, em 2015. A proporção de seus pares masculinos aumentou de 9 % para 13 %, ao longo do mesmo período.

Gráfico Sobre Idade do Fraudador

Gráfico Sobre Gênero do Fraudador

Características Referente a Origem do Fraudador

  • 65% dos fraudadores são empregados pela organização vítima e um número adicional de 21 por cento é composto de ex-empregados. Entre os fraudadores que eram empregados, 38% trabalharam na organização por mais de seis anos. Essas proporções não mudaram em relação aos resultados da pesquisa em 2013;
  • Em 62% das fraudes, o autor compactuou com terceiros. De acordo com a pesquisa de 2013, 70% dos fraudadores compactuavam;
  • As mulheres são menos propensas a compactuar: somente 45% das mulheres compactuavam com outras pessoas quando comparados com os 66 % no caso dos homens;
  • O Conluio envolvendo mais de cinco profissionais aumentou de 9% em 2010 para 20 % em 2015.
  • O maior índice de conluio localiza-se na América Latina e no Caribe, as taxas de 76 %, e África e Oriente Médio as taxas de 74 %. A Oceania (Austrália e a Nova Zelândia) e a América do Norte (os EUA e o Canadá) apresentam os maiores percentuais de fraudadores atuando sozinhos, as taxas de 65% e 58%por, respectivamente.

Gráfico Origem dos Fraudadores

Características Referente ao Cargo

  • 34% dos fraudadores são executivos ou diretores não-executivos; 32% são gerentes e 20% são membros do corpo funcional da empresa. (Em 2013, os índices respectivos eram 32%, 25% e 16%);
  • 34 % dos fraudadores são executivos ou diretores não-executivos; 32% são gerentes e 20% são membros do corpo funcional da empresa. (Em 2013, os índices respectivos eram 32% e 16%);
  • 52% dos fraudadores na região da Oceania ficavam no nível do corpo funcional da empresa, e na África e no Oriente Médio 47% ficavam no nível gerencial (em comparação com os 33% observados neste mesmo nível na América do Norte), e na Europa, 39% dos fraudadores ficavam no nível de diretoria.

Gráfico Cargo Corporativo

Características Básicas do Fraudador

  • Conhecem bem a organização e os serviços;
  • Atraem para si atribuições de colegas, quebrando a segregação de funções;
  • Conquistam a confiança e a simpatia de superiores, colegas, subordinados e clientes;
  • São prestativos, simpáticos, resolvem todos os problemas;
  • São assíduos e muitas vezes, comparecem ao local de trabalho mesmo durante as férias para auxiliar nos serviços;
  • Permanecem muito tempo nas mesmas funções, por falta de rodízio;
  • Resistem a mudanças, invocando o interesse dos serviços;
  • Descumprem instruções, procedimentos sob pretexto de agilizar a execução dos serviços, ou melhorar o atendimento aos clientes.

Participação do leitor

Para continuar publicando e disponibilizando os artigos de forma gratuita a todos, solicitamos a colaboração de nossos leitores, fazendo pelo menos uma das práticas a seguir:

  • Deixe seu comentário no final dos artigos;
  • Curta e compartilhe as publicações com seus amigos pelas redes sociais;
  • Cadastre se como leitor e receberá avisos sobre novas publicações em seu e-mail.

Forte abraço e sucesso!

José Sérgio Marcondes – Editor

Referencias Bibliográficas

Perfil global do fraudador: A tecnologia viabiliza e os controles deficientes estimulam a fraude – kpmg

ORIÁ FILHO, Humberto Ferreira. As fraudes contra as organizações e o papel da auditoria interna.

CARVALHO, Vera Lucia de; OLIVA, Eduardo de Camargo. Prevenção a fraudes em empresas industriais de autopeças na Região do Grande ABC. RBNG, São Paulo, vol. 8, n. 22, p. 1-12, setembro/dezembro 2006.

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

José Sergio Marcondes é formado em Gestão de Segurança Privada e possui MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. É especialista em Segurança Privada, certificado com CES (Especialista em Segurança Empresarial) e CPSI (Certificado Profissional em Segurança Internacional). Atualmente, atua como consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial Com mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada, acumulando resultados relevantes nas áreas operacionais, administrativas e comerciais.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Paulo!
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte abraço e sucesso.

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.