- 5790FBE8A27AC0FA6FCB89065534CF70

Descubra como agem os ladrões, assaltantes e invasores de condomínios residenciais

Descubra como atuam os criminosos em condomínios. Este artigo revela os métodos usados por ladrões, assaltantes, invasores de condomínio para praticar crimes.

Você sabe como agem os ladrões, assaltantes e invasores de condomínios residenciais? Esses criminosos geralmente seguem padrões de ação semelhantes, selecionando alvos que parecem vulneráveis devido a deficiências na segurança e onde acreditam encontrar bens de valor.

Normalmente, esses criminosos conduzem uma investigação preliminar para identificar e avaliar as condições de segurança nos condomínios e nas residências, com o objetivo de detectar possíveis vulnerabilidades exploráveis. Essas potenciais vulnerabilidades podem facilitar suas invasões e atividades criminosas.

Compreender o modus operandi dos criminosos que atuam em condomínios é de extrema importância. Isso possibilita a identificação de vulnerabilidades em potencial e a elaboração e implementação de estratégias de segurança adequadas para enfrentar as ameaças existentes.

Neste artigo, exploraremos detalhadamente as táticas dos ladrões, assaltantes e invasores em condomínios residenciais, abordando as principais estratégias usadas para contornar os sistemas de segurança existentes. Compreender essas estratégias representa o primeiro passo para fortalecer a segurança do seu condomínio.

Por José Sergio Marcondes – Postado 11/07/2016 atualizado 20/10/2023

Principais vulnerabilidades exploradas por ladrões, assaltantes e invasores de condomínio residenciais

A Segurança em Condomínios envolve um conjunto de estratégias e sistemas que têm como objetivo proteger moradores, funcionários e instalações, seja em ambientes residenciais ou comerciais. Ela desempenha um papel fundamental na proteção de condomínios contra diversos tipos de riscos, incluindo o potencial de invasões, furtos e roubos.

Nesse contexto, para contornar e superar os sistemas de segurança dos condomínios a fim de alcançar seus objetivos, criminosos, como ladrões, assaltantes e invasores, frequentemente exploram as vulnerabilidades de segurança existentes no condomínio. Essas vulnerabilidades podem facilitar suas invasões e atividades criminosas.

Abaixo algumas das principais vulnerabilidades que podem ser exploradas por esses criminosos:

  • Sistemas de Vigilância Ineficientes: Vigilância mal projetadas ou mantidas podem deixar brechas na segurança, permitindo que os criminosos atuem sem serem detectados.
  • Sistemas de Controle de Acesso Deficientes: Controles de acesso ineficazes podem permitir que intrusos entrem no condomínio sem restrições.
  • Iluminação Insuficiente: Áreas com pouca iluminação oferecem oportunidades para atividades criminosas.
  • Barreiras Físicas Mal Projetados ou Desprotegidos: Muros, cercas ou portões desprotegidos ou mal projetados tornam mais fácil para os criminosos acessar o condomínio.
  • Portas e Janelas Frágeis ou Destrancadas: Portas e janelas sem proteção adequada são alvos fáceis para invasores.
  • Falta de Conscientização de Moradores e Funcionários do Condomínio: A falta de conhecimento sobre medidas de segurança e a importância da colaboração na segurança do condomínio pode tornar os moradores e funcionários menos vigilantes.

Como agem os ladrões, assaltantes e invasores em condomínios residenciais

Os criminosos de condomínios residenciais, incluindo ladrões, assaltantes e invasores, costumam seguir padrões de ação semelhantes. Eles geralmente selecionam alvos que consideram vulneráveis devido às deficiências em suas soluções de segurança e onde acreditam haver bens de valor.

Normalmente, antes de realizar um ataque a um condomínio, os criminosos realizam uma vigilância prévia com o intuito de identificar e avaliar as vulnerabilidades de segurança que possam ser exploradas em suas ações. Em teoria, o criminoso só age se tiver certeza de que terá sucesso em sua empreitada criminosa, ou seja, de que não será descoberto, capturado e preso.

De acordo com a teoria do “triângulo do crime”, para que uma ação criminosa seja concretizada, três elementos são necessários: um criminoso motivado, um bem ou valor que desperte o interesse desse criminoso e uma condição adequada, do ponto de vista do criminoso, que permita a consumação do crime.

No caso de um ataque a um condomínio, a condição adequada para o criminoso é o nível de vulnerabilidade de segurança do condomínio e da unidade residencial alvo. Eles podem visar residências que estejam desocupadas ou cujos moradores estejam ausentes devido a trabalho ou viagem e que não possuam um sistema de segurança adequado.

Ladrões geralmente entram nas residências através do portão principal, janelas ou portas abertas, ou podem usar ferramentas para forçar a entrada. Uma vez dentro da casa, procuram objetos de valor, como joias, dinheiro e eletrônicos.

Assaltantes, por sua vez, entram nas residências com armas ou outros instrumentos de ameaça, podendo exigir que os moradores entreguem seus pertences ou até mesmo recorrer à violência. Invasores, por outro lado, geralmente entram nas residências sem o conhecimento dos moradores e podem passar horas dentro da casa, vasculhando todos os cômodos em busca de objetos de valor.

como agem os ladrões, assaltantes e invasores de condomínios residenciais

Estratégias utilizadas para burlar o sistema de segurança do condomínio

Para burlar o sistema de segurança existente no condomínio, os criminosos fazem uso de diversas estratégias, incluindo:

  • Abordagem de Moradores: Os invasores podem se aproximar de moradores e se passar por funcionários ou prestadores de serviços para ganhar acesso ao condomínio.
  • Falsas Entregas: Os invasores podem se passar por entregadores para entrar no condomínio e explorar as vulnerabilidades de segurança.
  • Aproveitando-se de Distrações: Criminosos observam os padrões de comportamento dos moradores e segurança, e esperam por momentos de distração, como quando alguém está entrando ou saindo do condomínio.
  • Vigilância Prévia: Muitas vezes, os criminosos observam o condomínio por um período antes de realizar um roubo, incluindo o estudo da rotina dos moradores e da segurança do local.

Além disso, os invasores podem utilizar outras táticas, como:

  • Fingir Ser um Morador: Alguns invasores se passam por moradores ou visitantes legítimos, o que pode permitir que eles acessem áreas restritas, visando atividades criminosas, como furto ou vandalismo.
  • Uso de moradores: criminosos podem render moradores na rua e tentar entrar no condomínio como acompanhantes desses moradores.
  • Arrombamento de Portas e Janelas: Quando a segurança física é deficiente, os criminosos podem forçar a entrada arrombando portas, janelas ou portões.
  • Táticas de Distração: Os invasores usam estratégias de distração, como simular acidentes ou pedidos de socorro, com o objetivo de chamar a atenção dos porteiros e, posteriormente, rendê-los.

Conclusão

Para mitigar o risco associado a essas ameaças, é crucial que os condomínios estabeleçam um plano de segurança abrangente e profissional. Esse plano deve abranger medidas de segurança física, como barreiras físicas, sistemas de câmeras de segurança, alarmes e a presença de agentes de segurança, bem como medidas de segurança comportamental. Estas últimas incluem conscientização dos moradores e funcionários do condomínio sobre os riscos e a promoção de boas práticas de segurança.

É importante destacar que a segurança em condomínios é um esforço coletivo que requer a participação ativa da administração, moradores e funcionários do condomínio. Ao abordar as vulnerabilidades e ameaças existentes e tomar medidas de segurança apropriadas, é possível reduzir significativamente o risco de invasões e atividades criminosas.

Para auxiliar no processo de avaliação das vulnerabilidades na segurança do seu condomínio, recomendamos a leitura do nosso artigo sobre ‘Avaliação de Riscos na Segurança de Condomínios’. Neste artigo, enfatizamos a importância da avaliação de riscos e fornecemos estratégias e insights para conduzi-la com sucesso.

Se você gostou do artigo e achou útil, por favor, deixe um comentário logo abaixo para compartilhar sua opinião conosco. Ela é extremamente valiosa para mim!

Um forte abraço e votos de sucesso!

José Sergio Marcondes – CES – CPSI – Gestor, Consultor e Diretor do IBRASEP. Especialista em segurança com competências sólidas nas áreas de segurança privada e gestão empresarial. Conecte comigo nas redes sociais.

Ajudar a divulgar nosso trabalho é fundamental! Curta e compartilhe nossas publicações com seus amigos nas redes sociais. Essa atitude não apenas incentiva o autor a publicar mais artigos relevantes, mas também possibilita que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo valioso.

Faça parte da nossa comunidade!

Você busca conhecimentos atualizados e oportunidades para aprimorar suas competências nas áreas de segurança privada e gestão empresarial? Não perca a chance de se manter informado e conectado com as últimas tendências e insights do setor!

Junte-se ao nosso Grupo no WhatsApp ou no Grupo do Telegram para receber notificações sobre novos artigos, dicas valiosas e recursos adicionais que impulsionarão sua carreira profissional.

Leia também…

Sugiro a leitura dos artigos a seguir como forma de complementar o aprendizado desse artigo.

Ameaças à Segurança de Condomínio. Descubra quais são, como Identificar, prevenir e tratar

Segurança de Condomínio: Guia completo para proteção de condomínios residências e comerciais

Plano de Segurança de Condomínio: Estratégias Essenciais para Garantir um Ambiente Seguro

Dados para Citação Artigo

MARCONDES, José Sergio (11 de julho de 2016). Como Agem os Ladrões, Assaltantes e Invasores de Condomínio. Disponível em Blog Gestão de Segurança Privada: https://gestaodesegurancaprivada.com.br/como-agem-ladroes-assaltantes-e-invasores-de-condominio-residencial/– Acessado em (inserir data do acesso).

"? Fique por Dentro! Junte-se ao Nosso Grupo de WhatsApp!

Quer ser o primeiro a receber todas as atualizações do nosso blog? Então, não perca tempo! Junte-se ao nosso Grupo de WhatsApp agora mesmo e esteja sempre atualizado(a) com as últimas postagens.

Sobre o Autor

José Sergio Marcondes
José Sergio Marcondes

Graduado em Gestão de Segurança Privada, MBA em Gestão Empresarial e Segurança Corporativa. Detentor das Certificações CES (Certificado de Especialista em Segurança Empresarial), CPSI (Certificado Profesional en Seguridad Internacional), CISI (Certificado de Consultor Internacional en Seguridad Integral, Gestión de Riesgos y Prevención de Pérdidas). Mais de 30 anos de experiência na área de segurança privada. Consultor e diretor do IBRASEP, trazendo uma notável expertise em segurança, além de possuir sólidos conhecimentos nas áreas de gestão empresarial.

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Olá Carlos Gomes!
    ok.
    Obrigado!
    Forte abraço e sucesso na sua carreira!

  2. Olá, boa tarde, faço gestão em segurança privada e trabalha na área, gostaria de saber se você poderia me disponibilizar essa matéria, para servir de orientação e informação para o pessoal aqui?

  3. Olá Fábio!

    Obrigado pelo comentário!
    Sim com certeza o criminoso age onde for mais fácil e comodo para ele, entre os vários alvos potenciais, ele escolhe aquele que aparente mais fraqueza e possibilidades de sucesso no ponto de vista dele.
    Forte abraço e sucesso na carreira!

  4. Muito bom o artigo, Marcondes. Penso que o criminoso atua onde tiver uma oportunidade conjugada com extrema facilidade. Devemos ficar sempre atentos a essa questões…

Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.